Megadeth: Mustaine fala sobre saída de Glenn Drover

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme, Fonte: Headbanger, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Headbanger's Blog da MTV (do programa Headbanger's Ball) conduziu recentemente uma entrevista com Dave Mustaine, líder do Megadeth. Um trecho da conversa está transcrito abaixo.

Megadeth: veja trailer de "Dwellers", filme da produtora de David EllefsonOzzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"

Headbangers Blog: Quando você começou a notar sinais de que Glen Drover (guitarrista) poderia não estar feliz com o que ele estava fazendo na banda?

Mustaine: Você sabe, por respeito a Glen, eu não estou realmente falando muito sobre isso. Ele tinha alguns assuntos dos quais estava tratando, e nós estamos falando sobre alguém que saiu por assuntos pessoais. Se ele não quis entrar em detalhes, porque eu deveria fazê-lo? Eu sinceramente não sei o motivo pelo qual ele saiu que não fosse o que ele me disse, o qual é sobre ele querer sair para estar com sua família. No entanto, Glen é irmão do nosso baterista e nada mais estúpido do que você dizer besteiras de um membro que está saindo quando ele tem um irmão na sua banda, então eu não tenho nada a dizer. E mesmo se eu estivesse puto com Glen, o que não estou, eu não diria nada sobre isso. Glen é um guitarrista talentoso e ele ainda indicou Chris Broderick, e (seu irmão) Shawn (Drover) é um que também recomendou Chris. Então, eu estou realmente entusiasmado

Mustaine: Glen foi muito influenciado por Chris Poland, e nós não tocamos muitas musicas do Megadeth da época dele. Já Chris Broderick foi totalmente influenciado pelo Marty Friedman, do qual nos tocamos várias músicas da sua época. Foi a formação de maior duração (Mustaine/Ellefson/Friedman/Menza), e para os guitarristas subseqüentes depois que Marty saiu, eu tentei encontrar pessoas que soassem um pouco mais parecidos com ele do que apenas irem em qualquer direção que eu gostaria de ir.

Mustaine: Não houve nenhum motivo ou razão entre escolher um guitarrista como Chris Poland, e então mudar para alguém como Jeff Young e então mudar para Marty Friedman. Isto não foi como se eu estivesse avançando ou progredindo ou seguindo qualquer tipo de gráfico para ir de Chris até Marty. A coisa boa é que agora cada canção está pronta para continuar. Chris (Broderick) tem sido cauteloso tocando as musicas comigo. Nós as tocamos em ritmo lento, nós filmamos as musicas em câmeras de vídeo e estamos repassando cada nota - tanto que nós até mesmo estamos corrigindo alguns erros que o baixo e bateria estavam cometendo, enquanto nos preparávamos para sair em turnê. Nós fomos bem fundo nisso e encontramos um grupo de coisas que as fizeram ainda mais fortes. Eu amava tocar com Glen. Este é um novo capítulo. Eu imagino que nós atingimos um outro nível. Eu agradeço a ajuda do Glen em encontrar Chris. Agora é tempo de continuarmos.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Megadeth: veja trailer de "Dwellers", filme da produtora de David EllefsonCanal Barbônico: Dave Mustaine e as suas maiores tretas (vídeo)

Megadeth: guitarras que foram colocadas à venda foram compradas por uma única pessoaMegadeth
Guitarras que foram colocadas à venda foram compradas por uma única pessoa

David Ellefson: seleção para vocal e guitarrista do Brasil tocarem com ele em SPDavid Ellefson
Seleção para vocal e guitarrista do Brasil tocarem com ele em SP

Megadeth: Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas PriestMegadeth
Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas Priest

Megadeth: enquanto eles não retornam, Ellefson toca com banda cover

Kerrang!: os maiores mascotes do Heavy MetalKerrang!
Os maiores mascotes do Heavy Metal

Em 01/11/2011: Megadeth lançava o álbum Thirteen

Megadeth: Kiko Loureiro comenta a pressão de fazer um novo álbumMegadeth
Kiko Loureiro comenta a pressão de fazer um novo álbum

Megadeth: os 25 anos do clássico YouthanasiaMegadeth
Os 25 anos do clássico Youthanasia

Megadeth: David Ellefson ora com a banda antes do showMegadeth
David Ellefson ora com a banda antes do show

Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosOops!
10 erros eternizados em gravações de clássicos


Ozzy Osbourne: o morcego era quente e crocanteOzzy Osbourne
"o morcego era quente e crocante"

Memoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandasMemoráveis como a música
Os 25 melhores logos de bandas


Sobre Guilherme

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336