Lemmy Kilmister: "o Rock'n'Roll nunca vai morrer!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Victor Guilherme Chaves, Fonte: Stuff.co.nz, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O líder do MOTÖRHEAD, Lemmy Kilmister, falou a respeito de vários assuntos com o Stuff.co.nz em outubro de 2007, antes de dois shows na Nova Zelândia.

1444 acessosMikkey Dee: Obras de arte feitas a partir do movimento das baquetas5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 2006

"Algumas pessoas às vezes afirmam que o Rock N’ Roll está morto, mas ele nunca vai morrer, porque é sempre empolgante ouvir uma música decente de Rock N’ Roll", disse o “frontman” Ian "Lemmy" Kilmister de Los Angeles.

"Veja o AC/DC, cara. Eles ainda são bons para car****, do mesmo jeito que eram quando eles começaram, há anos atrás. ZZ Top é outro. Eles continuam compondo grandes ‘riffs’. Existe uma coisa em um bom ‘riff’ de guitarra que mexe tanto com seu corpo quanto com sua alma. Ele fala com algo profundo em você. Ele entra em você. Isso nunca vai mudar".

O MOTÖRHEAD nunca foi uma banda muito preocupada em mudar. Kilmister construiu sua receita vitoriosa ‘rock-motoqueiro-misturado-com-punk’ em meados da década de 70 e continuou com ela desde então, apesar de várias mudanças de membros da banda e de estilos da moda musical. Nessas últimas três décadas, sua banda compôs mais de 30 álbums, e a maioria contém pelo menos duas faixas matadoras.

"E é por isso que ainda estamos juntos", diz Kilmister, "Porque nós ainda somos bons. Alguém disse para mim recentemente que eu devia me aposentar e deixar espaço livre para os mais jovens: 'Que se f***! Eu não tenho visto ninguém melhor do que eu, então porque devo parar?' As pessoas acham que Rock N’ Roll é só sobre rebelião adolescente, mas por que não podem existir velhos rebeldes também?”.

“Se as pessoas acham a visão de um cara mais velho tocando Rock N’ Roll irritante para os seus olhos, eles podem simplesmente não assistir. Algumas pessoas ficam melhores quando envelhecem, se eles realmente se importam com o que fazem, como eu. Certamente, eu nunca fiz isso pelo dinheiro, porque nós nunca vendemos muitos álbuns. Existem várias porcarias de bandas milionárias, mas não a gente”.

Comente: Você acha que algum dia o Rock n' Roll irá morrer?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 07 de abril de 2014
Post de 08 de abril de 2014
Post de 02 de maio de 2015
Post de 29 de dezembro de 2015
Post de 11 de maio de 2017

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Lemmy escreveu músicas famosas de sua carreira solo

1444 acessosMikkey Dee: Obras de arte feitas a partir do movimento das baquetas1058 acessosLemmy: Dave Grohl não acreditou que ele tinha um coração0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

CinemaCinema
As melhores músicas de Rock/Metal em filmes de terror

MotorheadMotorhead
"E daí se eu bebo?", pergunta Lemmy

Lemmy e David BowieLemmy e David Bowie
A conexão entre dois artistas tão diferentes

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

O amorO amor
10 músicas para roqueiros apaixonados

Iron MaidenIron Maiden
Quinze canções que definem a banda

5000 acessosMegadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos5000 acessosKiss: "Rock and roll é um trabalho para otários!"5000 acessosHeavy Metal: "cristãos podem aprender muito com o gênero"5000 acessosTom Morello: revelando planos de Chris Cornell com o Audioslave5000 acessosMúsica Fácil: aprenda 5 acordes e muitas músicas do rock5000 acessosKing Diamond: "meu apartamento era assombrado, pergunte pros caras do Metallica"

Sobre Victor Guilherme Chaves

Victor Guilherme é carioca e viciado em filmes, desenhos, mitologia, livros variados e, principalmente, muito rock n’ roll. Cresceu numa casa onde sempre ouviu Beatles, Black Sabbath, Ramones e Rick Wakeman, mas sua verdadeira paixão pelo estilo começou quando ganhou de aniversário o álbum Bark At the Moon, do Ozzy Osbourne. A partir de então, se tornou adicto por Rock clássico, Heavy Metal e, principalmente, Hard Rock. Entre suas bandas preferidas estão: Alice Cooper, Ozzy Osbourne, Twisted Sister, W.A.S.P., Whitesnake, Iron Maiden, Van Halen, Angel Witch, ZZ Top, Creedence, entre várias outras. Hoje em dia, Victor divide seu tempo entre dar atenção à sua namorada, a quem ele tanto ama; ser um estudante de Direito do IBMEC-RJ; tocar guitarra e, quando tem tempo, colaborar com o Whiplash ou postar na comunidade de sua “irmã e ovelha negra da família", a Falseplash, onde o Metal em geral é discutido por um prisma nada ortodoxo.

Mais matérias de Victor Guilherme Chaves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online