Em 09/07/1964: Nasce Courtney Love

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Wikipedia
Enviar correções  |  Ver Acessos

Courtney Michelle Harrison nasceu em 9 de julho de 1964, em São Francisco, Califórnia, filha da psicoterapeuta Linda Carroll e de Hank Harrison, um escritor e antigo empresário da banda Grateful Dead.

O tempo não para: fotos do antes e depois de alguns rockstarsOrtografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ela tem ascendência cubana, galesa, irlandesa, alemã e inglesa. Seus pais se separaram em 1969, e sua mãe obteve a custódia após acusar Harrison de ter dado LSD à filha.

Sua mãe mudou-se com a família para Marcola, Oregon, onde viveram em uma comunidade hippie. Love enfrentava problemas na escola e foi diagnosticada como levemente autista. Através de outros casamentos, a mãe de Love deu à luz duas outras filhas e adotou um filho, e mais tarde mais dois meninos, tendo um deles morrido quando Love tinha 10 anos.

Direita para esquerda: Love com seus irmãos Nicole, Joshua e Jaimee
Direita para esquerda: Love com seus irmãos Nicole, Joshua e Jaimee

Em 1972, a mãe de Love mudou-se com seu então marido para Nova Zelândia, mas Love foi enviada de volta para Oregon, onde viveu com seu antigo padrasto e amigos da família. Aos 14 anos, foi presa por roubar uma camiseta e foi enviada para o Centro Correcional de Hillcrest Youth. Ela passou os anos seguintes indo e voltando de lares adotivos antes de ser legalmente emancipada aos 16 anos. Ela se mudou para Portland, Oregon, e se sustentava financeiramente trabalhando ilegalmente como stripper, DJ e outros diversos trabalhos, e se matriculou em Portland State University, onde estudou inglês e filosofia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 1981, seus avós adotivos a concederam um pequeno fundo fiduciário. Ela usou o dinheiro para viajar para a Irlanda, onde estudou teologia por dois semestres na Trinity College. No Reino Unido, em Liverpool, ela fez amizade com o músico Julian Cope, e mudou para a casa dele brevemente antes de retornar para os Estados Unidos. Love se mudava constantemente entre Oregon e Califórnia, onde se matriculou na San Francisco State University e no Instituto de Artes de São Francisco, onde teve aulas com George Kuchar. Mais tarde, ela trabalhou como stripper no Japão. Depois de passar um ano no exterior, Love voltou para Portland. Em 1983, ela trabalhou dançarina erótica em Taiwan, mas foi deportada depois que o clube foi fechado pelo governo.

Em 1985, Love mandou uma fita com seu teste para interpretar Nancy Spungen no filme Sid & Nancy (1986), e chamou atenção do diretor Alex Cox, que escreveu um pequeno papel para ela no filme.[1] Mais tarde, ele a ofereceu o papel principal do filme Straight to Hell (1987), que contava com diversos ícones do punk e outros atores conhecidos, mas que recebeu críticas negativas. Ela chamou atenção de Andy Warhol, que a chamou para participar de um episódio de Andy Warhol's Fifteen Minutes. Ela também fez uma ponta no clipe de "I Wanna Be Sedated", dos Ramones.

Em 1988, Love abandonou sua carreira de atriz e se mudou de Nova York, voltando para Oregon, citando a fama de "subcelebridade" como motivo. Ela voltou a trabalhar como stripper na cidade pequena de McMinville, Oregon, onde foi reconhecida por clientes do bar. Isso a fez entrar em isolamento, então ela se mudou para Anchorage, no Alasca. "Decidi me mudar para o Alasca porque precisava tomar vergonha na cara e aprender a trabalhar", Love relembrou. "Então eu fui tipo buscar uma missão de vida. Me livrei de todas as minhas posses e me mudei para um trailer com um monte de strippers."

Love ganhou notoriedade com sua banda Hole, que formou em 1989 junto a Eric Erlandson. O álbum de estreia da banda, Pretty on the Inside (1991), recebeu aclamação da crítica, e o Hole tornou-se mundialmente conhecido com seus álbuns seguintes, Live Through This (1994) e Celebrity Skin (1998).

Love também é atriz e iniciou sua carreira interpretando pequenos papéis em filmes de Alex Cox em 1986. Em 1996, ela estrelou o filme The People vs. Larry Flynt, e foi nominada ao Globo de Ouro por melhor atriz coadjuvante. Mais tarde, na década de 2000, Love teve uma breve carreira solo após a dissolução do Hole, lançando um álbum, America's Sweetheart (2004) e teve diversos problemas com a lei e sentenças a clínicas de reabilitação até atingir a sobriedade.

Em 2009, Love reformou o Hole com novos membros e lançou Nobody's Daughter (2010). Em 2012, ela estreou uma exposição de arte com uma coleção de suas próprias pinturas e desenhos intitulado And She's Not Even Pretty. No mesmo ano, anunciou o retorno à carreira solo e está atualmente preparando um novo álbum. Desde 2014, tem voltado a dedicar-se à atuação, trabalhando em Sons of Anarchy, Empire e Revenge.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Todas as matérias da seção Datas de Nascimento

O tempo não para: fotos do antes e depois de alguns rockstarsO tempo não para
Fotos do antes e depois de alguns rockstars

Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?Ortografia
Como deveriam realmente se chamar as bandas?


Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline