Shine and Rock: 13 lugares que todo fã de rock deve conhecer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Silvia Tancredi - Blog Shine and Rock, Fonte: Culturizando, Tradução
Enviar Correções  

Todos os que se vangloriem de saber tudo sobre rock and roll devem conhecer (e, se possível, visitar!) uma série de lugares que são espaços míticos da história do gênero. Ruas, bares, muros, porões, todo tipo de templos localizados essencialmente na Inglaterra e nos Estados Unidos, países-berço do rock. Maiores ou menores, estes cantinhos foram testemunhas da passagem de muitas lendas da mitologia roqueira e, por isso, hoje são parte desta lista dos pontos mais importantes da história do rock.

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abbey Road

Talvez a imagem mais popular da historia do rock de todos os tempos a protagonize essa mítica rua sobre a qual se pode ver caminhando os quatro Beatles, atravessando a faixa de pedestres de Grove End na interseção com Abbey Road, em Londres, em frente aos estúdios de gravação da banda. É uma fotografia bastante improvisada na qual John Lennon, Ringo Starr, Paul McCartney e George Harrison caminham de perfil para o espectador, sem olhar para a câmera. O autor da fotografia é Ian McMillan, quem subiu em uma escada em plena rua e os fotografou em 10 minutos, sem flash, nem filtros, nem teleobjetivas. A imagem percorreu o mundo já que constitui a capa do último disco de estúdio da banda.

CBGB

O famoso bar CGGB, localizado na rua Bowery 315, em Nova York, é um dos templos mais emblemáticos do rock nos Estados Unidos. Suas iniciais significam Country, BlueGrass e Blues, pelos estilos que eram tocados por ali, mas logo foi cenário de muitos outros estilos musicais que foram surgindo nas décadas seguintes. Nasceu em 1973 e é famoso por ser o espaço onde começaram a tocar bandas como Ramones, Blondie e Talking Heads. Fechado em 2006 por uma acumulação de dividas, ofereceu um último show protagonizado por Blondie e Patti Smith.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Cavern Club

Esta histórica caverna do rock inglês, localizada na cidade de Liverpool, foi cenário de lendárias bandas como The Rolling Stones, The Who e Elton John, entre outras. Embora tenha começado como um espaço de jazz, transformou-se no centro de bandas de todo tipo de música e em especial do rock com uma banda, então desconhecida, chamada The Quarrymen, integrada por três dos que se transformariam nos quatro Beatles. Ate então, os olhares estavam em Londres, mas graças ao movimento musical que começou a se ver em Liverpool e Manchester, lugares como esse clube adquiriram valor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Route 66

Famosa por ser a estrada principal dos Estados Unidos, conta com um trajeto de mais de 3.200 km que vai desde Chicago até Los Angeles. Reconhecida por ser a rota que leva à mítica Califórnia e atravessa as paisagens mais maravilhosas dos Estados Unidos como o Grand Canion, o rio Mississipi, o deserto do Arizona e vários parques nacionais para culminar nas praias californianas. Muitas bandas têm viajado ao longo dela e têm dedicado temas a essa rota que constitui um passeio pelo coração da cultura norte-americana. O mais conhecido é "Get your kicks on route 66" que tem versões de Rolling Stones, Depeche Mode e Nat King Cole, entre outros.

The Marquee

Pela rua londrinense Wardour Street, existe um famoso clube com muita história roqueira. Trata-se do histórico The Marquee, palco de shows de alguns dos maiores artistas da Inglaterra. Jimi Hendrix, The Who, Led Zeppelin, David Bowie e os Rolling Stones foram protagonistas desse espaço londrino. Foi nesse local que Pete Townshend, guitarrista do The Who, quebrou uma guitarra no palco pela primeira vez, criando uma das imagens mais míticas do rock.

Electric Lady Studios

Esse estúdio de gravação, aberto por Jimi Hendrix na cidade de Nova York em 1970, teve como protagonistas várias figuras da história do rock. Lá, Patti Smith gravou Horses, seu álbum de estreia, com John Cale. Também gravaram ali The Clash, AC/DC, Led Zeppelin, White Stripes , David Bowie, The Rolling Stones e Pretenders, entre outros. E para Hendrix foi o espaço-testemunha da sua última gravação: Slow Blues.

Roxy

O famoso teatro Roxy foi um clube noturno, localizado na zona hollywoodiana de Sunset Strip, na California. Abriu em 1973 e, na semana inaugural, Neil Young e sua banda The Santa Monica Flyers o tornaram famoso. Em seguida, a mítica banda Genesis, com Peter Gabriel, apresentou-se várias vezes deixando grandes lembranças pelos seus shows originais. Tendo ganhado popularidade, recebeu músicos de todo tipo, desde Bob Marley até Guns N' Roses, passando por Nirvana, Bob Dylan, Bruce Springsteen e Red Hot Chili Peppers, só para citar alguns.

The Hacienda

Como não poderia faltar um espaço musical na cidade inglesa de Manchester, aqui se lembra o famoso "Fac 51 Hacienda" ou simplesmente conhecido como "The Hacienda". Trata-se de um clube noturno que foi cenário muito popular da música na Inglaterra, inaugurado em 1982 e fechado em 1997 por inconvenientes econômicos. No seu financiamento interveio a banda New Order e o selo Factory records. O filme "24 Hour Party People" conta a historia desse mítico clube, que foi demolido em 2002 para construção de apartamentos.

Piccadilly Circus

Nesse caso é uma famosa praça de Londres que marca presença nesta lista, já que, assim como a imagem de Abbey Road, a imagem de Piccadilly Circus na capa do disco homônimo de The Who é uma das mais conhecidas na historia do rock. Essa praça, lembrada pelas suas placas luminosas, fotografada milhares de vezes e capturada em filmes, é visitada por milhares de turistas que posam diante dela e recordam aquele disco. Localizada no bairro de Westminster, na interseção das ruas Regent e Shaftesbury, representa uma zona comercial muito transitada e passa-se por ela para chegar aos teatros que ficam na imediações. Quando foi criada, tinha forma circular, mas as construções adjacentes foram modificando esse aspecto inicial. A fonte ao centro e a estátua de uma espécie de anjo em homenagem ao autor Shaftesbury; fotografias inevitáveis para quem visita o lugar.

A mansão de Freddie Mercury em Londres

Queen, a super banda de Freddie Mercury, lendária na cidade inglesa de Londres, deixou vários espaços interessantes que fazem parte da sua história: estúdios de gravação, o bar favorito do cantor onde conheceu Brian May e Roger Taylor, a universidade onde estudaram, etc. Mas o lugar mais representativo por causa do trágico final de Mercury é sua mansão no bairro de Kensington. Ali viveu e morreu e hoje os visitantes que passam por ali costumam deixar flores na porta do Garden Lodge, como é conhecido o lugar.

A sepultura de Jim Morrison

Nesse caso, é um espaço diferente, protagonizado pelo famoso compositor e cantor de The Doors, Jim Morrison. O músico que morreu em 1971, na sua casa no bairro parisiense de Le Marais, com menos de 30 anos e de uma maneira duvidosa, foi o centro de muitas hipóteses em torno de sua morte. Encontraram-no no chão do banheiro sem mais explicações, por isso se tem falado de overdose, homicídio e suicídio. Por ser uma figura tão carismática, sua sepultura no Cemitério de Pére Lachaise de Paris tornou-se um ponto incrivelmente popular entre os fãs do rock que viajam à França para visitar esse espaço. A sua sepultura original modificou-se bastante por causa do vandalismo sofrido: há grafite e pinturas e foram registrados roubos.

Strawberry Fields no Central Park

Strawberry Fields, localizada na zona central do Central Park de Nova York, é parada obrigatória para aqueles que visitam esta mágica cidade e desejam recordar com nostalgia a John Lennon, que, em vida, costumava passear por esse lugar e dizia que era um dos seus favoritos. Strawberry Fields é uma área elevada de dois acres e meio de superfície, do outro lado da rua dos Dakota Apartments, Central Park West e 72nd Street, onde Lennon foi assassinado em 8 de dezembro de 1980. Cinco ano depois, sua viúva, Yoko Ono, celebrou uma cerimônia em seu nome com o apoio de diplomáticos internacionais, cujos países enviaram presentes a esse jardim. A cidade de Nápoles enviou um mosaico branco e preto em cujo centro estava escrita a palavra Imagine.

Battersea Power Station

E não poderia faltar nessa lista um espaço que lembra a mítica banda Pink Floyd. Aquela fabrica escura que aparece na capa do disco "Animals", gravado em 1977, com o voo de um porco de maneira bizarra, era uma antiga estação elétrica conhecida como Battersea Power Station, do arquiteto Sir Giles Gilbert Scott. A imagem desse lugar tornou-se um ícone que, além do mais, foi levado ao cinema em mais de um filme. Entre elas, essa paisagem também foi outro ícone do rock: "Help", do filme dos Beatles.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy MetalSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal


Sobre Silvia Tancredi - Blog Shine and Rock

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280 GooInArt