Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"


Stamp

Marduk: guitarrista guarda pedaço do crânio de Dead Ohlin

Por Samuel Coutinho
Fonte: loudwire.com
Em 04/06/12

Uma das lendas mais famosas do black metal gira em torno do suicídio do vocalista do MAYHEM, Per ‘Dead’ Ohlin, em 1991. Por mais de 20 anos, os boatos têm circulado por todo o mundo, alegando que o guitarrista do Mayhem, Euronymous, enviava pedaços do crânio de Dead para outros músicos de black metal, como um sinal de profundo respeito para com seu trabalho e dedicação ao gênero. Durante uma entrevista com Morgan ‘Evil’ Steinmeyer Håkansson do MARDUK, o guitarrista não só confirmou que ele realmente possui um pedaço de crânio de Dead, como também guarda chumbos do cartucho de espingarda que matou Dead e um pedaço de sua massa encefálica.

O black metal é reinado por muitas lendas urbanas modernas. Existem muitos rumores na cena black metal sueca e norueguesa, desde o início dos anos 90, em sua maioria girando em torno de atos de violência, incêndios em igrejas e até mesmo canibalismo. No entanto, a verdade sobre o que aconteceu com os fragmentos do crânio de Dead pode ser a história mais infame do black metal.

Morgan do Marduk falou sobre os rumores, e sua resposta sobre o fato nos deixa sem palavras. "Sim, claro", confirmou Morgan. "Eu recebi, logo depois que ele morreu. Naqueles dias eles viviam em uma casa sem as melhores condições, de modo que não tinham sequer um telefone. Então eu lembro que eu estava comemorando o ano novo em 1991. Ele tinha me enviado uma carta, então alguém me disse que ele havia se matado".

"Então eu escrevi uma carta para o Mayhem e depois eu tive a resposta de volta do guitarrista (Euronymous). 'Bem, ele atirou em sua cabeça e aqui está um pedaço de seu crânio'. Ele usou uma espingarda. Então ele também me enviou dois pedaços de chumbo e um pedaço do cérebro dele. Eu ainda tenho isso. Eu mantenho bem protegido".

Morgan foi perguntado para quem mais Euronymous tinha enviado outras partes de Dead. "Ele enviou para todos os antigos amigos do Dead", disse ele com um sorriso inocente, deixando claro que ele não revelaria os nomes. "Foram só algumas pessoas. Não havia muita gente... talvez cinco".

Uma foto de Per ‘Dead’ Ohlin morto (que pode ser facilmente encontrada na internet) foi usada em capa de um bootleg do Mayhem. O guitarrista deixou um bilhete aonde dizia simplesmente "Desculpe pelo sangue". Esta fotografia foi tirada pelo guitarrista Euronymous (Øystein Aarseth), após a descoberta do corpo. Apesar de ser apenas um lançamento "semi-oficial", este notório bootleg é comumente listado como um dos principais álbuns da banda. (fonte: Wikipedia)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Polonês Drummers From Hell inverte posições e toca "Werwolf", do Marduk


Marduk: Morgan Hakänsson diz ter pedaços do crânio de Dead

Marduk: guitarrista guarda pedaço do crânio de Dead Ohlin


Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho.