RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemVocalista do Fleshgod Apocalypse é pedida em casamento durante show da banda

imagemO motivo nada musical que fez Bruce Dickinson querer se juntar aos hippies

imagemZelador viraliza após incrível semelhança com voz de Steve Perry em "Don't Stop Believin'"

imagemTony Iommi conta quais são os riffs preferidos que ele escreveu

imagemShane Hawkins, filho de Taylor Hawkins, ganha prêmio de melhor performance do ano

imagemEm disputa acirrada, fãs batem recorde e elegem melhores discos de metal de 2022

imagemEloy Casagrande repete o feito sendo eleito melhor baterista de metal do mundo

imagemPaul Stanley sabia que seria um rockstar desde a sua juventude


Stamp

Alice Cooper: "Easy Action", o segundo degrau caminho às alturas

Resenha - Easy Action - Alice Cooper

Por Neimar Secco
Postado em 01 de janeiro de 2014

Se o primeiro álbum do Alice Cooper equivaleu ao nascimento de uma banda que viria a ser um diferencial no cenário do rock da era psicodélica, Easy Action é o ponto em que a banda começa a realmente mostrar a que veio.

Poderíamos descrever Easy Action como a segunda apresentação de Alice Cooper ao mundo do Rock. Se Pretties For You, o álbum de estréia, trazia um emaranhado de sons e de ideias ainda em formação, e foi naquele primeiro álbum que Alice Cooper nos brindou com dois clássicos, caros a seus fãs mais fiéis e atentos: "Reflected" e "Levity Ball", Easy Action foi uma tentativa mais, digamos, profissional e bem elaborada, de chegar lá. Certamente uma evolução. Produzido por David Briggs, produtor que trabalhava com Neil Young, Easy Action tem uma sonoridade mais bem definida e mais "limpa" que seu antecessor.

Quanto ao Alice Cooper que se tornou célebre tanto no palco como em suas performances vocais personalizadas e sem paralelo à época, "Mr. and Misdemeanor foi, de certa forma, a música que apresentou Alice Cooper como o vocalista de estilo particular e que viríamos a conhecer de forma mais plena a partir de Love It To Death, o álbum seguinte. Diz a letra dessa canção em tom e temática de autorreferência:

Here's new pretties for you
Nobody likes me but we adore you.

Eis as novas 'belezuras' para vocês
Ninguém gosta de mim, mas nós os adoramos

"Shoe Salesman" foi o mais próximo, talvez juntamente com "Beautiful Flyaway", que a banda chegou de um hit até então. A melodia simples e a letra entre divertida e melódica bem que podiam ter gerado um primeiro hit para a banda, mas o caminho ainda era longo.

Embora, não de forma tão explícita em todas as canções, os dois primeiros álbuns (Easy Action, de forma mais incisiva) mostravam uma banda de um humor ácido, de temas sombrios e que se desenvolveria assim, daí em diante.

Still Nada de Air (Ainda sem ar)

Who says the earth is crumbling
And no sky is falling through
Sometimes, I just.. can't.. die

Quem diz que a terra está desmoronando
E que nenhum céu está desmoronando
Às vezes eu apenas... não consigo... morrer

"Below Your Means" é um tema longo de quase sete minutos de duração que tem uma letra que beira a ficção científica, um cenário meio "Brave New World", um tanto psicodélica, um tanto progressiva.

Às vezes nos remete à sonoridade do Pink Floyd, às vezes nos sentimos mais próximos do som do Jefferson Airplane.

"Return Of The Spiders" é mais uma autorreferência sobre os primeiros tempos da banda, já que The Spiders era o nome da banda quando gravaram seus primeiros singles.

[an error occurred while processing this directive]

E também um tributo a um dos ídolos do Alice Cooper enquanto adolescente: Gene Vincent.

"Refrigerator Heaven" era um misto de ficção científica e de história, pois tratava da lenda de que Walt Disney havia sido congelado após sua morte (criogenia).

Se, no geral e no todo, Easy Action não é ainda o primeiro grande trabalho do Alice Cooper Group, ele, pelo menos, deixou plantadas várias sementes que germinaram e deram frutos já no LP seguinte, o terceiro da banda e o primeiro da parceria com o "sexto elemento" da banda: Bob Ezrin.

[an error occurred while processing this directive]

Notas:

Faixas
1. Mr and Misdemeanor
2. Shoe Salesman
3. Still No Air
4. Below Your Means
5. Return Of The Spiders
6. Laughing At Me
7. Refrigerator Heaven
8. Beautiful Flyaway
9. Lay Down and Die, Goodbye

Música, Letras e Arranjos de: Alice Cooper, Michael Bruce, Glen Buxton, Dennis Dunaway e Neal Smith.

Produzido por: David Briggs para Alive Productions em Sunset Studios, Hollywood.
Produtor Executivo: Herb Cohen (empresário de Frank Zappa)
Engenheiro: Barry Keene
Direção de Arte: John Williams
Fotos: Lorrie Sullivan
Gravado em Sunset Studios, Hollywood, CA

[an error occurred while processing this directive]

Segundo Janice Buxton, esposa do falecido guitarrista Glen Buxton, Mr and Misdemeanor é sobre Alice Cooper e Glen Buxton.

Em 'Beautiful Flyaway' e 'Below Your Means', o vocal principal é feito por Michael Bruce.

'Return of the Spiders' foi dedicada a Gene Vincent porque o Alice Cooper Group foi a banda de apoio para Gene quando eles tocaram juntos no show Toronto '69. Vincent foi um roqueiro lendário dos anos 50 e não tinha relação alguma Rockin' Reggie Vincent.

[an error occurred while processing this directive]

Em 1973, para fazer ainda mais dinheiro com a banda que estava no auge, a Warner Bros. relançou Pretties For You e Easy Action juntos em um álbum duplo: SCHOOL DAYS.

O setlist de um dos shows da época, já próximo ao lançamento do LP seguinte, Love It To Death, foi o seguinte:
1. Sun Arise
2. Mr and Misdemeanor
3. Fields of Regret
4. I'm Eighteen
5. Levity Ball
6. Is It My Body - Extended
7. Nobody Likes Me
8. Black Juju

A edição de julho de 1970 da Creem Magazine foi a primeira capa de revista da banda:

Fonte de algumas informações e fotos dessa resenha:
http://www.sickthingsuk.co.uk

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Alice Cooper e TNT: a semelhança de Be my Lover e Não Sei

Morte: confira 15 das melhores músicas sobre o tema


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Neimar Secco

Welcome to my nightmare. Sou professor de inglês e de português e também tradutor eventual. Rock sempre foi e continua sendo a minha trilha sonora de todas as horas. Minhas preferências são hard rock, progressivo e classic rock em geral (anos 60, 70 e 80). Bandas favoritas: Alice Cooper, Led Zeppelin, Black Sabbath, Ozzy Osbourne, Pink Floyd, Beatles, Creedence, The Doors, Dire Straits, entre muitas outras.
Mais matérias de Neimar Secco.