Biohazard: Catorze faixas de tirar o fôlego

Resenha - Urban Discipline - Biohazard

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Biohazard foi formado em 1988, por Evan Seinfeld (baixo e vocal), Billy Graziadei (guitarra e vocal), Bobby Hambel (guiratta) e Meo (bateria). Com sua mistura de Thrash Metal, Punk/Hardcore e Rap, tomaram de assalto os palcos underground com sua fúria contra tudo e todos.

Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha

Antes de lançarem seu primeiro disco, que leva o nome da banda, Meo sai para dar lugar a Danny Schuler, consagrando o nome e o símbolo, que se tornou marca registrada.

Ao assinarem com a Roadrunner, eles soltam Urban Discipline. Com 14 faixas de tirar o fôlego, a banda despeja todo seu ódio contra a violência, a corrupção e a sociedade em geral.

Destaques absolutos para as faixas Punishment, Shades of Grey, a faixa-título, a cover do Bad Religion We're Only Gonna Die (From Our Own Arrogance), Business, Black And White And Red All Over, entre outras.

Os vocais de Evan e Billy se revezam, sob as palhetadas furiosas, com a bateria precisa de Danny. Com esse disco, a banda conquistou fãs em todo o mundo, dividiu palcos com as bandas House Of Pain, Sick Of It All, Kyuss, Sepultura, Pantera, Black Sabbath.

Seus clipes Punishment e Shades Of Grey viraram clássicos na MTV, inclusive por aqui, no extinto Fúria Metal.

O Biohazard também participou da trilha sonora do Jodgement Hight, com o Onyx, gravando duas faixas. Logo, saem da Roadrunner e assinam com a Warner para gravar seu terceiro disco, State of the World Address.

Era a definição da praga biotecnológica do Hardcore nova-iorquino. Em 2000, o disco foi relançado contendo quatro versões demo das faixas.

Formação:

Evan Seinfeld - vocal/baixo
Billy Graziadei - vocal/guitarra
Bobby Hambel - guitarra
Danny Schuler - bateria

Tracklist:

1-Chamber Spins Three
2-Punishment
3-Shades of Grey
4-Business
5-Black and White and Red All Over
6-Man With A Promise
7-Disease
8-Urban Discipline
9-Loss
10-Wrong Side of the Tracks
11-Mistaken Identity
12-We're Only Gonna Die (From Our Own Arrogance)
13-Tears Of Blood
14-Hold My Own
15-Business (demo)
16-Urban Discipline (demo)
17-Loss (demo)
18-Black And White And Led All Over (demo)

Confiram os vídeos abaixo - Punishment:

Shades Of Grey:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Biohazard"


Mad Max: inspirando W.A.S.P., Violator, Biohazard e outrosMad Max
Inspirando W.A.S.P., Violator, Biohazard e outros

Nu-Metal: 10 trabalhos que definem as raízes do gêneroNu-Metal
10 trabalhos que definem as raízes do gênero


Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Steve Vai: O dia em que ele foi humilhado por ChimbinhaSteve Vai
O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha

Entrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistadorEntrevistas
Coices e tretas entre artista e entrevistador

Ozzy Osbourne: dando "chega mais" em Mônica Apor na coletivaSeparados no nascimento: Alice Cooper e GretchenKiss: 10 músicas gravadas com formações completamente alternativasElvis Presley: as capas "cover" do primeiro álbum

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.