Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger


Stamp

Meshuggah: Se prefere algo mais tradicional, passe longe

Resenha - Koloss - Meshuggah

Por Junior Frascá
Em 24/03/12

Sem dúvida o novo disco dos mestres suecos do MESHUGGAH era um dos trabalhos mais aguardados do ano, vez que a banda passou por diversos problemas, e não lançava um disco inédito desde 2008, com "ObZen", em que a banda conseguiu mesclar com perfeição os elementos pesados (tipicamente de thrash metal) de seu início, com experimentações mais recentes, que geraram um excelente material.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda sempre se caracterizou por uma sonoridade muito peculiar, mesclando elementos ultra pesados com algumas experimentações, principalmente de metal industrial (mas não só deste estilo), criando canções variadas e às vezes esquisitas, com arranjos complexos e melodias dissonantes, mas sempre com muita qualidade, o que lhes angariou um relativo sucesso ao redor do planeta. Trata-se de uma banda única, daquelas que ou você ama ou odeia, sendo impossível ser a ela indiferente, sempre dividindo opiniões, o que não será diferente com esse novo álbum.

Nesse novo material, a banda se mostra novamente inovadora, e lançando um disco diferente de tudo que já havia criado anteriormente, mantendo intacta toda a agressividade e peso de suas músicas, mas novamente com experimentações diversas, sendo impossível encaixar sua sonoridade em qualquer outro subgênero do metal (até mesmo o Math Metal, sugerido pela banda).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"I´m Colossus", que abre o disco, por exemplo, é uma faixa bem estranha após a primeira audição, assim como a seguinte "The Demon´s Name is Surveillance", sendo esta última inclusive bem cansativa, com um riff que, embora legal, se repete insistentemente por quase toda sua duração. Um verdadeiro teste de paciência.

Mas daí pra frente as coisas começam a melhorar, com "Do Not Look Down", uma faixa mais energética (embora também peque um pouco pelo excesso de repetições) e com um groove fantástico. E daí em diante o disco segue com grande qualidade, como "Behind the Sun", uma faixa carregada e com vocais totalmente agonizantes (alias, os vocais deixaram um pouco a desejar ao longo do disco, pois não há quase variações, se mantendo igual em todas as faixas); "The Hurt That Finds Your First", que remete ao thrash e speed metal, como um verdadeiro míssil disparado em nossos tímpanos; e "Demiurge", no melhor estilo LAMB OF GOD, mas trazendo aqueles elementos exóticos que só estes suecos conseguem criar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além disso, merecem ainda destaque a excelente qualidade de gravação, que deixou todos os instrumentos bem timbrados e audíveis, em especial o baixo, bem distorcido e "pesadão", e a arte gráfica do material, belíssima e complexa, como o próprio som do MESHUGGAH.

Portanto, meu caro amigo leitor, estamos diante de outro grande registro desses suecos, que demonstram toda sua versatilidade, criatividade e coragem de deixar a mesmice sonora de lado. Se você já conhece o som dos caras ou aprecia algo diferente, já pode correr atrás da sua versão de "Koloss", pois dificilmente irá se arrepender. Mas se você nunca apreciou o MESHUGGAH, e prefere algo mais conservador e tradicional, passe longe.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Koloss - Messhuggah
(2012 – Nuclear Blast - Importado)

Track List:

01. I am Colossus (4:43)
02. The Demon’s Name Is Surveillance (4:39)
03. Do Not Look Down (4:43)
04. Behind The Sun (6:14)
05. The Hurt That Finds You First (5:33)
06. Marrow (5:35)
07. Break Those Bones Whose Sinews Gave It Motion (6:55)
08. Swarm (5:26)
09. Demiurge (6:12)
10. The Last Vigil (4:32)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Meshuggah: Suas 5 melhores músicas, segundo os leitores da Revolver

Meshuggah lança "Immutable", seu décimo álbum de estúdio; confira aqui

Meshuggah: confira "I Am That Thirst", música do próximo álbum, lançada nesta sexta

Meshuggah: banda sueca lança "Light The Shortening Fuse", faixa do próximo disco

Meshuggah: confira vídeo oficial da música "The Abysmal Eye", faixa do próximo álbum



Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.