Resenha - Under Cover - Ozzy Osbourne

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Anderson Nascimento
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Não que a mega exposição da vida do “Príncipe das Trevas” no seriado “The Osbournes” tenha sido responsável por afetar a sua voz, a sua criatividade e sua saúde. A grande questão é que pudemos assistir a queda de um mito fantamagórico e até então demoníaco. De qualquer forma isso não afeta em nada o seu passado glorioso e o seu presente, mas ao lançar o seu novo disco, um apanhado das canções preferidas de seus próprios ídolos, Ozzy se rende à sua verdadeira face, dócil e amável.
756 acessosOzzy Osbourne: escolhendo álbum do Alice in Chains no seu Top 105000 acessosMetal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvir

A voz pastosa que agora o acompanha, reproduz o seu verdadeiro estado de saúde. Se analizarmos por uma ótica bem criteriosa, "In My Life", canção angustiada escrita por John Lennon ainda nos Beatles, é quase um adeus público de Ozzy, vide o vídeo clipe. Aliás John, é um dos grandes homenageados neste álbum, pois além de "In My Life", o ex-Beatle é lembrado também em "Woman", em uma versão pop-emocionada numa clara homenagem à sua esposa, e em "Working Class Hero", em uma versão meia-boca.

Ozzy ainda se sai bem em músicas no estilo pesado que o consagrou durante toda sua carreira, é o caso de "Rock Mountain Way" (Joe Wash) e "Mississipi Queen" (Montain) pouco conhecida no Brasil.

Mas são realmente as canções de cunho mais pop que se destacam no álbum, além das já citadas homenagens à Lennon, "Go Now" (Moody Blues), "All The Young Dudes" e "Sunshine of Your Love" (Cream), são grandes destaques. Esse aspecto talvez seja mais facilmente entendido quando notamos os produtores Mark Hudson e Steve Dudas como responsáveis pela obra, para quem não sabe, a dupla trabalha com os discos do ex-Beatle Ringo Starr desde o início da década de 90, inclusive os mesmos trabalharam com Ozzy em uma participação do mesmo no disco do Ringo de 1998 "Vertical Man".

Entendendo todos esses aspectos, o disco é uma bela homenagem de Ozzy aos seus ídolos. Os fãs talvez não gostem do repertório extremamente pop que para Ozzy é muito justo e agradável, para os críticos um tanto quanto óbvio, afinal de contas por que Ozzy ainda não havia gravado "Simpathy for The Devil" dos Stones?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Setlist e vídeos de primeiro show com Zakk Wylde

756 acessosOzzy Osbourne: escolhendo álbum do Alice in Chains no seu Top 102394 acessosOzzy Osbourne: em vídeo 3D, as mudanças em sua aparência0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

Don ArdenDon Arden
Os segredos sombrios do pai de Sharon Osbourne

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Finalmente os morcegos conseguiram sua vingança!

The OsbournesThe Osbournes
Ozzy prefere perder Sharon do que perder o dinheiro

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Covers e Versões"0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

Metal ExtremoMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir!

Simone SimonsSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones
Livro 2 - Mick Taylor

5000 acessosMarilyn Manson: é do cantor o vídeo mais assustador5000 acessosManowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?5000 acessosMetal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero5000 acessosGuitarras: algumas podem mudar a sua vida, outras não5000 acessosDeep Purple: Blackmore atirou macarronada na cara de Gillan em 935000 acessosMotorhead: Nem queda de avião consegue abalar a calma de Lemmy Kilmister

Sobre Anderson Nascimento

Anderson Nascimento é Analista de Sistema e Professor Universitário de profissão, tendo cursado Pós-Graduação em Análise, Projeto e Gerência de Sistemas na PUC-RJ. Sua grande paixão é a música, começou a colecionar discos ainda na época do vinil, em 1986, com o álbum Abbey Road dos Beatles. Esse foi o primeiro passo para esse hobby que viria a se tornar tão importante em sua vida. Entre as várias atividades no meio musical, Anderson é compositor e integrou a banda de rock Projeto:Paradoxo entre 1996 e 2004. Anderson é um ávido colecionador de discos e também escreveu sobre música em vários veículos de comunicação. Atualmente é editor do site carioca Galeria Musical.

Mais matérias de Anderson Nascimento no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online