Resenha - Ghost Reveries - Opeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Arruda
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


5 caras, 3 suecos e 2 uruguaios, um puta som que mescla o death metal característico do Morbid Angel e o rock progressivo de Genesis e Camel... Difícil imaginar, tem que escutar!

Resenha - In Cauda Venenum - OpethSlash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

Ghost Reveries é o último álbum do quinteto encabeçado por Mikael Akerfeldt, oriundo dos cafundós da Suécia - Sörskogen para ser exato. A 'obra' de um modo geral está enraizada na linha seguida nos últimos trabalhos da banda - Blackwater Park e Damnation/Deliverance, - mais acessíveis do que os primeiros trabalhos.

Primeiros acordes: Ghost of Perdition, uma porrada que abre o CD, começa cadenciada em 3x4 e com vocais guturais. Segue em diversas linhas, passando por momentos, ora 'deathzão', ora 'genesiano'. A música dá a tônica do álbum como um todo.

Momento Led Zeppelin: Atonement, com uma harmonia meio hindu e percussão, lembra muito o quarteto inglês. Somente com vocais limpos e um clima místico criado pelo mellotron de Per Wilberg, agora membro oficial da banda.

Estilo Damnation: Hours of Wealth e Isolation Years nos remetem ao disco exclusivemente de rock progressivo da banda. Ótimas melodias, vocais limpos e de novo o mellotron faz a ambientação com maestria.

Melhor do álbum: Harlequin Forest, segue a linha típica das composições do Opeth, mas com originalidade. Tem passagens que lembram Bleak de Blackwater Park, algumas outras nos remetem aos tempos de Orchid e Morningrise. Fecha com uma levada sincopada no estilo da música título de Deliverance.

Cansativa: A música de trabalho do álbum, que já tem videoclip, Grand Conjuration é a menos empolgante pelo fato de que, depois dos 7 minutos de música, ela começa a se repetir. Os caras devem ter optado por fazer uma música mais acessível pra conquistar o público norte americano. Ainda assim uma grande canção, mas a pior do disco.

Excelente aperitivo pra quem vai conferir a banda em solo brasileiro, pela primeira vez. Pra quem não conhece ainda, uma boa mostra do que significa o som, muitas vezes incompreensível, desta ótima banda sueca.


Outras resenhas de Ghost Reveries - Opeth

Resenha - Ghost Reveries - Opeth




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Opeth"


Resenha - In Cauda Venenum - OpethOpeth: ouça "Cirkelns Riktning", música que ficou fora do novo álbumOpeth: novo álbum "In Cauda Venenum" é lançado em inglês e sueco; ouçaResenha - In Cauda Venenum - OpethOpeth: novo álbum In Cauda Venenum é lançado em inglês e sueco; ouça

Opeth: novo álbum In Cauda Venenum foi feito em segredo, diz Mikael AkerfeldtOpeth
Novo álbum In Cauda Venenum foi feito em segredo, diz Mikael Akerfeldt

Mikael Akerfeldt: Yngwie Malmsteen é um grande guitarrista, mas só tem feito merdaMikael Akerfeldt
Yngwie Malmsteen é um grande guitarrista, mas só tem feito merda

Opeth: ouça "Dignity", novo som da banda

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno
5 bandas aptas a se tornarem clássicas

Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigosTop 20
Discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos

Opeth: Fã de Metal só quer saber de ter seu McLanche FelizOpeth
"Fã de Metal só quer saber de ter seu McLanche Feliz"


Slash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?Slash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

Freddie Mercury: a descoberta do vírus em 1987Freddie Mercury
A descoberta do vírus em 1987

Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsJohnny Depp
A banda que poderia ter desbancado o Guns

Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneySteve Perry
5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey

Instagram: as fotos mais legais do perfil de James HetfieldInstagram
As fotos mais legais do perfil de James Hetfield

Dave Mustaine: James Hetfield, eu, Malcolm Young e Rudolf Schenker somos os melhoresDave Mustaine
James Hetfield, eu, Malcolm Young e Rudolf Schenker somos os melhores

Raul Seixas: Canção salvou a carreira de Chitãozinho e XororóRaul Seixas
Canção salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó


Sobre Rodrigo Arruda

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336