Resenha - Under My Skin - Avril Lavigne

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

7


Juro que tinha dúvidas se Avril passaria do primeiro cd. Afinal ela representa tudo o que a moda musical americana gosta: teen, menina, com voz, mexendo com som pesado e ao mesmo tempo radiofônico. Ou seja, uma "bad-girl" que pode muito bem tocar em rádios. Por isso ela estourou como um furacão nos Estados Unidos, embora seu primeiro cd tivesse sim músicas boas. Agora resta ver o teste do segundo cd, que geralmente costuma fritar os artistas passageiros.

publicidade

Mas Avril insiste que veio para ficar. Ao invés de cair na tentação de fazer músicas mais pops e acessíveis, ela investe no peso, como em "Take Me Away", que abre o cd. Já "Togheter" é a música para tocar em rádios, embora seja pesada. Algumas baladas obrigatórias ("Don´t Tell Me", a acústica "How Does It Feel", a suave "Forgotten" e "Slipped Away") aonde Avril despeja sua voz suave, contrastam com rocks pesados e agressivos como "He Wasn´t" e momentos mais pops como "Nobody's Home". Avril só pisa na bola descaradamente ao colocar no cd duas faixas totalmente desnecessárias como "My Happy Ending" e "Freak Out", que tentam soar pesadas com o adendo de elementos industriais, mas soam chatas e cansativas.

publicidade

Até que Avril conseguiu fazer um cd legal, que pode ser ouvido sem cansar muito o ouvinte. Mas não creio que ela consiga se manter estável com a fórmula rock-pesado-meloso-industrial-newmetal. Em todo caso, vale conferir.

Site Oficial: http://www.avrillavigne.com

Lançamento em 2004 pela BMG Records.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Avril Lavigne: a busca mais perigosa que pode ser feita na webAvril Lavigne
A busca mais perigosa que pode ser feita na web

Fotos de Infância: Avril LavigneFotos de Infância
Avril Lavigne


Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin