Resenha - Can't Get There From Here - Great White

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Haroldo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 5

Lançamento: Portrait Records (Canadá)/1.999
O Great White é uma banda sui gêneris. Embora tenha bons músicos e uma insuspeitada veia rock'n'roll, não prima pela regularidade. Formada no início dos anos 80, passou 10 anos fazendo discos inexpressivos até lançar o perfeito "Hooked", de 1.992. Voltou então ao marasmo para só sair dele com um respeitável cd-tributo ao Led Zeppelin, de 98. E agora reaparece com este mediano "Can't Get There From Here".
O álbum começa com um rock'n'roll bem ao seu estilo, "Rollin' Stoned" - a melhor faixa de todas - para daí entrar numa inexplicável sucessão de baladas. A primeira é "Ain't No Shame", que não compromete. Depois vem outras 7 (!) baladas, nenhuma merecedora de crédito especial. No meio de tudo, dois rocks razoáveis.
Para uma banda que vive do rock and roll, o Great White abusou dos ritmos lentos e, mais uma vez, ficou devendo.
Website oficial: www.mistabone,com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Great White"


Farofa?: 7 bandas estigmatizadas pelo rótulo de hard farofaFarofa?
7 bandas estigmatizadas pelo rótulo de "hard farofa"

Sexo é Proibido: capas censuradas por conteúdo eróticoSexo é Proibido
Capas censuradas por conteúdo erótico


Bandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresaBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

Blind Faith: uma das capas mais polêmicas da históriaBlind Faith
Uma das capas mais polêmicas da história


Sobre Paulo Haroldo

Ex-comerciante, divorciado (liberdade ainda que tardia). Preferências musicais: Hard Rock (principalmente anos 70), Blues, Heavy Metal sem podreira, Progressivo (não confundir com ProgMetal), e todo bom rock/pop feito sem samplers, computadores e outros artifícios eletrônicos que só servem para mascarar falsos músicos. Exterminador de hip-hoppers...

Mais matérias de Paulo Haroldo no Whiplash.Net.

adClioIL