Simone Simmons: "Tenho cérebro, não sou apenas peitos e bunda"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alessandra Ribeiro Brandão, Fonte: Blabbermouth
Enviar Correções  

Ofir Messer, da revista Metalist, conduziu em dezembro de 2008 uma entrevista com a frontwoman Simone Simons, da banda EPICA, durante a segunda visita da banda a Israel.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Revista Metalist: Muitas pessoas atribuem parte do sucesso da banda à sua voz e à sua aparência. Quanta influência haveria na popularidade da banda se você não fosse atraente?

Simone Simons: "Bem, em primeiro lugar, o mais importante é o som da banda, porque a beleza sumirá um dia, e eu espero que a minha voz não [Risos]... Mas sim, você tem dois aspectos da banda - a música (os CDs) e o lado ao vivo dela (o show), e parte do show também é parecer bem, então eu me cuido bem, me certifico de que os fãs têm algo para olhar durante o show. Eu adoro desenhar roupas, fazer compras, usar maquiagem, e arrumar meu cabelo - gosto muito de todas essas coisas (bem, eu sou mulher então eu acho que todas as mulheres gostam disso). É um complemento que eu tenha boa aparência, mas há pessoas que valorizam isso mais do que a música. Para mim, é importante que eles gostem da música e não me vejam como um símbolo sexual ou algo assim, porque eu tenho mais do que isso, eu também tenho um cérebro! [Risos]... Eu não tenho apenas peitos e uma bunda... [Risos]..."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a entrevista completa (em inglês) neste link.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guitarristas: Os 10 maiores dos anos 80 segundo a revista FuzzGuitarristas
Os 10 maiores dos anos 80 segundo a revista Fuzz

Roadrunner: os álbuns mais desprezados de todos os temposRoadrunner
Os álbuns mais desprezados de todos os tempos


Sobre Alessandra Ribeiro Brandão

Estudante de Biologia, aprendiz de canto lírico e rockeira inveterada, Alessandra começou a ser "doutrinada" desde a infância, ouvindo Beatles, Queen, Rolling Stones e qualquer outro ritmo que sua mãe e seu pai gostassem. Já na adolescência, descobriu Iron Maiden e Black Sabbath e decidiu não parar mais, transformando a música de hobby a um vício. Dona de uma determinação que não conhece limites e uma imaginação muito fértil, ainda pretende se formar em Música, montar uma banda de Heavy Metal e, quem sabe, conhecer o mundo fazendo o que mais ama.

Mais matérias de Alessandra Ribeiro Brandão no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336