Matérias Mais Lidas

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger


Stamp

Rock Progressivo Italiano 70's: 9 grandes discos conceituais

Por Tiago Meneses
Em 15/01/17

LE ORME – FELONA E SORONA (1973)

Trata-se da história de dois planetas que estão sempre girando um ao redor do outro, planetas esses denominados justamente Felona e Sorona, onde enquanto o primeiro é uma espécie de paraíso brilhante o segundo é negro e impregnado de desgraças. Só que nem sempre as coisas permanecem assim, pois na segunda metade da suíte as situações deles se invertem. O disco no mesmo ano do seu lançamento também teve uma versão em inglês, mas sem a mesma carga emocional, sendo a versão em italiano bem melhor. Musicalmente e liricamente belíssimo do começo ao fim, colocando o ouvinte a par das emoções que acontecem na história.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

METAMORFOSI – INFERNO (1973)

Álbum conceitual baseado na Divina Comédia de Dante e focado obviamente na parte do Inferno onde cada uma das faixas representam um dos seus níveis. Uma viagem ao submundo, povoada por personagens e cenários do poema, mas com um toque moderno. A espiritualidade do grupo passa a ampliação primordial de uma fé sobrenatural, à denúncia concreta daqueles assuntos que estão corroendo o mundo civilizado, demonstrando, assim, não só a maturidade artística e intelectual superveniente, mas também tendo uma consciência comunicativa perfeitamente em sintonia com o tempo. Cada um dos episódios que compõem o álbum tem sua própria personalidade bem definida e os adjacentes envolvente formando um lineup de uma beleza sinfônica e ácida extraordinária.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

LATTE E MIELE - PASSIO SECUNDUM MATTHEUM (1972)

Um disco que comove pela tamanha delicadeza da sua música e impressiona em como ela é condizente com o tema abordado. Trata-se de um disco inspirado no evangelho de São Mateus onde é musicado precisamente a Paixão de Cristo. A narrativa da história dá uma sensação de conceito completo. A música encontrada aqui é sublime e muito dinâmica caminhando desde a passagens clássicas à momentos mais veemente de heavy prog. Poucos discos conceituais funcionam tão perfeitos como o caso de "Passio Secundum Mattheum".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

IL BALLETTO DI BRONZO – YS (1972)

Baseado em uma lenda medieval da ilha de YS, coberta pelas águas do oceano e submersa para sempre, relata a estória do último homem na Terra e que tem o dever de encontrar algum indivíduo ainda vivo, mas depois de dificuldades, suas forças vão deixá-lo e ele acaba eventualmente e tragicamente desaparecendo na escuridão. Tudo é feito em um incrível desenvolvimento teatral de atmosfera sombria e variação de humor sonoro que vai do jazz-rock e avant-garde para o sinfônico e clássico em um piscar de olhos, mas sempre de forma bem cadenciada. Um álbum simplesmente deslumbrante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

I GIGANTI – TERRA IN BOCA (1971)

Não se trata apenas de um disco conceitual, mas uma corajosa acusação contra a máfia da primeira guerra da máfia siciliana que eclodiu em 1962. A história de dois jovens que se confunde com a história do seu país. Um exemplo de como a música pode obter o serviço da verdade e expor a injustiça dizendo ao público em geral, com realismo e intensidade uma história da máfia a ponto de haver um boicote ao disco. Musicalmente uma combinação da tecnicidade do EMERSON LAKE & PALMER, harmonias do YES e uma teatralidade única da banda e que tem como resultado um conceito coeso e incomum a quase tudo que você possa ter escutado do progressivo italiano.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

JUMBO - VIETATO AI MINORI 18 ANNI? (1972)

Um disco com conteúdo bastante forte principalmente pra época e que fez com que o LP fosse censurado em programas de rádio. O seu título traduzido é a pergunta "ninguém com menos de 18?", e baseado nessa pergunta a banda elaborou um conceito onde o fio condutor são oito canções que a respondem, cada uma à sua maneira. A temática trata-se de algumas das questões mais desconfortáveis de uma sociedade hipócrita e moralista, tais como homossexualidade, masturbação, alienação, alcoolismo, toxicodependência, prostituição e religião, sem escondê-las em alegorias falsas. A música é intensa, misteriosa, estranha, agressiva, religiosa, sim, tem momentos religiosos, tudo em uma atmosfera muito pesada, um desafio a tudo o que é suposto ser normal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ALUSA FALLAX - INTORNO ALLA MIA CATTIVA EDUCAZIONE (1974)

O aqui o tema é sobre uma marionete que é vítima de uma educação severa e intolerante que a bloqueou fisicamente e intelectualmente, mas que depois torna-se livre de suas restrições para recuperar a posse de sua existência e de sua alma. Musicalmente é um disco emocional, melodicamente rico e cheio de nuances clássicas e toques acústicos folk. A paisagem criada pela banda faz com que o ouvinte simplesmente entre na história sem muito esforço.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

MURPLE - IO SONO MURPLE (1974)

Possui duas longas suítes divididos em seis movimentos cada que contam a história triste do pinguim Murple que, para fugir do cotidiano imutável de sua vida, espontaneamente decidiu afastar-se do rebanho e do seu habitat. Mas infelizmente ele não terá tempo para desfrutar das maravilhas do mundo pois será capturado pelo homem e forçado a viver primeiramente em um circo e em seguida em um zoológico, onde terminará seus dias abraçado em um pequeno iceberg de plástico. A música é focada principalmente em teclados extremamente inspirados, mas também apresenta guitarras temperamentais e uma cozinha segura que desenham muito bem o cenário da estória.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RACCOMANDATA RICEVUTA RITORNO - PER... UN MONDO DI CRISTALLO (1972)

Traz um conceito visionário que narra as aventuras de um astronauta que retorna de uma missão espacial à terra e a encontra destruída por uma guerra nuclear, tendo ao seu redor simplesmente um imenso nada e tenta descobrir porque que o homem destruiu a si mesmo, percebendo está vivendo uma espécie de pesadelo. Arranjos de guitarra e flautas que variam entre agradáveis e angustiantes bem como os sentimentos do protagonista. Um álbum que pode bater forte e segundos depois maciçamente, mas sempre com golpes de musicalidades sublime.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Tiago Meneses

Um amante do rock em todas as suas vertentes, mas que desde que conheceu o disco Selling England by the Pound do Genesis, teve no gênero progressivo uma paixão diferente.

Mais matérias de Tiago Meneses.