Silent Cell

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marco De Sordi Filho, Fonte: Silent Cell Oficial
Enviar correções  |  Comentários  | 

A SILENT CELL foi formada em meados de 2010 por Marcelo Leme, Marco De Sordi Filho, Adonai Teixeira e Michael Matt, na cidade de Bragança Paulista, São Paulo.

5000 acessosSkank: banda foi enganada ao participar de programa da Xuxa5000 acessosMarilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"

Os quatro integrantes já eram amigos dentro e fora do palco desde 2004, ano em que foi criada a banda Radioativos, que tinha o direcionamento voltado para covers de Pop Rock e que proporcionou aos integrantes o entrosamento necessário para as apresentações que se seguiram, desde aquela época até recentemente. O som era comercial, simples e de conteúdo vendável, o que não importava tanto, pois a proposta era arrecadar dinheiro, criar a sintonia necessária entre todos e, nestes ultimos meses, promover o trabalho da SILENT CELL. O processo durou alguns anos e, quanto mais os quatro tocavam, mais a amizade se fortalecia e o entrosamento necessário aparecia. Daí as influências pessoais de cada integrante começaram a transbordar e se destacar em todos os palcos que o grupo subia.

A proposta inicial se transformou em fúria. Era óbvio que fazer o simples já não era o bastante. Nem para a banda e muito menos para o público. Os quatro músicos precisavam de algo substancial, algo que preenchesse aquele vazio e desse algum tipo de significado para a alma de cada um.

Em meio de todo esse caos e vozes reprimidas, surgiu a necessidade de se criar um projeto novo, onde cada integrante tivesse a liberdade de tocar com sua pegada pessoal, expondo suas influências e características individuais. O processo foi longo e árduo, três anos ao total para a conclusão do primeiro CD “The Absence Of Hope”. Este tempo foi necessário para que o trabalho pudesse ser lapidado da maneira que os membros da banda almejavam.

Como a intenção desde o inicio foi fazer um som direcionado para o mercado externo, a banda se preocupou em fazer instrumentais elaborados em riffs pesados, com ênfase nos graves e em efeitos eletrônicos, linhas vocais alternadas e criativas mesclando guturais, berros e vocais melódicos. O resultado foi um trabalho com uma atmosfera sombria e pesada, envoltas em letras que lidam com demônios pessoais e temas difíceis, que poucas bandas da atualidade se atrevem a utilizar.

A banda deu ínicio ao caos ao vivo no dia 13/07/2012, em sua cidade natal. As mais de duzentas pessoas que presenciaram a performance viram uma banda nova, cheia de vontade e completamente disposta a derramar cada gota de sangue e suor em cima do palco, algo que a tempo muitos não viam. O impacto inicial pelo mundo online tem sido monstruoso, com mais de 6.000 likes na rede social Facebook e mais de 15.000 acessos no YouTube, tudo em menos de duas semanas, fica bem claro que a fórmula funciona, e a banda esta mais do que pronta. a hora da SILENT CELL é agora.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Silent Cell"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Silent Cell"

SkankSkank
Banda foi enganada ao participar de programa da Xuxa

Marilyn MansonMarilyn Manson
Ele ganharia o Grammy por incitação a mortes

Duff McKaganDuff McKagan
"É um milagre o Slash e eu ainda estarmos vivos!"

5000 acessosPhotoshop: Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais5000 acessosHelter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos Beatles5000 acessosBullet For My Valentine: vocal detonou Guns em turnê5000 acessosOzzy: "Sharon, por que você está me mandando fotos pelada?"5000 acessosPhil Anselmo: os discos de Metal e filmes de horror preferidos5000 acessosEm 21/10/2005: Tarja Turunen é dispensada do Nightwish

Sobre Marco De Sordi Filho

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online