Metal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luciano Dias, Fonte: Adolescence Magazine
Enviar correções  |  Ver Acessos

Uma pesquisa divulgada em abril de 2011 avaliou se heavy metal e rap poderiam ter relação com comportamento negativo de adolescentes americanos. Foram utilizados questionários respondidos pelos próprios adolescentes e seus pais.

Queen: uma interpretação da letra de "Bohemian Rhapsody"Black Metal: o lado mais negro da cena brasileira

Com uma divisão em dois grupos de adolescentes, os que ouviam metal e rap (HM/R) e os que ouviam outros estilos musicais (grupo controle), um dado chamou a atenção.

40% do grupo que ouvia heavy metal ou rap já era sexualmente ativo, enquanto que apenas 18% no grupo que ouvia outros estilos musicais já havia tido relações sexuais.

Outros dados, como curiosidade.

64% do grupo HM/R era composto por homens, contra apenas 35% no grupo controle.

46% do grupo HM/R tinha notas abaixo da média, contra 24% no grupo controle.

44% do grupo HM/R já havia sido suspenso ou expulso de alguma escola, contra 23% no grupo controle.

23% do grupo HM/R já havia usado drogas, contra 8% no grupo controle.

Agora fica a discussão para vocês. Quem ouve metal faz mais sexo mesmo? Ou é somente porque a maioria de nós é do sexo masculino? Esta foi a explicação estatística deste estudo. Após correção para sexo masculino/feminino, não houve mais diferenças estatísticas significativas em nenhum dos dados citados, com exceção de notas abaixo da média, em que o grupo HM/R parece ter um desempenho inferior ao controle.

Agora, lanço a pergunta: somos realmente inferiores àqueles que não ouvem metal na escola? Comentem.

Leia a pesquisa completa (em inglês) no link abaixo.

http://findarticles.com/p/articles/mi_m2248/is_n115_v29/ai_1...



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Matérias

Queen: uma interpretação da letra de Bohemian RhapsodyQueen
Uma interpretação da letra de "Bohemian Rhapsody"

Black Metal: o lado mais negro da cena brasileiraBlack Metal
O lado mais negro da cena brasileira


Sobre Luciano Dias

Luciano Dias nasceu em 1981. Médico, especialista em clínica médica e administração hospitalar. Natural de Santo André-SP e atualmente mora em São Paulo-SP. Fanático por NBA e NFL. Admirador de Iron Maiden, Gotthard, Bon Jovi, Bruce Springsteen, Journey, entre outros grandes artistas do mundo do rock. Também aprecia jazz e blues. Facebook

Mais matérias de Luciano Dias no Whiplash.Net.