Matérias Mais Lidas

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

Guns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e seu balde de frango na cabeçaGuns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e "seu balde de frango na cabeça"

Pitty tuíta que moda agora é ser roqueiro e apaga após Anitta e fãs reagiremPitty tuíta que "moda agora é ser roqueiro" e apaga após Anitta e fãs reagirem

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Roger Moreira explica por que é um dos únicos artistas que ainda defende BolsonaroRoger Moreira explica por que é "um dos únicos artistas" que ainda defende Bolsonaro

Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?

Titãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de TitanomaquiaTitãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de "Titanomaquia"

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME

The Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert SmithThe Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert Smith

Cannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metalCannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metal

Ghost: banda toca música inédita e revela novo visual de Papa Emeritus; confira vídeosGhost: banda toca música inédita e revela novo visual de Papa Emeritus; confira vídeos

Supla diz que pode se candidatar a algum cargo pelo PT nas eleições de 2022Supla diz que pode se candidatar a algum cargo pelo PT nas eleições de 2022

Lobão: o curioso personagem da Disney que inspirou seu nome artísticoLobão: o curioso personagem da Disney que inspirou seu nome artístico


Stamp

Almah: Pouco público e excelente show no Circo Voador

Resenha - Almah (Circo Voador, Rio de Janeiro, 08/09/2006)

Por Sylvia Helena D`Antonio
Em 12/09/06

Sexta-feira, dia 08 de setembro, no Circo Voador, Edu Falaschi apresentou seu projeto solo, Almah. Apesar de todos os empecilhos, foi muito bem sucedido. Empecilhos? Sim, a produção do evento demonstrou total, absurda, enorme falta de respeito com os músicos e com o público. Aí vai uma receita para fazer fracassar um evento: uma péssima divulgação de apenas alguns dias, os ingressos; começar a vender os ingressos dois dias antes; o show seria na sexta de um feriado emendado; como se não bastasse, a censura era de 18 anos. Junte tudo, e encontre duzentas e poucas pessoas, que apesar de tudo isso conseguiram descobrir e ir ao show. Alguns menores ainda tinham a esperança de conseguir entrar de alguma forma, mas ficaram do lado de fora.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fotos: Mauricio Von Abel

O show começou com algum atraso. Por volta das 23h30, a introdução de "Children of Lies" começa e Edu Falaschi (V/G), Tito Falaschi (B), Damian Tiguez (G) e Adriano Daga (D) entram no palco e a executam com muita vontade, logo seguida de "Break All Welds". O cover de Ozzy, "Perry Mason" rende destaque para Tiguez, que conseguiu extrair um excelente timbre e pegada. "Scary Zone" e "Golden Empire" na seqüência, mostraram quanto Almah deixa Falaschi confortável para cantar. Em seguida, a excelente "Breathe" se encaixou perfeitamente em sua voz.

Para dar um gostinho de Symbols ao público (afinal haviam três integrantes da banda no palco), "Eyes in Flames" caiu como uma luva, com destaque para os backs de Tito, e sua presença empolgante.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Dando início às participações especiais, para tocar "Rebirth", Edu chama ao palco seu companheiro de banda, Rafael Bittencourt, que faz a galera cantar junto! Cumprimentos e apresentações à parte, hora do solo de bateria. Adriano Daga deu conta, com um muito bom solo. Apenas um adendo: momentos solos de bateria, baixo, guitarra, ou qualquer outra coisa deveriam estar extintos de shows de metal normais, isso fica pros "malabaristas" instrumentais; tais momentos solos ocupam tempo que poderia ser bem gasto com outras músicas.

Com a velha piada de ajudar a banda novata, Edu chama novamente Rafael, e desta vez Renato Tribuzy para executar "Number Of The Beast", um cover meio batido para os vocalistas, que poderiam ter inovado um pouco, mas sendo um clássico, foi mais que eficiente para incendiar o público. Encerrando as participações, Edu faz algo tão raro quanto admirável, chama ao palco o roadie e guitarrista Rodrigo Fantoni (que também trabalha com o Angra e carreiras solos dos integrantes) para tocar "Nova Era", o que o mesmo faz com muita habilidade.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Pegasus Fantasy" foi de longe a música mais comemorada, aplaudida e divertida do show. Com acompanhamento da banda, e Edu cantando e tocando guitarra, todos cantaram juntos. Depois de tantos pedidos para ser executada nos shows do Angra, finalmente a vontade foi saciada.

O show foi encerrado com "Take Back your Spell" e a excelente e vigorosa "King".

Destaques deste show sem dúvida para o grande respeito da banda pelo pequeno público. Foi elogiável e notável o ânimo e a simpatia dos músicos no palco; nenhum desapontamento transpareceu. Edu Falaschi demonstrou uma boa performance, estando completamente confortável, solto e extrovertido. Naturalmente falhas ocorrem, mas nada tirou o brilho das músicas do Almah ao vivo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Set:
Children of lies
Break all Welds
Perry mason
Scary Zone
Golden empire
Breathe
Eyes In Flames
Rebirth (Rafael)
Drum Solo
Number of the beast (Rafael e Tribuzy)
Nova Era (Rodrigo Fantoni)
Pegasus Fantasy
Take Back your Spell
King

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Almah: Edu Falaschi não quis esperar para ter o sucesso do Angra, segundo empresárioAlmah: Edu Falaschi não quis esperar para ter o sucesso do Angra, segundo empresário

Edu Falaschi: vocalista foi diagnosticado com COVID-19Edu Falaschi: vocalista foi diagnosticado com COVID-19


Angra: a reação de Edu Falaschi ao saber que Marcelo Barbosa entraria para a bandaAngra: a reação de Edu Falaschi ao saber que Marcelo Barbosa entraria para a banda

Ed Motta: brasileiros que tocam no exterior discutem desabafoEd Motta: brasileiros que tocam no exterior discutem desabafo

Guns N' Roses: o brasileiro que quase assumiu a guitarraGuns N' Roses: o brasileiro que quase assumiu a guitarra


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Sylvia Helena D`Antonio

24 anos, carioca. Sylvia é luthier no Rio de Janeiro. Estudou luthieria na B&H Guitar Craft School, em São Paulo. Fez faculdade de Produção Fonográfica, e além de ter sua oficina no rio, atua também fazendo produção executiva e técnica de shows, roadie, guitartech, e stage manager free-lancer. Show é sua vida! Escuta rock desde 12 anos, e é uma "viúva" chorosa dos tempos áureos do Metallica. Curte desde Hard Rock até um bom Thrash Metal, com preferência para o Heavy Tradicional e Prog Metal. Bandas preferidas: Metallica, Megadeth, Dream Theater, Mr. Big, Angra, Dio... entre muitas outras.

Mais matérias de Sylvia Helena D`Antonio.