Aerosmith: "Comparações com os Stones costumavam nos chatear!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Beto Gonzaga, Fonte: LA City Beat
Enviar correções  |  Comentários  | 

Natalie Nichols do Los ANGELES CityBeat conduziu em outubro de 2006 uma entrevista com o guitarrista do Aerosmith Joe Perry. Parte da entrevista segue abaixo:

294 acessosSteven Tyler: "Dude (Looks Like A Lady)" com Caitlyn Jenner?5000 acessosHeavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiram

Los Angeles CityBeat: O Aerosmith começou numa era clássica do Rock N' Roll mas continuam populares até hoje, como vocês conseguem agradar a públicos tão diferentes?

Perry: Sem muitos problemas. Claramente um dos fatores que os une é a bebida. Essa é uma uma afinidade que quase todos eles têm. Nós reparamos muito isso nos anos 90, mas se você lembrar não era muito "cool" bandas como nós , que foram muito populares nos anos 80. Quando a cena alternativa apareceu, parecia inteligente não gostar daquelas bandas que passavam na MTV, e aquilo deu a eles um motivo de se distanciar disso. Isso acontece de dois em dois anos: fora com o velho, que venha o novo.

Los Angeles Ciitybeat: O blues parece ser o pilar da geração clássica do Rock N' Roll.

Perry: Tem aquela famosa frase do Muddy Waters que diz: "O Blues teve um filho e eles o chamaram de Rock N'Roll". O nascimento foi por volta dos anos 50, com Chuck Berry e Little Richard. A lista é bastante longa, mas aquelas poucas pessoas só tocaram o Blues mais rápido, e a coisa toda se expandiu daí. Toda a música pop que nós ouvimos hoje tem em suas raízes o Blues. Só passou mais tempo desde o nascimento, só isso. Mesmo o hip-hop é um descendente direto do blues. É uma musica urbana, "Diga do jeito que tem que ser dito" , "Eu sou Macho". E é dançante. É o que o Blues era.

Los Angeles CityBeat: Apesar do que acontece no mundo musical, o rock clássico continua a influenciar o jeito de se vestir e a atitude de muitos músicos contemporâneos.

Perry: As pessoas curtem Rock N'Roll por diversas razões. Existem algumas bandas que gostam apenas do mito de estar em uma banda de rock. E esses são os que vem e vão, porque eles não têm essência. Para mim, a grande razão era estar tocando. Eu simplesmente amo o que eu sinto quando estou tocando. Acima disso, tem a camaradagem de ter uma banda com você, caras que você pode realmente contar. É a sua pequena gangue. Nossa razão principal era fazer a melhor músca que podíamos, mas também queríamos algumas aventuras. A partir disso estava a possibilidade de se vestir como você quisesse e se inspirar em algumas pessoas que vieram antes de nós e por um pouco de você na coisa toda. É tudo parte daquela tradição Rock N' Roll que faz você se destacar um pouquinho.

Los Angeles CityBeat: As pessoas costumavam comparar bastante o Aerosmith com os Rolling Stones. Era justo?

Perry: Costumava nos chatear porque nós não soávamos muito como os Stones. Nós certamente os admirávamos e erámos influenciados pelos Stones, não há dúvidas nisso. Depois disso, eu percebi que era uma pobre comparação por causa de toda aquela coisa de Guitarrista/Vocalista. Aquele estereótipo que estavam começando a formar de nós. Mas ao mesmo tempo me orgulhava quando as pessoas diziam que nós lembrávamos os Yardbirds.

Leia a entrevista na íntegra no link abaixo.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de janeiro de 2017

Top 20Top 20
Os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR

294 acessosSteven Tyler: "Dude (Looks Like A Lady)" com Caitlyn Jenner?372 acessosLoja de Discos do Cassio: Aerosmith no Rock in Rio555 acessosAerosmith: tres vídeos retrospectivos de shows recentes0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Aerosmith"

AerosmithAerosmith
As músicas "ressuscitadas" da banda

AerosmithAerosmith
Conheça mais sobre a lei Steven Tyler

Joe CockerJoe Cocker
McCartney, Mustaine, Slash e outros comentam morte

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Aerosmith"

Heavy MetalHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram o estilo

MetromixMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Atores e músicaAtores e música
As bandas de Russell Crowe, Keanu Reeves e Bruce Willis

5000 acessosCannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher5000 acessosÁlbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock5000 acessosGaleria - Musas do Rock N' Roll e Heavy Metal5000 acessosTalento: pra quem tem, a idade é apenas um detalhe5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história3339 acessosNoisecreep: os 10 melhores álbuns duplo do rock

Sobre Beto Gonzaga

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online