Livro analisa Metallica sob ótica filosófica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Guilherme Carvalho, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/03/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A editora Blackwell acaba de lançar um livro chamado “Metallica e Filosofia”, que está sendo chamado de “um estudo provocativo da banda de metal do ‘homem pensante’”. Leia uma descrição do livro:

4337 acessosKirk Hammett: fiquei rico e sou generoso com os chegados5000 acessosCapas de disco: como seriam se fossem gifs animados

“Acerte os relâmpagos e pule no fogo (trocadilho com nomes de músicas do Metallica), você está prestes a entrar na Escola do Rock! A palestra de hoje será um curso intensivo em cirurgia de cérebro. Esta lição difícil e rápida é ensinada por instrutores graduados pela escola antiga - eles pagaram 5,98 dólares mesmo pelo EP $5,98. Mas antes desses professores de filosofia cortarem seus cabelos, eles eram tenentes da “Metal Militia”.”

“O Metallica é a banda de metal do ‘homem pensante’ e a CNN dos headbangers. Esnobes e críticos de música freqüentemente desconsideraram o Metallica como um simples barulho sem sentido; nós estamos aqui para dar a verdade sobre a coisa. ‘Perseguindo a verdade não importe onde estiver’, este livro considera questões que os filósofos vêm ponderando há anos, incluindo: A música do Metallica provoca uma catarse Aristotélica ou apenas faz os garotos ficarem pirados? ‘Fade do Black’ pode salvar você do suicídio? Estamos todos no ‘Sanitarium’ (sanatório)? Como podemos escapar para a liberdade? O que Nietzche pode nos dizer sobre o Deus que falhou? O que Descartes e ‘One’ podem nos dizer sobre o relacionamento entre corpo e mente? Lars fez uma discussão sobre som contra o Napster?”

“Metallica e Filosofia”:

- É um estudo provocativo sobre a banda de metal do ‘homem pensante’;

- Mapeia a conxeão entre Aristóteles, Nietzsche, Marx, Kierkegaard e o Metallica, para demonstrar a significância filosófica da banda;

- Usa temas do trabalho do Metallica para clarear tópicos como liberdade, verdade, identidade, existencialismo, questões sobre vida e morte, metafísica, epistemologia, o problema mente-corpo, moralidade, justiça, e o que devemos uns aos outros;

- Analisa o conteúdo da letras do Metallica, o relacionamento de Lars Ulrich com o Napster, e também o documentário “Some Kind of Monster”;

- Serve como guia para o pensamento através do trabalho de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos;

- Compilado pelo editor de “Seinfeld e a Filosofia: Um Livro Sobre o Tudo e o Nada” e “Os Simpsons e a Filosofia: O ‘Doh!’ de Homer”.

“O Metallica é bem mais que apenas uma banda, e esse livro é muito mais do que uma passagem de trem pela estrada da memória (outro trocadilho com nomes de músicas). É uma análise profunda da trilha sonora da sua vida. Então ligue seu CD player, acenda seu iPod ou, melhor ainda, bote pra rodar o velho vinil. Estamos indo para uma viagem com os quatro cavaleiros (trocadilho com nome de música), e alguns filósofos também.”

Comentou Scott Ian, guitarrista do Anthrax: “A mais elucidativa dissertação sobre o Metallica que já foi escrita. E uma puta leitura também!!!”

E as palavras de Joel McIver, autor de “Justice For All: A Verdade sobre o Metallica”: "‘Metallica e a Filosofia’ é o livro que finalmente dá para os headbangers favoritos de todo mundo o crédito por serem inteligentes, questionadores e até cerebrais.”

Para mais informações sobre o livro, acesse blackwellpublishing.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kirk HammettKirk Hammett
Fiquei rico e sou generoso com os chegados

570 acessosMetallica: vídeo oficial de "Fuel" em Orlando3227 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?1360 acessosMetallica: e se o "St.Anger" estivesse no "And Justice for All"?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

James HetfieldJames Hetfield
O álbum que ele volta e meia escuta novamente

MetallicaMetallica
Que músicas eles levariam a uma ilha deserta?

Metallica e GagaMetallica e Gaga
Para quebrar a República da Geração Mimimi

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Capas de discoCapas de disco
Como seriam se fossem GIFs animados

Roger MoreiraRoger Moreira
Resposta bem humorada a "crítica" no Agora é Tarde

Contra-baixoContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

5000 acessosRock: as dez lendas mais macabras do gênero5000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas5000 acessosMalmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista5000 acessosPortnoy: "Não precisa de uma calculadora para se divertir"5000 acessosTom Morello: Pagando de rockstar contra pequeno restaurante em Seattle5000 acessosDave Mustaine: o que ele acha da declaração de Kirk Hammett sobre sua saída?

Sobre Guilherme Carvalho

Gaúcho de Santiago, é redator em uma agência de propaganda de Florianópolis. Começou escutando o pai dedilhar Tom Jobim, Vinícius e Toquinho no violão, mas só teve um contato mais sério com o instrumento aos 18 anos. Hoje é um apaixonado por solos, guitarras e violões. Seu estilo preferido é o rock, mas escuta quase todo tipo de música, de Beatles a Arctic Monkeys, passando por Oasis, Iron Maiden, Wolfmother, Dream Theater, John Mayer, Maná, Scorpions, Gotan Project, Silverchair, Green Day, Guns 'N Roses, Jack Johnson, Jamiroquai, Kiss, Lenny Kravitz, Foo Fighters, Metallica e, é claro, guitar heroes, música nativista e bandas gaúchas.

Mais informações sobre Guilherme Carvalho

Mais matérias de Guilherme Carvalho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online