Deicide: "Glen Benton ainda está repleto de ódio"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar Correções  

Spiritech, do site Pyromusic.net, conversou recentemente com o baterista do DEICIDE, Steve Asheim, que falou sobre o novo álbum da banda, entre outros assuntos.

Considerando tudo o que aconteceu com Glen nos últimos anos, vocês poderiam ter escolhido outro título para o álbum que não fosse "Till Death Do Us Part" ["Até que a morte nos separe"]?

(Risos) "Acho que não. Você sabe, ele é quem cuida das letras e títulos, então eu sei qual é a dele, e ele é um cara um tanto ambíguo. Ele gosta bastante de jogar com as palavras e coisas do tipo. E, como você disse, sabendo de seu passado recente e o que está acontecendo com ele, essa foi uma escolha muito óbvia de temas e títulos".

publicidade

Legal. Então Glen tirou toda sua inspiração para as letras do novo álbum desse tipo de coisa ou ele procurou outros assuntos? (Nota – a entrevista foi feita antes de receber uma folha com as letras do álbum).

"Bem, todas as letras falam disso tudo que está acontecendo. É estranho, porque você ouve muitas pessoas falando mal do Glen, coisas do tipo: ‘Ah, ele é um satânico desgraçado’, a mesma baboseira de sempre. Isso é o que se costuma ouvir, certo? Enquanto isso... todos conhecem suas blasfêmias e a imagem satânica que sempre acompanha a banda e ele mesmo. Agora ele não está tão blasfemador no sentido anti-religioso, mas ele ainda está repleto de ódio, entende o que digo? É um ódio totalmente virulento. Eu acho que ele nunca mostrou tanto ódio quanto nas letras e vocais desse álbum".

publicidade

Leia a entrevista completa (em inglês) no pyromusic.net.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Deicide: resolva os problemas da sua vida com o baterista Steve AsheimDeicide
Resolva os problemas da sua vida com o baterista Steve Asheim

Deicide: Glen Benton promove vexame na DinamarcaDeicide
Glen Benton promove vexame na Dinamarca


Lemmy: Radiohead e Coldplay são bandas sub-emoLemmy
"Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"

Total Guitar: os melhores e piores covers da históriaTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin