Rhapsody Of Fire: Luca conta como surgiu "Sea Of Fate"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: rhapsodyoffire.com, Tradução
Enviar Correções  

No web-site oficial da banda italiana RHAPSODY OF FIRE foi conduzida uma entrevista exclusiva com o guitarrista e líder da banda, Luca Turilli; segue um trecho:

Qual a reação do público ao álbum "The Frozen Tears Of Angels"?

Luca: "Eu posso resumir em poucas palavras, estou pasmo!!! Com exceção do primeiro álbum, 'Legendary Tales', eu não me lembro de outro do Rhapsody que tenha sido tão bem recebido pelos fãs e a imprensa internacional. Eu quero agradecer em nome do Rhapsody Of Fire a todos os fãs e jornalistas que nos apoiaram todos estes anos e especialmente agora".

Pela primeira vez uma canção, do single "Sea Of Fate", foi composta por você, Alex Staropoli e Fabio Lione. Como isto aconteceu?

Luca: "Eu posso lhe contar uma pequena história sobre este evento. Eu e Fábio estavámos em um aeroporto alemão quando ele começou a cantar uma melodia que ele provavelmente usaria em alguma canção dele em um futuro álbum solo. Depois de te-la escutado várias vezes, eu falei que aquela tal melodia poderia perfeitamente ser usada em uma canção do nosso novo trabalho. Depois eu e o Alex compusemos o resto de 'Sea Of Fate', mas eu estou orgulhoso em dizer que a grande contribuição de Fábio é nada menos que o coro desta música. E então nós decidimos usar esta canção como música de abertura do novo álbum… o modo perfeito para se apresentar depois de tantos anos em que ainda estamos vivos, unidos e mais fortes que nunca!

O que eu quero acrescentar também é que Fábio não só compôs esta parte da música 'Sea Of Fate' mas também a parte final de 'Lost In Cold Dreams' (uma parte logo após o solo de guitarra) e o verso da faixa título 'The Frozen Tears Of Angels' junto comigo e Alex Staropoli.

Pra ser sincero não é a primeira vez que Fábio Lione compõe algo para o Rhapsody. A canção 'Il Canto Del Vento' foi completamente escrita por ele e entrou no álbum 'Triumph Of Agony', há alguns versos de algums canções antigas que estavam ligados principalmente na improvisação vocal dele e mesmo assim ele não quis colocar seus créditos, eu me lembro que ele ajudou a mim e ao Staropoli a compormos as melodias vocais de versos para as canções 'Erian’s Mystical Rhymes' e 'Gargoyles, Angels Of Darkness'."

A entrevista completa (em inglês) está no link abaixo:

http://www.rhapsodyoffire.com/news/44-exclusive-short-interv...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kamelot: shows no Brasil adiados para setembro com Turilli/Lione Rhapsody abrindoKamelot
Shows no Brasil adiados para setembro com Turilli/Lione Rhapsody abrindo


Heavy Metal: clipes de metal que marcaram uma geraçãoHeavy Metal
Clipes de metal que marcaram uma geração

Fabio Lione: sua opinião sobre diversos vocalistas famososFabio Lione
Sua opinião sobre diversos vocalistas famosos


Separados no nascimento: Ian Hill e Stênio GarciaSeparados no nascimento
Ian Hill e Stênio Garcia

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1983Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1983


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin