Orphaned Land: a emoção de abrir um show do Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/06/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em 22 de maio, os mestres israelenses do metal progressivo do ORPHANED LAND tocaram no estádio Ramat Gan, em Tel Aviv, como banda de abertura para o METALLICA. O vocalista Kobi Farhi comentou:

5000 acessosJim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse5000 acessosAxl Rose: como ele pegava todas as garotas que Slash conquistava

“Foi há 17 anos, em 1993, quando eu vi o METALLICA pela primeira vez. Haviam pouquíssimos shows de bandas de metal estrangeiras em Israel naquela época. Eu ainda me lembro daquele dia; eu tinha somente 17 anos de idade. A hora que eles tocaram ‘Fade to Black’ é com certeza o auge da minha juventude. O tempo passou e aqui estamos, dividindo o palco com os pais do metal.

O ORPHANED LAND já existe há 18 anos, nós conseguimos algum sucesso e rodamos o mundo em turnês. E ainda assim, eu não consigo me lembrar de quando eu fiquei tão ansioso e animado como naquele dia. O fato é que a mínima conversa que nós temos com os caras do METALLICA é um momento para se guardar. Eu sei que eles são só humanos, mas eles são nossos heróis de infância!

Essa é uma noite inesquecível e um grande fechamento para esse momento da minha juventude que eu tive com o METALLICA.

Infelizmente, nós assistimos apenas seis músicas do incrível show do METALLICA e então tivemos que correr para o aeroporto e pegar um voo para tocar no igualmente fantástico festival Rock Hard, na Alemanha.

Chegamos no domingo numa praça de shows incrível, num dia ensolarado e uma rara atmosfera, um tipo de grande reunião familiar metálica. Os fãs eram ótimos, nós também encontramos com muitos amigos que vieram, todos estavam vermelhos como tomate (por causa do sol) e o show foi uma festa incrível.

Obrigado, METALLICA!! Obrigado, Rock Hard Fest!!”

Um vídeo de Kobi Farhi e Yossi Sa’aron (Sassi – guitarra) do ORPHANED LAND falando sobre o show de 22 de maio no estádio Ramat Gan, em Tel Aviv, como banda de apoio para o METALLICA pode ser visto abaixo (cortesia do Orphaned Disciples).

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

O novo álbum do ORPHANED LAND, “The Never Ending Way of OrwarriOR”, vendeu cerca de 600 cópias nos EUA na semana de lançamento. O CD estreou na posição nº 80 da lista Top New Artist Albums, que mostra os álbuns mais vendidos por artistas novos e em ascensão, definidos como aqueles que nunca apareceram no Top 100 da Bilboard 200.

“The Never Ending Way of OrwarriOR” foi lançado na Europa em 25 de janeiro. Mixado por Steven Wilson (PORCUPINE TREE, OPETH), que é também responsável por várias partes dos teclados no novo CD, o álbum – que foi disponibilizado nos EUA em 9 de fevereiro via Century Media Records – é um álbum conceitual sofisticado, que leva a marca única da música pesada e exótica do ORPHANED LAND a novos horizontes em temos de complexidade e atração.

A arte do álbum foi criada por Zen Two and Native.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Orphaned Land"

OriginalidadeOriginalidade
10 Bandas ou Projetos Inusitados

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Orphaned Land"

Jim CarreyJim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl fanfarrão explica como pegava todas as garotas

LoudwireLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

5000 acessosUSA Today: as 20 maiores bandas de todos os tempos nos EUA5000 acessosMetal: Mapa revela os países com mais bandas do estilo5000 acessosMetal: 101 motivos para perceber que você ouve há muito tempo5000 acessosGuns N' Roses: Steven Adler diz que já deu, encerrou o assunto5000 acessosKurt Cobain: Gay, Sexismo, Punk e Metal Oitentista4322 acessosTom Araya: "você pode ouvir que Jeff não era parte do disco"

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online