Matérias Mais Lidas

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemAs 10 músicas mais estranhas do Guns N' Roses, em lista do Ultimate Classic Rock

imagemAs obscuras músicas favoritas do Red Hot Chili Peppers de John Frusciante

imagemMaranhão Open Air anuncia line-up com 24 bandas em dois dias

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemGene Simmons sobre o Ramones: "Punk nos EUA não significava nada"

imagemCinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte II

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemKiss: Fã de comédia romântica, Paul Stanley lista seus filmes preferidos

imagemBatera do Polyphia perde click e técnico salva marcando o tempo em sua perna

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemO hit do Engenheiros do Hawaii frequentemente confundido com confissão de aborto

imagemBlaze Bayley diz que um dos menores shows da carreira do Maiden foi o seu melhor

imagemIggor Cavalera relembra quando Max foi para delegacia e delegado palmeirense o salvou

imagemBruce Dickinson: curiosidades sobre a voz por trás do Iron Maiden


Stamp

Corey Taylor: vocalista fala sobre o seu livro

Por Alexandre Amorim de Paulo
Fonte: Gorilas de Marte
Em 12/09/10

Em julho a ExploreMusic conduziu uma entrevista com o vocalista das bandas Slipknot e Stone Sour, Corey Taylor.

Corey falou sobre o seu livro, intitulado "Corey Taylor’s Seven Deadly Sins (Os sete pecados capitais de Corey)", que será lançado no dia 1º de março de 2011. Leia abaixo trechos da entrevista com Corey:

Sou basicamente eu ironizando toda essa coisa de religião. Isso realmente está amarrado em torno do "Seven Deadly Sins" e como… minha interpretação dos sete pecados capitais basicamente não é um pecado no todo. Eles são humanos, caracteristicas que nós todos devemos compartilhar. Dessa maneira, esse é o tipo de coisa que conecta a nós todos – Nós somos todos excitados, famintos, nervosos, basicamente. Porém isso não é um pecado. Eles podem começar o pecado, porém o estimulo não é um pecado. Nós todos temos instintos animais no final do dia. Metade das vezes estou surpreso de como as pessoas podem amarrar seus malditos cadarços, porém isso não faz disso um pecado. E esse sou eu fazendo esse ponto de que você pode viver com esses estímulos, você pode viver com essa fome e continuar sendo uma boa pessoa, e eu balanço isso com algumas histórias do passado, e todos esses tipos de coisas que foram jogadas e, você sabe, isso foi lançado para o outro lado e, esperançosamente, eu sou uma boa pessoa para isso. Isso pode parecer um pouco engraçado, um pouco sério, porem isso é demais – eu acho – eu acho que isso é muito inteligentemente escrito e eu faço disso muito válido. Então lá vai você."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ExploreMusic: Para começar, porque você decidiu escrever um livro?

Isso foi algo que eu sempre quis fazer. Isso foi apenas outra peça da lista de coisas que eu tinha em minha cabeça de coisas que eu queria fazer, e por sorte, eu realmente tive um bom amigo que literalmente é um agente, que estava muito focado de eu estar fazendo um livro. A casa de publicação que eu decidi divulgar, De Capo Press, eles também estavam muito interessados, por que eles estavam, como, "você quer saber? Nós queremos publicar seu próprio livro. Nós queremos fazer isso. Nós queremos que você faça isso, e nós vamos ajudar você a fazer isso. Então isso foi muito legal. Eu tinha um monte de pessoas que estavam atrás de mim logo ali na saida do portão. Eu escrevi isso em um mês e meio… Eu acabei isso. Eu estou falando 75,000 paravras, 11 capitulos… Feitos! E eles estavam, como, ‘Você está muito a frente do cronograma. ‘ E eu estava, como, ‘Bom, vocês queriam isso. Eu quero dizer, isso é o que eu faço.’ Então eu escrevi isso. Durante a gravação do (novo album do Stone Sour) ‘Audio Secrecy’, quando eu não estava gravando, basicamente eu estava escrevendo. E eu aprontei tudo muito rápido. Então isso está sendo editado agora mesmo. Eu apenas tive o trabalho de arte junto; E eu estou fazendo uma triagem disso tudo. Porém eu estou travado. Isso vai ser lançado na próxima primavera, e… é apenas uma das coisas que eu tenho que fazer. E eles estão tão felizes com isso que eu já sei sobre o que vai ser meus próximos dois livros. Então isso é muito, muito legal.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

ExploreMusic: Eu estou interessado em ouvir seu argumento para "Não matarás."

Bom, ‘não matarás’ é uma recomendação; Isso não é um pecado peculiar. Os sete pecados capitais são gula, cobiça, luxúria, ira, inveja, preguiça e orgulho – Vaidade, basicamente. Esses são os sete pecados capitais, e nós todos sentimos eles, nós todos vivemos eles, nós todos temos esses dias que estamos com bastante preguiça, nós todos temos aqueles dias que apenas queremos comer tudo o que estiver em vista, Nós todos temos aqueles dias onde cada cada garota, ou cara, são inacreditavelmente sexys… Nós temos esses dias onde nós todos vivenciamos isso, e não à nada de errado nisso. Nós agimos conforme os sentimentos. Se você não pode lidar com isso, então você está no caminho errado. Porem eu vou ficar fodido se eu for deixar uma organização religiosa, me deixar mal sobre essas coisas que acontecem naturalmente. Vai se foder! Vocês não tem o controle suficiente do mundo? Vocês apenas poderia me deixar em paz e deixar eu viver minha vida? Se eu matar alguém, claro, me condene. Pronto, foi justo. Se não estou matando alguém, se não estou abusando de crianças, se não estou fazendo isso e fazendo aquilo, então dê o fora da minha vida.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Corey Taylor: ele quer a formação clássica do GNR de volta

Stone Sour: Ouça versão para clássico do Iron Maiden

Corey Taylor: Chester Bennington e Chris Cornell não eram covardes!

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Alexandre Amorim de Paulo

Simplesmente apaixonado por Heavy Metal, já tive alguns blogs sobre o tema, mas atualmente escrevo apenas para o Whiplash.net. Eclético dentro do Rock, minhas bandas preferidas variam de Slayer, Metallica, Amon Amarth, até Alice in Chains, Slipknot e Gojira. Contato: alex[email protected]

Mais matérias de Alexandre Amorim de Paulo.