John Lennon: Mel Gibson nega declaração polêmica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/04/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


2667 acessosPaul McCartney: meme para trollar igreja que condenou seu show5000 acessosArnaldo Jr: Colecionador de ítens relacionados ao Metallica

O ator MEL GIBSON negou as acusações de que ele teria dito que a lenda dos BEATLES, John Lennon, ‘mereceu ser assassinado’.

O ator de ‘Mad Max’ foi acusado de fazer uma série de declarações controversas pelo roteirista Joe Ezterhas, que trabalhou com Gibson no mal-fadado roteiro para o filme ‘The Macabees’.

Após ter sido divulgado que a produção tinha sido engavetada, uma carta escrita por Ezterhas foi obtida pelo site The Wrap na qual ele teria feito uma séria de acusações sérias sobre o comportamento de Gibson, incluindo alegação de anti-semitismo.

Ele também afirmou que Gibson teria dito: “Estou feliz que ele esteja morto. Ele mereceu ser assassinado. Ele era messiânico pra cacete! Ouça às músicas dele. ‘Imagine’. Eu odeio aquela porra daquela música. Fico feliz que ele esteja morto.”

Entretanto, de acordo com o site TMZ, Gibson rebateu as acusações feitas por Ezterhas, com uma fonte dizendo que ‘não é incomum ouvir músicas dos Beatles na casa de Gibson’.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Paul McCartneyPaul McCartney
Usando meme para trollar igreja que condenou seu show

370 acessosThe Beatles: canal oficial do youtube publica vídeo de "Hey Bulldog"1656 acessosVinil: os 10 discos mais caros do mundo1520 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Paul McCartneyPaul McCartney
O dia em que ele deu um soco na cara de Eddie Vedder

Top 500Top 500
As melhores músicas da história segundo a Rolling Stone

Qualidade duvidosaQualidade duvidosa
Os mais vendidos em 30 anos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "John Lennon"

Collectors RoomCollectors Room
Coleção de Metallica com 16 versões apenas do "Ride"

MetallicaMetallica
A evolução de James Hetfield ao longo dos anos

Hard RockHard Rock
As bandas do gênero que ficaram para trás

5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosTradução - Dark Side Of The Moon - Pink Floyd5000 acessosMetallica: Lars sabe que os fãs não gostam do St. Anger4514 acessosTop 5 de Filmes: O Estranho Mundo de Rob Zombie3030 acessosLed Zeppelin: Pole Dance ao som de "I Can't Quit You Baby"5000 acessosAxl: chatice e as estranhas festas para impressionar o Metallica

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online