Bee Gees: versões pesadas de Ozzy, Faith No More e Tragedy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Breno Airan, Fonte: Rock na Velha
Enviar correções  |  Ver Acessos


Os roqueiros devem muito a gêneros anteriores, como o jazz, o blues e o country. Mas, ainda assim, correndo lado a lado, várias nuances musicais apareceram ao longo das décadas enquanto o Hard Rock e o Heavy Metal cresciam.

Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVLemmy Kilmister: "Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

A Disco Music foi um desses estilos. O trio Bee Gees fez bastante sucesso nos anos 1960 e 1970, com hits como "Staying Alive", "How Deep Is Your Love" e "I Started A Joke".

Como forma de tributo, eis aqui algumas das canções em versões mais, digamos, pesadas...

O príncipe das trevas Ozzy Osbourne e Dweezil Zappa, nas guitarras:

O Glam Metal apurado do Tragedy:

E Mike Patton e sua trupe do Faith No More:

Por que destacamos matérias antigas?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Covers e Versões"


Pantera: um cover inusitado para o clássico WalkPantera
Um cover inusitado para o clássico "Walk"

Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

Metallica: Enter Sandman em uma versão smooth jazzMetallica
"Enter Sandman" em uma versão smooth jazz


Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVMetallica
James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV

Lemmy Kilmister: Esta coisa de Black Metal me faz rir!Lemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

Musas do Metal: as bandas que elas ouvem quando estão em casaMusas do Metal
As bandas que elas ouvem quando estão em casa

Muito antes do Led Zeppelin: A origem da guitarra gêmeaSexo e Rock and Roll: músicas com conotação sexualZakk Wylde: o interesse de participar de uma reunião do PanteraRage Against the Machine: é um milagre terem feito quatro álbuns, declara Tom Morello

Sobre Breno Airan

Acima de tudo, um forte. Ser roqueiro no Nordeste é estar cercado de olhares de soslaio. Mas ele sabe ser simpático. Começou a escutar Heavy Metal ainda na barriga da mãe. A seu pai, uma verdadeira enciclopédia do estilo, deve tudo. Aos 14 anos, pediu para uma tia R$ 12 de presente de Natal, foi a uma loja de CDs usados e catou logo o "Rust in Peace", do Megadeth - em perfeito estado, inclusive. Daí por diante, a paixão só vem aumentando. É editor do blog Rock na Velha, integrante do blog Combe do Iommi e colaborador da revista alagoana Rock Meeting. Ainda tem tempo para ser jornalista e de tocar baixo em sua banda de Hard Rock, a Azul Manteiga.

Mais matérias de Breno Airan no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336