Dr. Feelgood: guitarrista com câncer terminal tocará até morrer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: ents24
Enviar Correções  

Wilko Johnson, líder do DR. FEELGOOD, uma banda que exerceu bastante influência no surgimento do punk britânico, iniciará dia 6 de março uma mini-turnê de cinco shows de despedida (que devem ser os últimos de sua vida). O músico, de 65 anos, foi diagnosticado com câncer terminal e decidiu que não fará tratamento, se despedindo dos fãs, da música e desta existência em uma série de quatro shows no Reino Unido.

publicidade

O músico também fez parte do THE BLOCKHEADS, em 1980 e, mais tarde, lançou uma série de álbuns com The WILKO JOHNSON BAND.

publicidade


Johnson também teve participações nas séries "Oil City Confidential" e "Game of Thrones", da HBO. É seu personagem que corta a cabeça de Eddad Stark (Sean Bean) no último capítulo da primeira temporada.

Robert Roy, manager do músico, disse no Facebook que os shows de despedida "darão oportunidade para Wilko expressar a sua sincera gratidão aos fãs por todo o apoio recebido ao longo da carreira".

publicidade

Os shows da "Farewell Tour" acontecerão em Londres, Wolverhampton, Holmfirth, Glasgow e, novamente, em Londres, de 6 a 10 de março. Quatro shows já estão com ingressos limitados.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Slipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey TaylorSlipknot
Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin