Dosol: anunciada a décima edição do festival

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar Correções  

De 08 a 23 de novembro teremos mais uma edição do Festival Dosol, espalhado pelas cidades de Natal, Mossoró e Caicó. Muito nos orgulha chegar em mais um período do Festival que esse ano completa 10 edições com patrocínio da Petrobras (direto) e da Oi (através da Lei Câmara Cascudo).

publicidade

Passou rápido e não sai da memória os incríveis momentos que o festival já proporcionou aos fãs de música da cidade (a gente incluso). Aquele primeiro ano no saudoso Blackout reunindo dez artistas locais lá em 2002. Depois o passo decisivo de fazer a atividade ampliada e com bandas de outras cidades em 2005 ocupando o Largo da Rua Chile. Em 2007 rumando pro formato atual ocupando diversos galpões da Rua Chile e estreando um case internacional dentro do festival que já consegue reunir nomes como NATION BLUE (Austrália), THE DONNAS (EUA), PULVERHUND (Noruega), DANKO JONES (Canadá), EXPLOITED (EUA), TORMENTOS (Argentina), GUACHASS (Uruguai), CONQUEST FOR DEATH (EUA), MARKY RAMONE'S BLITSKRIEG (EUA), SATAN DEALERS (Argentina), FALSOS CONEJOS (Argentina), SILVERADOS (Uruguai), TRUCKFIGHTERS (Suécia), THE SLACKERS (EUA), entre outros.

publicidade

Em texto é impossível narrar todos os momentos marcantes que passamos, mas temos certeza que está na memória afetiva de cada pessoa que já esteve (e continua indo) em alguma edição do Festival Dosol.

Neste ano de comemoração a primeira coisa a fazer é saudar nossa saúde como atividade. Cada edição que vai para rua é uma vitória por si só. Pra nós um feito que dá muito trabalho de se conseguir, nos enche de orgulho e energia para seguir fazendo o que fazemos. Manter essa edição em três cidades do RN também nos renova, abre horizontes e ajuda a gente a entender as coisas fora do âmbito do macro, do centro, da capital. É no dia-a-dia da nossa vivência com música que o Festival Dosol vai sendo formatado ano após ano.

publicidade

Novidades para edição de 2013, edição comemorativa de 10 anos? Sim, algumas! A primeira é com relação ao acesso. As atividades do Festival Dosol em Natal vão custar R$5,00 o dia. Isso mesmo, R$5,00. Esforço enorme que estamos fazendo para devolver aos fãs de música o carinho que eles sempre tiveram com o festival e as bandas que nele tocam. Em Caicó e Mossoró o acesso vai ser 100% gratuito.

publicidade

Não sabemos ao certo, mas com certeza mais de 50 bandas estarão em ação no festival, seguindo a linha de sempre: banda potiguares aos montes, bandas de toda as regiões do país e alguns artistas internacionais. Repetiremos também alguns shows clássicos que já fizemos por aqui, três deles podemos dizer aqui nesse texto: AUTORAMAS, MQN e MUKEKA DI RATO.

publicidade

Por último como novidade dessa edição está o lançamento do Livro "Dosol: 10 anos de Música", material que contará a história dos primeiros dez anos de vida do Dosol, altamente ilustrado, com textos, entrevistas, o mais completo possível para guardarmos com documento histórico desse período trabalhoso e muito rico da história da música potiguar.

publicidade

Salve a data: de 08 a 23 de novembro em Natal, Caicó e Mossoró tem Festival Dosol, Dez Anos. A festa é toda de vocês. Fã de música, nos vemos no rock!




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: quais as 10 melhores vozes da história?Heavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

Fotos de Infância: Avril LavigneFotos de Infância
Avril Lavigne


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin