Dave Mustaine: "Muitas bandas agem de forma estúpida"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Ben Smith do Tuner do VH1.com, conduziu em agosto de 2013 uma entrevista com o frontman do MEGADETH, Dave Mustaine. Alguns trechos desta conversa estão disponíveis abaixo.

153 acessosFuturo Headbanger: Pai homenageia Lemmy e Mustaine em nome do Filho5000 acessosMilhões: Os eventos com maior público da história da música

Vh1.com: Você acha que o Metal continuamente não recebe o respeito que merece?

Mustaine: "Você tem que olhar para os participantes dele. Para sua própria perda, muitas das bandas de heavy metal agem de forma estúpida. 'Ei, cara, duh'. Se você quer ser tratado com inteligência, aja com inteligência. Eu lembro de várias oportunidades que eu tive para fazer coberturas para diferentes shows ou coisas assim, com todo o processo político. As pessoas esquecem disso. Você não tem que ser tipo: 'Ei, Foda-se, cara' Para ser legal. Eu acho que o rock 'n'roll e o heavy metal são sobre a rebelião e se todos acham que você é um estúpido rebelado, seja esperto. Muitas das bandas que são de thrash e speed metal eram anti-autoritárias, anti-estabelecimentos, mas também há várias que tocavam um metal sobre mitologia e levaram ao extremo com o death e black metal. Eu não tenho nada contra isso. Eu só acho que foi aí que começou a se abrir a teia de aranha de todos estes fragmentos do metal. Pense sobre isso, há dúzias e dúzias de tipos de metal. Para mim, tudo é metal. É basicamente como você canta. A maioria destas bandas de black e death metal tem ótimos músicos, mas as pessoas não as levam a sério por causa de seu conteúdo lírico. Eu acho que as pessoas que querem apelar às massas, você tem que cantar sobre o que está acontecendo em tempo real no mundo ou você tem que falar sobre o que está acontecendo emocionalmente com as pessoas, ou você tem que falar sobre coisas que são altamente emocionais com as pessoas em seu mundo pessoal. Se não, é como 'Purple Rain', quando o cara olha para o Prince, e dize: 'A única pessoa que entende sua música é você mesmo.' Esta é uma das frases favoritas em qualquer filme sobre música, porque você pode facilmente perde o rumo."

VH1.com: Crescer nos anos 1980 e ouvir às bandas de thrash metal e hardcore, quando uma das bandas recebe qualquer tipo de reconhecimento pelo maior e mais comercial mundo da música, é um grande acontecimento, porque estas bandas importam para os fãs. Não vejo tanto isto nos dias de hoje. Estas novas bandas ainda importam como importavam naquela época?

Mustaine: Eu acho que a coisa é que não existe esta cultura de comunidade. Não é somente com a comunidade de metal, é com as pessoas em geral. As pessoas em geral tem um senso de posse agora, como se as pessoas lhes devessem algo. Você está na turnê e tem vários incidentes quando há bandas que não são ninguém e agem como se estivessem como headline sobre a gente e é tipo, não seja idiota. Esta é uma boa atitude para se levar, mas não cuspa onde come. É estranho como as pessoas, por causa dos programas de edição digitais, e do quão fácil você consegue fazer uma música em um computador, perdem o foco de que isto não faz de você um músico, isto não necessariamente significa que você tem uma grande banda. Você pode ter três ou quatro caras tocando música e um músico e você pode sair e fazer coisas como estas celebridades que tem carreiras de atuação, mas tem uma banda com alguns idiota. Quando você entrar em uma banda com vários músicos e uma estrela, é aí que as coisas começam a acontecer. E se você está cercado de pessoas que vão se tornar estrelas, isto força o líder a se tornar mais do que isto, quando você é levado a um status de superstar ou lendário. E o problema é que todos estão vivendo o problema com o Instagram e Twitter, e Facebook, é que todos sabem tudo sobre todos. Nós estamos nos exibindo tanto e tudo trata de nosso exterior. Você vê alguém e acha que está tudo certo, mas não sabe o que está acontecendo com eles. Você vê uma destas bandas que acham que merecem estas coisas, que querem ser como nós. Bem, você tem que trabalhar para isto. É chamado fazer por onde. Se você fizer por onde e merecer, as pessoas vai lhe tratar com respeito."

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MegadethMegadeth
Para cumprir tabela, banda faz um show curto em São Paulo

153 acessosFuturo Headbanger: Pai homenageia Lemmy e Mustaine em nome do Filho21 acessosEm 01/12/1957: Nasce Chris Poland (Megadeth)2477 acessosMarty Friedman: por que ele prefere comer vidro que ouvir Hendrix?39 acessosEm 23/11/1972: Chris Adler (Lamb Of God, Megadeth)3439 acessosNando Moura: a trolagem do Megadeth e o Top 5 do Kiko Loureiro0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

David EllefsonDavid Ellefson
Quem é o maior baixista de metal da história?

Em vídeoEm vídeo
Ouça James Hetfield cantando Megadeth

MegadethMegadeth
em vídeo, Mustaine puto por ter sido interrompido por um "monte de merda"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"


MilhõesMilhões
Os eventos com maior público da história da música

Em 11/10/1996Em 11/10/1996
Morre Renato Russo, da banda Legião Urbana

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal

5000 acessosSlash: guitarrista escolhe seus riffs favoritos5000 acessosNirvana: quem é o bebê da capa de Nevermind?5000 acessosAs tatuagens de Rob Halford5000 acessosMetallica: Jason Newsted afirma que salvou a banda duas vezes5000 acessosKiss: Peter Criss teve câncer de mama5000 acessosAppetite For Destruction: leia resenha britânica de 1987

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 18 de abril de 2017


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online