Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post

imagemAC/DC: Angus Young comenta a capa de "Highway to Hell" e a morte de Bon Scott

imagemRafael Bittencourt, do Angra, explica por quê está usando unhas postiças


Stamp

Tarja: fã de Jogos Mortais, A7x, Alice in Chains e Disturbed

Por Marcelo Araújo
Fonte: Ogro Do Metal
Em 11/12/13

A cantora finlandesa Tarja Turunen concedeu recentemente uma entrevista para o site CrypticRock.com e falou sobre diversos assuntos, entre eles, a inclusão da música "Darkness" no álbum "Colours In The Dark", suas influências musicais e seu filme de terror favorito. Acompanhe abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

CR: Neste seu último álbum, você optou por fazer um cover da canção "Darkness", originalmente lançada por Peter Gabriel em 2002. É uma grande interpretação. Diga-me o que fez você decidir gravar esta faixa?

Tarja: Eu amo a música e Peter Gabriel. Eu sou uma grande fã dele, tenho todos os seus discos e acompanho sua carreira desde os seus tempos no Gênesis. Este tipo de canção se destacou em seus álbuns por causa da letra. Eu caí de amor pelo clima que essa música proporciona. Eu sabia que se fosse fazer um cover de alguma canção dele, essa seria a escolhida. A letra fala sobre os nossos medos, e que não devemos deixar ele nos vencer. Eu tenho tentado ser assim, eu realmente venho lutando para não ter medo de quem eu sou ou do que eu faço. Nem mesmo quando eu escrevo as canções eu penso no meu público ou de que maneira eu escrevo, eu escrevo para mim mesma. Eu estou saindo daquela caixa de insegurança quando se trata de escrever e mostrar o meu trabalho. Eu sou muito tímida em apresentar meu trabalho. Esse é o meu medo e eu vou superar isso. O cover de "Darkness" tem muito a ver com isso. Eu fiz questão de ter essa música lá por causa disso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

CR: Foi uma grande escolha, não tenha dúvida. Quais são as suas influências musicais?

Tarja: Trilhas sonoras de filmes são muito importantes para mim. Na verdade, eu estou ouvindo mais bandas de Metal americanas do que bandas de Metal da Europa. O sabor americano no Metal me faz voar e me dá energia. Adoro o peso da guitarra e o ritmo. Bandas como Avenged Sevenfold, Alice In Chains, Disturbed, e outras nesse estilo, são realmente influências para mim.

CR: É bom ser diversificada em seus gostos musicais. Minha última pergunta para você é sobre filmes. Você é um fã de filmes de terror, e em caso afirmativo, quais são alguns dos seus filmes favoritos?

Tarja: Jogos Mortais (2004), na verdade, isso é algo que eu amo. Todos os filmes da franquia são loucos. É tão horrível, tão horrível, que para assistir, você tem que cobrir os olhos (risos).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nota: Vale lembrar que A canção "Die Dead Enough" do Megadeth, foi originalmente prevista para fazer parte da trilha sonora do filme Jogos Mortais, mas não foi utilizada por motivos nunca revelados.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Nightwish: Marido de Tarja responde a 150 perguntas dos fãs



Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N' Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo.