Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

A modelo e comunicadora paulistana JACQUELINE FACCIO LOPES, a mais conhecida ‘Suicide Girl’ brasileira, realizou em maio de 2014, uma homenagem que há muito queria fazer: uma tatuagem em tributo a uma de suas bandas favoritas, o MÖTLEY CRÜE.

publicidade

Para tanto, Jacqueline escolheu o título de um dos maiores sucessos da banda – e segundo o próprio NIKKI SIXX, a música que define a banda – ‘Live Wire’, faixa oriunda do álbum "Too Fast For Love", o primeiro da discografia dos decanos do hard rock angeleno. O nome da faixa foi tatuado no derriére, num trabalho estilizado cujo resultado final pode ser apreciado na foto abaixo, assim como um pequeno vídeo do ‘making of’ da pintura.

publicidade

publicidade

Essa não foi a primeira homenagem de tinta sobre pele que a modelo fez a uma banda de sua predileção. Em sua silhueta fartamente ilustrada, Jacqueline já tivera gravado a emblemática mascote Snaggletooth do MOTÖRHEAD no peito de seus dois pés, o acrônimo de "F.I.N.E.", faixa do álbum "Pump" do AEROSMITH [e,de acordo com o encarte do álbum, quer dizer "Fucked Up, Insecure, Neurotic, and Emotional", elaborado em forma de acróstico sobre as costelas], o fósforo aceso da capa – assim como o resultado de sua combustão na contracapa - do LP ao vivo "Flashpoint" dos ROLLING STONES na porção superior central de seu perímetro abdominal fazendo par com a já mística boca com a língua para fora desenhada pelo artista plástico John Pasche para o grupo londrino em 1970. Ainda homenageando o quinteto, lê-se "It’s Only Rock N’ Roll", faixa-título de um long play de 1974, nas costas e "Don’t Stop" – single oriundo da compilação "Forty Licks", de 2002 – em seu baixo ventre.

publicidade

Foto: Nicolas Lupetti
Foto: Nicolas Lupetti

publicidade

Curiosamente, ao saudar o Mötley Crüe com "Live Wire", Jacqueline acabou por prestar uma segunda honraria ao AC/DC, que já marcava presença em seu cóccix com a inscrição "High Voltage", nome do primeiro disco dos áustralo-escoceses a ser distribuído internacionalmente, no ano de 1976. "Live Wire" é também o nome de uma das trilhas de sulcos do álbum "T.N.T.", de 1975.

publicidade

Jacqueline pode ser contatada para trabalhos de modelo através de seu Instagram e ou de sua página no Facebook, ‘Jacqueline Suicide’. O perfil dela no site das Suicide Girls pode ser acessado através da URL abaixo.

https://suicidegirls.com/girls/Jacqueline

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Galeria: Musas do Rock e Heavy MetalGaleria
Musas do Rock e Heavy Metal

Motorhead: perguntas dos fãs respondidas por LemmyMotorhead
Perguntas dos fãs respondidas por Lemmy


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin