N.W.O.T.H.M.: o que é New Wave Of Traditional Heavy Metal?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedro Zupo, Fonte: True Highlanders Fanzine
Enviar correções  |  Ver Acessos

Por Marcus Headbanging Man

Surgindo silencioso, calado e longe dos grandes e gananciosos olhos da mídia mainstream, distante até mesmo das publicações e imprensa exclusivamente especializada em Rock N Roll/Heavy Metal, que em sua imensa maioria nem sabem da existência das bandas que compõem este novo, porém fiel e enraizado movimento musical, trilhando seu caminho no subterrâneo do mundo sonoro, de uma maneira totalmente independente e auto sustentável, uma história nova, de homenagem e amor por seus ídolos, essa é a N.W.O.T.H.M. - New Wave Of Traditional Heavy Metal (Nova Onda do Heavy Metal Tradicional).

Dave Mustaine: 10 coisas que você não sabia sobre eleManowar: o dia em que a banda arregou pro Twisted Sister

Correntes, pregos, couro, cintos de bala de fuzil, jaquetas com patches de Blitzkrieg, Venom, Cloven Hoof, Tokyo Blade, Cirith Ungol, TANK, Vicious Rumors, Angel Witch..., calças coladas, tênis de cano alto e uma sonoridade calcada e totalmente enraizada na mais pura essência do Heavy Metal,...não meus amigos não estou me referido as bandas nos anos 80 não, isso tudo está acontecendo agora mesmo em pleno ano 2014/15. Estamos definitivamente diante de um forte e determinado movimento de bandas que surge simultaneamente no mundo inteiro, numa sincronia absurda e real, onde as mesmas reergueram, mantém de pé e defendem a todo custo a bandeira do Heavy Metal Tradicional. Talvez tudo isso tenha iniciado baseado no fragmento de paixão e saudosismo deixado pelas clássicas bandas dos anos 80 em seus fãs, ou uma nova geração de fãs que nunca se rendeu as tendências e sonoridades do Metal atual, e decidiram definitivamente "nadar contra a maré" e homenagear seus antigos ídolos, não tentando substitui-los (o que seria impossível) mas dando uma forma de prosseguimento ao legado de grandes obras que foram lançadas nos tempos da N.W.O.B.H.M.

No final dos anos 70 surgiu na Inglaterra o tão cultuado movimento N.W.O.B.H.M, com bandas de Heavy Metal surgindo das mais diversas cidades e classes sociais inglesas, e mesmo com uma proposta um pouco similar, possuíam sonoridade bem distinta, a carreira da grande maioria dessas bandas findou ainda no final dos anos oitenta, outras poucas prosseguiram, tivemos então praticamente um hiato de mais de dez anos desse tipo de sonoridade, então desde o fim da primeira metade dos anos 00 tem surgindo "sangue novo", disposto a retomar exatamente de onde parou e da mesma forma, aquela sonoridade oitentista, surgindo não em apenas um país especificamente, mas no mundo inteiro, bandas com a postura e som que nos remetem aos medalhões da N.W.O.B.H.M 80'.

Dominus Praelii, Ambush, Stallion, Bullet, Skull Fist, Haze Hamlet, RAM, Alpha Tiger, Axxion, Denin and Leather, Hellish War, Iron Spell, Enforcer, Battalion, Helvetets Port, Steel Sentinel, Comando Nuclear, Ruler, High Spirits, Midnight Priest, Frade Negro, Iron Curtain, Steelwing, Cauldron...são apenas alguns dos principais representantes deste movimento carregado de felling, paixão e homenagem a suas bandas preferidas. Esta resenha/matéria tem como intuito informar sobre o movimento, mas além disso e principalmente, servir como base de referência a quem é fã desta linha de som, mas ainda não está muito familiarizado com estes novos nomes, e seus novos discos, sendo assim, vamos dar uma boa revisada, com calma, nestes principais representante, seus materiais mais expressivos, ano de lançamento e país de origem de cada um deles, repassando um pouco da trajetória de um por um, num trabalho de pesquisa mais aprofundado e preciso.

ALGUNS REPRESENTANTE DA N.W.O.T.H.M. DO BRASIL

Temos como um dos precursores desse tipo de sonoridade no Brasil a banda Dominus Praelii de Londrina, Paraná, que tem como principais lançamentos Holding the Flag of War (2002), Bastards and Killers (2006) e Keep the Resistance (2010), também do Paraná temos o Haze Hamlet com os discos Forging Metal (2009) e Full Throttle (2013). Um pouco mais antiga, formada em 1992, mas que segue uma proposta similar, o Denim and Leather com seu único disco Watch Out!!! (2008), também do estado de São Paulo temos o Comando Nuclear com seus álbuns Batalhão Infernal (2006) e Guerreiros da Noite (2011), outros representantes paulistas são o Hellish War, formada em 1995 em Campinas, seus discos são, Defender of Metal (2001), Heroes of Tomorrow (2008) e Keep It Hellish (2013), e o Fire Strike com seu EP Lion and Tiger, temos também a nova banda sem registro de gravação ainda, Metaltex, da capital paulista. De Santa Catarina temos o Battalion com seu altamente pesado Empire Of Dead (2013) e a banda Frade Negro com seu único full álbum Black Souls In The Abyss (2012), arte esta feita por Ed Repka. De Contagem, Minas Gerais, temos o Grey Wolf com seu full álbum auto intitulado de 2014, simplesmente Heavy Metal puro, nada mais. Um pouco mais ao Oeste, formada na nossa capital Brasília - DF em 2004, temos o Blazing Dog com seu único full, Metallic Beast (2009). Diretamente de Campina Grande - Paraíba, temos o lançamento de um dos melhores e mais inspirados EPs da história do Metal nacional, EP - Pássaro Sem Domínio da banda Vinculum, simplesmente sensacional, pesado, riffado, inspirado, cantado em português...um registro histórico.

ALGUNS REPRESENTANTES DA N.W.O.T.H.M. DA EUROPA

Oriundos da Alemanha temos o Stallion com seu novo álbum e ótimo Rise and Ride (2014) e o Alpha Tiger com seus álbuns, Man or Machine (2011) e Beneath the Surface (2013), subindo um pouco no continente Europeu, da Suécia vem o já consagrado Ambush com um disco já clássico do gênero, Firestorm (2014), também o Bullet com seus álbuns Heading for the Top (2006), Bite the Bullet (2008), Highway Pirates (2011), Full Pull (2012) e Storm of Blades (2014), também da Suécia o Steelwings com seus Lord of the Wasteland (2010) e Zone of Alienation (2012), e ainda das terras gelidas e metálicas da Suécia ainda temos o RAM com Forced Entry (2005), Lightbringer (2009) e Death (2012) e o Helvetets Port com seu único full até o momento Exodus to Hell (2009). A Suécia é incrível, e ainda nos brinda com um dos principais e mais inspirados representantes do gênero, o Enforcer, diretamente de Stockholmo com Into the Night (2008), Diamonds (2010) e Death by Fire (2013). Um pouco mais ao sul Europeu da Itália vem o Walpurgis Night com o Under the Moonlight (2011), e o Ruler com seus discos Evil Nightmares (2012) e Rise to Power (2013). Da Espanha temos o Iron Curtain com seus Road to Hell (2012) e Jaguar Spirit (2013), e de Coimbra, Portugal, vem o Midnight Priest com seus dois discaços Midnight Priest (2011) e Midnight Steel (2014). De Atenas, Grécia, vem o Dexter Ward com um dos melhores lançamentos do movimento, Neon Lights (2011).

ALGUNS REPRESENTANTES DA NWOTHM DA AMÉRICA DO NORTE, CENTRAL e SUL

Do Canadá vem outro dos principais nomes, o Skull Fist, com seu incrível EP Heavier Than Metal (2010) e os full álbuns Head öf the Pack (2011) e Chasing the Dream (2014), também de Toronto, Canadá, temos o Axxion com seu único e ótimo Wild Racer (2013), ainda do gelo canadense surgiu também o Cauldron com seus álbuns Chained to the Nite (2009), Burning Fortune (2011) e Tomorrow's Lost (2012). Um pouco mais ao sul no continente Americano, de Chicago, EUA, temos o High Spirits, com dois ótimos discos, Another Night (2011) e You Are Here (2014). E vamos viajando ao som do mais puro Heavy Metal para o sul até Cancún no México, de onde vem o Steel Sentinel, com EP Feel the Power of Metal, simplismente matador. Do Chile temos o Iron Spell com sua demo Heavy Metal Witchcraft, muito bem recebida e compartilhada pelos fãs no underground.

Nos saudosos anos 80, houve muita informação em pouco tempo, estilos foram criados um após o outro e o Heavy Metal não teve o tempo necessário para mostrar todas as suas facetas. A evolução que veio a seguir não era a esperada, e as mudanças, influenciadas por diversas sonoridades e pela demanda por novidade, descaracterizaram muitas bandas e determinaram o fim de um número generoso de outras. A NWOTHM é o movimento mais legítimo/genuíno que surgiu em décadas. Nos dias de hoje, com quase tudo que podia ser criado em termos de metal já devidamente apresentado ao público, o bom e velho Heavy Metal no seu mais puro e tradicional estado, pode desfilar toda a sua grandiosidade e inspiração sem se preocupar e completamente alheio as imposições de um mercado sedento por inovação e lucratividade.

O estilo hoje, possui seus fãs fieis e fervorosos, e felizmente essa nova geração não nasceu com um prazo de validade curto. Finalmente conheceremos o desenrolar de uma história que foi concebida há 36 anos atrás. Que essas novas bandas possam gozar de trajetórias longas e proveitosas, concebendo pérolas tão inquestionáveis quanto as que as influenciaram e registrando hoje o que virão a ser os discos clássicos no futuro.

Então esta matéria servirá como base de pesquisa e referencial para quem ainda não está familiarizado com esses novos nomes, dessas novas bandas e seus discos, e fica essa dica/alerta para quem tem o mal "costume/hábito" de afirmar que "o Rock N Roll já morreu", "o Heavy Metal é um estilo que vive do passado" ou "não temos mais boas bandas no cenário",...meu amigo antes de abrir a boca pra evacuar tal ignorância, vá ler, se informar sobre,...comece estudando e ouvindo sobre as bandas constadas nesta matéria, pois você que diz tais coisas, nem imagina o quão enganado está.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Notícias

Dave Mustaine: 10 coisas que você não sabia sobre eleDave Mustaine
10 coisas que você não sabia sobre ele

Manowar: o dia em que a banda arregou pro Twisted SisterManowar
O dia em que a banda arregou pro Twisted Sister

Andre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?Andre Matos
O que ele faria se fosse mulher por um dia?

Kiko Loureiro: ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD soloKiko Loureiro
Ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD solo

Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

Vivian Campbell: tocar com Dio foi como tocar com um padrastoVivian Campbell
Tocar com Dio foi como tocar com um padrasto

Iron Maiden: de onde vem o amor de Phil Anselmo pela banda?Iron Maiden
De onde vem o amor de Phil Anselmo pela banda?


Sobre Pedro Zupo

Pedro Zupo Junior, 26 anos, Paulista. iniciado na escola metálica pelos pais (que compraram o LP Point Of Entry do Judas Priest para comemorar no dia de seu nascimento)é fã das bandas de Heavy Metal oitentistas, em especial do Girlschool, banda que toca no cover oficial do Brasil além de ser baterista da banda Armadilha de Heavy Metal cantado em português.

Mais matérias de Pedro Zupo no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336