Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Metal Injection, Tradução
Enviar Correções  

Jeanette Araya, irmã de Tom Araya, vocalista/baixista do Slayer, lançou em 2015 um livro contando a história do pai, Javier Araya, descrito por ela como uma pessoa que fez de tudo para que seus filhos tivessem êxito na vida. E em um trecho, ela conta uma história divertida, relatando a ocasião em que Javier, católico fervoroso, descobriu que a banda do seu filho era satânica, confira abaixo:

AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon Scott

Quando shows dão errado: 25 apresentações desastrosas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"No final dos anos setenta, meu irmão Tom se juntou a uma banda de metal que mexeu com a harmonia das nossas 'vidas normais'. Papai desconhecia a agressividade e conteúdo das letras e apoiava muito e se orgulhava de meu irmão. Mas quando as imagens e natureza das canções começaram a aflorar, ele ficou chocado. Ele acabara de se tornar ministro da igreja local e participava de vários grupos de auxílio e orações. Ele dava comunhão aos domingos onde auxiliava em todos os batismos e funerais; a igreja se transformara em sua vida".

"Um dia, após uma reunião de orações, uma mulher se aproximou de meu pai com lágrimas nos olhos e lhe pediu ajuda. Ela começou a explicar para ele as dificuldades que estava tendo com seu filho adolescente, que havia se tornado satanista e suplicou para que meu pai fosse com ela até a casa para ajudar numa sessão de orações. Meu pai concordou e levou minha mãe junto. Quando entraram na casa, o garoto estava sentado e muito bravo pelo que sua mãe havia feito. Meu pai achou que seria melhor se eles orassem apenas os dois em privado e sugeriu ao garoto que fossem ao seu quarto. Quando chegou lá, empalideceu e minha mãe ficou extremamente nervosa. A primeira coisa que ele viu foi um pôster do Slayer na parede com meu irmão bem ao centro da foto. Então o Slayer foi uma das grandes mudanças que aconteceu em sua vida pelo amor que ele tinha pelo filho e o suporte financeiro que ele precisava na época".

Comente: Você considera o Slayer uma banda satânica?




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottAC/DC
As 10 melhores músicas da banda com Bon Scott

Quando shows dão errado: 25 apresentações desastrosasQuando shows dão errado
25 apresentações desastrosas


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor