Megadeth: Marty Friedman explica porque não quer voltar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

O guitarrista Marty Friedman disse, em entrevista ao LA Weekly, porque não gostaria de voltar ao Megadeth. O músico disse que não há motivos para retorno a não ser que a ideia seja manter o nível de quando ele esteve na banda, na década de 1990.

1784 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosGlen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontro

"Acho que alguém que faz algo tão bom quanto 'Rust In Peace' não quer revisitar aquilo, a não ser que seja para superá-lo. Não vejo razão para lidar com isso. Não vejo a reunião sendo algo que os fãs desejam. Se eu voltasse, teria que ter uma boa razão por trás. Voltar por voltar, não é bom o suficiente", disse.

O músico também falou sobre a sua popularidade no Japão. "Ainda há muitas pessoas no Japão que só me conhecem da TV. Ressenti de início. Pensava que, mesmo com toda a música que fiz, as pessoas só me conheciam pelo programa de TV que fiz", disse, em menção ao programa "Rock Fujiyama", co-apresentado por ele em 2006.

"Entretanto, agora, entendi que foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido. Aproveitei tudo que veio por ter feito o programa de TV", afirmou.

Comente: Você acreditava no boato que Marty voltaria para o Megadeth no lugar de Kiko?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 21 de novembro de 2016

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

2224 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa487 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3470 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Astros do rockAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Dave MustaineDave Mustaine
Existe uma música do Led Zeppelin que ele não suporta

19971997
15 discos de rock/metal que completam 20 anos de lançamento

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Marty Friedman"

Qual a verdade?Qual a verdade?
O polêmico encontro de Glen Benton e Euronymous

Lars UlrichLars Ulrich
As mulheres da vida do baterista

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
A bizarra semelhança de Phil Lynott e Tiririca

5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e Mano Menezes5000 acessosPunk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN5000 acessosRede Globo: em 1985, explicando o que são os metaleiros5000 acessosDisco Novo Pra Quê?: Catálogo do Metallica explodiu em 20155000 acessosDrogas: 10 músicos que surpreendentemente sobreviveram aos abusos5000 acessosOzzy Osbourne: como seria se ele regravasse "Highway to Hell"?

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online