Geddel Lima: "Nem lembro do Renato Russo, ele não era ninguém"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos
Enviar correções  |  Ver Acessos

Lembra da história envolvendo Geddel Vieira Lima, ex-Secretário de Governo de Michel Temer, que foi acusado de praticar atos em favor próprio quando estava no cargo, e que foi espinafrado por Renato Russo conforme descrito no livro de Carlos Marcelo, diretor de redação do Estado de Minas, em trecho que fala da convivência dos dois quando estudavam no Colégio Marista em Brasília, ainda nos anos setenta.

Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityIron Maiden: o que os grandes músicos acham da banda?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Rigoroso na hora de selecionar os colegas de grupo, ele (Renato) convida Maria Inês Serra e mais dois ou três felizardos que se mostraram dispostos a executar a tarefa como ele planejaria. Tinha gostado de trabalhar com Inês em uma pesquisa sobre cantigas de roda - esforço alheio representava fator decisivo para a escolha. Deixa claro (a ponto de despertar antipatia e criar fama de chato) que não carregaria ninguém nas costas. Apesar dos pedidos de colegas como Geddel Quadros Vieira Lima para entrar no seu grupo pela garantia de notas altas na avaliação final. Filho do político baiano Afrísio Vieira Lima, o gordinho Geddel era um dos palhaços da turma. Chegava no colégio dirigindo um Opala verde, o que despertava a atenção das meninas e a inveja dos meninos - que davam o troco chamando-o de 'Suíno'. Tinha sempre uma piada na ponta da língua; as matérias, nem sempre.

- Eu vou ser político!

O jeitão expansivo garantia popularidade entre os colegas, mas não unanimidade. 'Ele é in-su-por-tá-vel!', justifica Renato para Maria Inês, dividindo as sílabas de forma enfática, ao sentenciar a proibição da entrada de Geddel em seu grupo."

Pois em conversa com o Estado de São Paulo, Geddel retrucou de forma lacônica o suposto desprezo de Renato Russo e de seus outros colegas de classe:

"Nunca fui chamado de Suíno. Aliás, nem lembro de Renato Russo nenhum no colégio. Ele não era ninguém."

Comente: O que será que Renato diria do Brasil de hoje, se estivesse vivo?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Legião Urbana"Todas as matérias sobre "Renato Russo"


Legião Urbana: Marcelo Bonfá explica performance ruim no celularLegião Urbana
Marcelo Bonfá explica performance ruim no celular

Dado Villa-Lobos: Fica a melhor lembrança, encontrou a pazDado Villa-Lobos
"Fica a melhor lembrança, encontrou a paz"


Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityGuns e Sabbath
Semelhança entre Zero the Hero e Paradise City

Iron Maiden: o que os grandes músicos acham da banda?Iron Maiden
O que os grandes músicos acham da banda?


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

adGoo336