Slayer: Tom Araya não tem certeza se haverá um novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Carol Manzatti, Fonte: Loudwire
Enviar correções  |  Comentários  | 

Os próximos meses serão bem movimentados para o SLAYER em termos de shows, com datas até Agosto desse ano, incluindo o Brasil nos dias 11 de Maio (Pepsi OnStage em Porto Alegre) e 13 de Maio (Maximus Festival em São Paulo). Mas e quanto ao novo álbum, o sucessor do Repentless de 2015? O guitarrista Kerry King afirmou no ano passado que como haveriam muitos shows pela frente, provavelmente eles só voltariam ao estúdio em 2018. Em uma nova entrevista para a estação de rádio chilena Futuro, Tom Araya foi um pouco menos "otimista" sobre planos futuros.

1394 acessosSlayer: drumcam de Paul Bostaph em "Born On Fire"5000 acessosSpin Magazine: as maiores baixarias da história do rock

Quando perguntado sobre o próximo álbum e quando teremos algo concreto sobre ele, o vocalista afirmou: "Eu não sei. Eu sei que quando gravarmos o álbum em si, haverão muitas músicas nele ... Depois de terminar o que estamos fazendo (os shows), vamos ter que sentar e discutir algumas coisas, conversar sobre isso." Araya acrescentou que antes de resolverem o ponto relativo à música, precisavam resolver o ponto sobre a banda: "Eu e Kerry ainda estamos tentando acertar os últimos detalhes sobre o aspecto comercial das coisas, o quão longe a banda vai. Depois da passagem de Jeff, nós ainda não encerramos certas coisas, então nós ainda estamos vendo isso. Vamos ver como vão as coisas e veremos se haverá realmente um novo álbum."

O vocalista também falou sobre a morte de Hanneman: "Sinto falta dele, sempre penso nele. Éramos parceiros, trabalhamos juntos sempre. Ele me permitiu trabalhar com ele em suas idéias. Gostaria que ele estivesse aqui com a gente. Eu queria que ele estivesse aqui, apenas isso. Eu acho que ele era uma grande parte da banda. Ele tornaria o que eu faço agora muito mais fácil de fazer."

Hanneman contraiu fasciíte necrozante em 2011, após ser picado por uma aranha e sendo a consequencia dessa doença, o desenvolvimento de uma infecção que o levou a perder parte do músculo do braço, sendo obrigado a sair da banda impossibilitado de tocar. A causa de sua morte foi insuficiência hepática devido a problemas com álcool (segundo o boletim médico em 2013) embora houvesse comentários de que a infecção teria ajudado na piora de sua saúde. O guitarrista do EXODUS, Gary Holt, assumiu o posto de Jeff e gravou o álbum Repentless, mas não fez parte da composição.

Comente: Bandas como o Slayer precisam ainda lançar novos discos ou podem viver somente de seu legado?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Metal HammerMetal Hammer
As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal

1394 acessosSlayer: drumcam de Paul Bostaph em "Born On Fire"1696 acessosSlayer: Gary Holt revela qual seu solo favorito da banda607 acessosSlayer: "Divine Intervention", rápido, cruel e agressivo157 acessosEm 04/08/2006: Slayer lança o álbum Christ Illusion109 acessosEm 16/11/1984: Slayer lança o álbum ao-vivo Live Undead0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

WikimetalWikimetal
Top 11 Músicas que fazem arrepiar

Scott IanScott Ian
Os discos do Big 4 que ele mais gosta

Palavrões, comuns no rockPalavrões, comuns no rock
Veja os piores da língua inglesa

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"


SpinSpin
Revista elege as maiores baixarias da história do rock

Axl RoseAxl Rose
Quatro páginas de pedidos de ítens para camarim no RIR

No alto do casteloNo alto do castelo
As diferenças entre os diferentes estilos de rock e metal

5000 acessosMetallica: Lars concorda quando Bruce diz que Maiden é superior5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19825000 acessosSlayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte5000 acessosA idade chega: 35 lendas do rock que já passaram dos 70 anos5000 acessosJohn Paul Jones: "Não era muito fã de Rock na época!"5000 acessosComo ajudar a financiar o Whiplash.Net?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Carol Manzatti

Ex-baterista, cozinheira, apaixonada por rock'n'roll. Viveria da música se possível, mas ainda não foi aceita no Iron Maiden, então seguirá só escrevendo sobre bandas. Fã do Darth Vader.

Mais matérias de Carol Manzatti no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online