Anthrax: sorteio de ingresso para o show em POA

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karen Waleria, Fonte: Abstratti Produtora
Enviar Correções  

O Rocksblog em parceria com a Abstratti Produtora irá sortear 01 ingresso para o show do Anthrax, um dos nomes mais respeitados do heavy metal mundial, que acontece na capital gaúcha no próximo dia 10 de novembro no Opinião.

Veja como participar da promoção no link a seguir:
http://karenwaleria.blogspot.com.br/2017/10/anthrax-veja-promocao-para-o-show-em-poa.html

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É caso raro no meio musical uma carreira ter segunda chance. Muito menos um segundo ato. Mas o ANTHRAX não é o tipo de banda tradicional. Formado em Nova York, em 1981, o grupo que viria a vender mais de 1 milhão de discos e se tornar a personificação de um estilo único — que junta o visual hip-hop americano, riffs potentes e sonoridade thrash em resposta ao New Wave Of British Heavy Metal (NWOBHM) — passou por duas fases distintas em sua trajetória. E isso nem é seu maior feito. Seria difícil, aliás, definir qual é. Afinal, o ANTHRAX abrigou, no chão do seu estúdio, um Metallica em início de carreira (1983), se tornou um marco para os geeks imortalizando o juiz Dredd (personagem dos quadrinhos) na faixa ‘I Am The Law’ (1987), ergueu o dedo do meio para críticos e preconceituosos quando colaborou com lenda do rap Public Enemy (1991) e provou que álbuns clássicos não estão fora de moda ao lançar Worship Music (2011). A real é que a história do grupo revela uma determinação enérgica frente às possibilidades ultrajantes da vida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O grupo é o representante mais animado do Big Four, indiscutivelmente. O ANTHRAX é o membro da fraternidade thrash que manteve os olhos focados no futuro e que consistentemente entregou bons resultados, no estúdio e no palco. Foi ao vivo, inclusive, ao lado dos demais companheiros conspiradores que a história do 11º disco começou a tomar forma. Ver o próprio nome brilhando em luzes ao lado de SLAYER, MEGADETH e METALLICA teve um efeito catalisador em uma banda cansada de anos de trabalho e de mudanças. De acordo com o baixista Frank Bello, não foi apenas um potente lembrete sobre o que eles fizeram, mas também sobre o quão longe chegaram.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como banda, o ANTHRAX teve suas turbulências criativas, mas elas acrescentaram à sua química única. Todos os cinco membros contribuíram com ideias e fizeram sugestões para praticamente todos os sons no trabalho mais recente, For All Kings (2016). O baterista Charlie Benante fez apontamentos importantes nas construções iniciais; o guitarrista Scott Ian usou um jeito muito particular para incorporar suas ideias líricas nas músicas; Bello provou ser muito talentoso em escrever melodias, o que estabeleceu a banda à parte dos congêneres; o vocalista Joey Belladonna criou linhas para encaixar da melhor maneira seu vocal crescente; e o guitarrista Jon Donais (Shadows Fall) trouxe riffs esmagadores. No fim das contas, todos os cinco contribuíram para criar o que simplesmente é a música do ANTHRAX.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E a união desses esforços culminou em For All Kings. Apesar da qualidade do material, rolaram diversos obstáculos para superar. O resultado, em resumo, é um disco tão diverso quanto satisfatório. É uma festa para os ouvidos e uma espécie de volta por cima para uma banda que carrega a distinção única de ter inventado o que faz e ser a melhor nisso. Das diretas e sem frescuras ‘You Gotta Believe’ e ‘Evil Twin’ até a sensacional e cheia de riffs pesados ‘Blood Eagle Wings’, passando pela faixa-título, For All Kings — como revela Belladonna — foi tão divertido de gravar quanto é de ouvir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bruce Dickinson: punks não sabem tocar e tem inveja do metalBruce Dickinson
Punks não sabem tocar e tem inveja do metal

Lauren Harris: Como é ser filha do baixista do Iron MaidenLauren Harris
Como é ser filha do baixista do Iron Maiden


Sobre Karen Waleria

Blogueira gaúcha. Estudou letras. Ecleticidade musical é seu ponto forte; com uma tendência ao Rock e Metal. Já foi colaboradora em grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha com divulgação de bandas e eventos. Responsável pelo blog www.karenwaleria.blogspot.com.br. Siga no Twitter @Rocksblog.

Mais informações sobre Karen Waleria

Mais matérias de Karen Waleria no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 WhiFin