Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemBittencourt começou a fazer tai chi chuan no camarim após beque de Mariutti bater forte

imagemO sensato conselho que Lulu Santos deu para o novato Herbert Vianna

imagemSUV do Offspring pega fogo durante viagem para show

imagemSlayer: Dave Lombardo surpreende ao eleger suas três músicas favoritas

imagemMúsicos famosos fizeram teste para o AC/DC sem que ninguém soubesse, conta baterista

imagemGuns N' Roses amplia exigências para show em Ribeirão Preto


Stamp

Power Metal: Será 2018 o ano do retorno do gênero?

Por Thiago Rahal Mauro
Em 30/05/18

Ao que parece, felizmente está acontecendo a volta de um dos estilos de heavy metal mais aclamados do final dos anos 90 e começo de 2000 no Brasil, o Power Metal (no Brasil, conhecido como Heavy Metal melódico)!

Um estilo que ficou um pouco apagado nos últimos anos ganhou em 2017 e 2018 um novo suspiro com a volta de algumas bandas, formação de novos grupos e consolidação de membros novos em bandas já existentes. Além disso, a volta de shows lotados, como foi o caso do último show do Angra, em São Paulo, da gravação de DVD da Noturnall e da Rebirth of Shadows tour, mostram que o público voltou a apoiar e consumir esse estilo. Resumindo: Bandas + Público = Cena de volta. Vou citar algumas bandas que provam esses fatos recentemente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma turnê mundial com mais de 90 datas mostra que o Angra voltou a assumir o posto de uma das maiores bandas do estilo no Brasil e uma das maiores do mundo. Nem a saída do Kiko Loureiro fez com que a banda parasse, pelo contrário, ganhou nova força com um ótimo lançamento do último álbum e provou que ainda tem muitos anos pela frente e muito público para os shows pelo mundo e pelo Brasil inteiro. A formação liderada por Rafael Bittencourt e Felipe Andreoli ganhou o respeito e confiança dos fãs que com um excelente trabalho nos últimos anos compareceram nos shows e compartilharam muitas músicas e vídeos, transformando o novo Angra em primeiro lugar no Spotify, passando artistas de estilo grandes de outros estilos no Brasil.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O vocalista Edu Falaschi, ex-cantor do Angra, criou a bem-sucedida turnê solo chamada: Edu Falaschi "Rebirth of Shadows" que impressionou a todos pela quantidade de shows lotados por todo o Brasil. Uma estrutura mainstream com tourbus personalizado e um investimento de mais de 500.000 reais lançaram o power metal para a lista dos shows de rock com maior público no país. Já foram mais de 40 datas, onde cerca de 35.000 pessoas compareceram aos shows. A turnê fez o público delirar com a reunião de 3 membros originais das épocas de Rebirth e Temple of Shadows, Edu Falaschi, Aquiles Priester e Fabio Laguna juntos nos palcos novamente, tocando os maiores clássicos de uma época de ouro que marcou uma geração. A Rebirth of Shadows Tour ajudou a acender a chama do Power Metal no Brasil. Num show histórico e com vendas esgotadas em poucos dias, Edu Falaschi ainda contou com um evento icônico em São Paulo que teve a presença de Kai Hansen do Helloween relenbrando a turnê do cantor junto ao Angra em 2004 quando o celebre alemão havia dividido os vocais com o Falaschi por volta de 2005 num show do Angra.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A banda Noturnall têm feito um trabalho incrível para os novos amantes de metal. Em turnês nacionais e internacionais já tiveram participações como Russell Allen, Michael Kiske e acabaram de fazer uma turnê lotada e gravação de DVD ao lado de James Labrie (Dream Theater) e Alírio Netto com espetáculo circense. A banda liderada por Thiago Bianchi, Junior Carelli e Fernando Quesada vem dando exemplo de como fazer vídeos, produções, lives e uma nova maneira de fazer marketing e se comunicar com o público. A Live onde a banda apresentou os novos integrantes foi elogiada pelo próprio Facebook, pela qualidade do trabalho apresentado. Além disso, o grupo tem feito ações beneficentes como a doação de tudo que recebe com a música "Hearts As One" para o GRAACC (apoio à criança e adolescente com câncer) e um evento de kart especial com arrecadação de alimentos não perecíveis.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A volta da formação original da banda Shaman. Uma notícia recente que movimentou o cenário e provocou alvoroço no público que já conhece a banda e curiosidade nas pessoas que já ouviram falar, mas nunca tiveram a oportunidade de ver os membros originais reunidos. Andre Matos e companhia trazem de volta clássicos da formação original que já lotaram arenas pelo mundo todo. O show único confirmado até o momento está com alta procura dos ingressos e deve esgotar em breve.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O Viper, remodelado para este ano de 2018, está com uma nova uma nova formação com Leandro Caçoilo nos vocais e vem realizando shows importantes como o do Viper Day com o Manifesto Bar lotado para acompanhar os sucessos da carreira de um dos pioneiros do metal nacional.

O projeto Soulspell Metal Opera, capitaneado por Heleno Vale, segue em alta com novo álbum de estúdio "The Second Big Bang". O trabalho conta com participações de nomes como Andre Matos, Arjen Lucassen, Fabio Lione, Blaze Bayley, Tim "Ripper" Owens, Ralf Scheepers, Timo Kotipelto, entre outros. Além disso, o projeto tem realizado shows com grandes vocalistas brasileiros como Pedro Campos, Victor Emeka, Daísa Munhoz, Mario Pastore, entre outros.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Além dessas potências do Power Metal nacional, a aparição e retorno de outras bandas como Pastore (que vive grande momento com seu terceiro álbum), Armored Dawn, Age of Artemis (com Pedro Campos no vocal), Hangar, Almah, e shows internacionais lotados como o da turnê de reunião do Heloween e também do Rhapsody, mostra que talvez uma nova chance para o Power metal nacional está sendo dada. Vamos torcer para as bandas continuarem e serem fortes para reerguer um cenário e uma história de muito orgulho para os brasileiros.

A pergunta que fica para os leitores é a mesma do título desta matéria: Será 2018 o retorno do Power Metal?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Comente: Será 2018 o retorno do Power Metal?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Thiago Rahal Mauro

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Thiago Rahal Mauro.