Engenheiros: Gessinger lançará vinil com regravações e novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Nascimento, Fonte: Facebook-Humberto Gessinger
Enviar correções  |  Ver Acessos

Lançado originalmente em 1993 o álbum "Filmes de Guerra,Canções do Amor" foi o derradeiro álbum dos ENGENHEIROS DO HAWAII com a formação Gessinger, Licks e Maltz. Agora 25 anos depois, o vocalista e baixista Humberto Gessinger regrava as quatro faixas inéditas que fizeram parte daquele álbum ("Quanto Vale A Vida", "Realidade Virtual", "Mapas do Acaso" e "As Vezes Nunca") para serem lançadas nas plataformas digitais e no vinil +CD "Canções de Amor, Filmes de Guerra" que traz exclusivamente no vinil as versões demo de "As Vezes Nunca" e "Quanto Vale A Vida". O LP já se encontra à venda na Stereophonica, que é o site/loja respoonsável pelo merchandsing de Gessinger.

Humberto Gessinger: Mais espontâneo em novo álbumIron Maiden: quinze canções que definem a banda

Entre as quatro faixas regravadas, Gessinger usou dois formatos e quatro músicos: em "Quanto Vale a Vida e Realidade Virtual" as releitura são acústicas onde ele (Gessinger) tocou viola caipira ao lado do seu ex-guitarrista Fernando Peters (baixo) e Paulinho Goulart (acordeon); já em "Mapas do Acaso" e "As Vezes Nunca" o formato é elétrico e Gessinger tocou baixo ao lado de seus músicos de apoio Felipe Rotta (guitarra) e Rafael Bisogno (bateria). Esse lançamento poderia chegar meramente ao mercado mas Gessinger resolveu fazer um show em Belo Horizonte/MG nos dias 01 e 02 de dezembro tendo duas formações em trio: um acústico com Peters e Goulart, e a outro trio no formato banda com Rotta e Bisogno.

Outra novidade é que Humberto Gessinger começará a gravar seu próximo álbum de inéditas e revelou que o começo das gravações acontecerá em março de 2019 e o trabalho que será o primeiro de inéditas desde "Insular" (de 2013) deverá ser lançado ainda no primeiro semestre de 2019.

O baixista/vocalista Humberto Gessinger escreveu um post em suas redes sociais dando maiores detalhes e divulgou um video release do LP+CD "Canções de Amor, Filmes de Guerra"- título para os mais atentos é uma inversão do álbum semi acústico lançado pelo ENGHAW em 1993. Leia abaixo o post e veja o vídeo:

Há 25 anos, em 1993, os Engenheiros do Hawaii lançaram o disco Filmes de Guerra, Canções de Amor. Como todos os meus registros ao vivo - seja com EngHaw, Pouca Vogal ou solo - ele trazia, ao lado de regravações, material inédito. Com o passar do tempo, percebi que as músicas que escrevo para estarem ao lado dos clássicos nestes trabalhos acabam formando um "álbum dentro do álbum".

Para comemorar um quarto de século da gravação do Filmes de Guerra, Canções de Amor, regravei as quatro músicas inéditas do disco.

Nas versões de QUANTO VALE A VIDA e REALIDADE VIRTUAL, a releitura ficou a cargo de um trio acústico: toquei viola caipira ao lado de Paulinho Goulart no acordeon e Nando Peters no baixo. Paulinho participou do DVD inSULar Ao Vivo e Nando está presente nos meus trabalhos mais recentes.

Em MAPAS DO ACASO e AS VEZES NUNCA, estou no baixo, acompanhado por Rafa Bisogno na bateria e Felipe Rotta na guitarra. É o mesmo power-trio do DVD Ao Vivo Pra Caramba.

Este trabalho se chama Canções de Amor, Filmes de Guerra e, além das plataformas digitais, também estará disponível numa edição especial em vinil e CD que, além das quatro regravações, trará (apenas no vinil) as demos de AS VEZES NUNCA e QUANTO VALE A VIDA. São gravações caseiras que fiz em 1992, sem muita preocupação técnica, mas que registram bem o nascimento das canções.

Assim, a tour Ao Vivo Pra Caramba se renova e segue na estrada até março de 2019, quando começarei as gravações de meu novo disco. Ele trará canções inéditas, escritas entre fevereiro e outubro deste ano e deve ser lançado ainda no primeiro semestre do próximo ano.

Até lá, os shows ganham este novo elemento: o diálogo entre as inéditas de 1993 e as de 2018. Diferente de um livro, que podemos ler na velocidade que quisermos ou de um quadro que podemos apreciar no nosso ritmo, a música traz, em si, seu próprio tempo. Os segundos de um acorde, os minutos da canção, os três quartos de hora de um disco, as duas horas do show, o ano da tour, as décadas de uma carreira longeva. Tempos subjetivos, mas tão (ou mais) reais do que os do relógio. Como o pulso, o coração.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Engenheiros Do Hawaii"


Humberto Gessinger: Mais espontâneo em novo álbumHumberto Gessinger
Mais espontâneo em novo álbum

Engenheiros do Hawaii: Em 1989 a banda apoiava o candidato a Presidente Leonel BrizolaEngenheiros do Hawaii
Em 1989 a banda apoiava o candidato a Presidente Leonel Brizola

BRock: Os 10 melhores álbuns dos anos 80BRock
Os 10 melhores álbuns dos anos 80

Pra discutir: os 100 melhores discos do rock brasileiroPra discutir
Os 100 melhores discos do rock brasileiro

Engenheiros do Hawaii: análise da música Somos quem podemos serEngenheiros do Hawaii
Análise da música "Somos quem podemos ser"


Iron Maiden: quinze canções que definem a bandaIron Maiden
Quinze canções que definem a banda

Time Magazine: os 100 maiores álbuns de todos os temposTime Magazine
Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

Humor: oito razões pra dormir com um bateristaHumor
Oito razões pra dormir com um baterista

Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaU2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1983Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1983

Guns N' Roses: Slash não vê possibilidade de um filme sobre a bandaGuns N' Roses
Slash não vê possibilidade de um filme sobre a banda


Sobre André Nascimento

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de André Nascimento no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336