Jazz Sabbath: disco "roubado" pelo Black Sabbath será lançado em abril

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Loudersound, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A bizarra história a seguir consta no press-release do álbum de estreia do Jazz Sabbath, que sai no dia 10 de abril.

Coronavírus: Black Sabbath posta vídeo (talvez fake) com italianos cantando "War Pigs"Guitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Formado em 1968, o Jazz Sabbath era considerado por muitos como estando na vanguarda do novo movimento de jazz que surgia na Inglaterra naquela época. O aguardado álbum de estreia, previsto para ser lançado na sexta-feira, 13 de Fevereiro de 1970, estava destinado a nunca ser lançado. Até agora."

"O álbum foi cancelado quando surgiu a notícia que o membro fundador e pianista Milton Keanes havia sido hospitalizado em decorrência de um ataque cardíaco intenso que o deixou entre a vida e a morte. A gravadora decidiu engavetar o álbum e cancelar o lançamento programado pela incerteza financeira de lançar um álbum de estreia de uma banda sem o seu líder".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando Milton saiu do hospital em setembro de 1970, ele descobriu que uma banda de Birmingham, convenientemente chamada 'Black Sabbath', havia lançado neste meio tempo dois álbuns com versões Metal do que ele afirma serem as suas músicas."

"Milton tentou entrar em contato com sua gravadora, Rusty Bedsprings Records, apenas para descobrir que ela não existia mais e o dono dela estava preso. Todos os álbuns do Jazz Sabbath haviam sido destruídos quando o depósito pegou fogo em junho de 1970, no que mais tarde foi comprovado ser um caso de fraude de seguro realizado pelo dono da gravadora, que deixou apenas algumas gravações amadoras das performances ao vivo do Jazz Sabbath entre 1968 e 1969 como prova de sua existência".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Aquelas gravações originais do álbum teriam sido perdidas no incêndio, mas elas na verdade haviam sido armazenadas no lugar errado e ficaram acumulavando poeira nos cofres do porão do estúdio de gravação por muitos anos, sob risco de nunca verem a luz do dia".

"No fim de 2019, quase 50 anos depois, o homem que comprou o prédio onde o estúdio de gravação estava localizado (para transformá-lo em um pet shop vegano) encontrou as fitas masters que continham as gravações originais da sessões de 1969 e as chapas que continham a capa original do álbum".

"Essas fitas foram remixadas e agora serão finalmente ouvidas. O álbum irá provar que a banda de heavy metal adorada por milhões ao redor do mundo não é nada além do que um bando de charlatões musicais, que roubaram a música de um gênio que estava hospitalizado".

E para promover o álbum, foi lançado um mini-documentário que pode ser conferido a seguir, contando com depoimentos de músicos como Marky Ramone (Ramones), Neil Murray (Whitesnake), Mike Bordin (Faith No More), Jordan Rudess (Dream Theater) e Ben Thatcher (Royal Blood).

Veja o tracklist do álbum de estreia do Jazz Sabbath:

1. Fairies Wear Boots
2. Evil Woman
3. Rat Salad
4. Iron Man
5. Hand Of Doom
6. Changes
7. Children Of The Grave

A propósito: Milton Keanes é, na verdade, Adam Wakeman, tecladista e guitarrista de apoio de longa data do Black Sabbath e de Ozzy Osbourne. E uma turnê do Jazz Sabbath deve ser realizada no final deste ano.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Jazz Sabbath"Todas as matérias sobre "Black Sabbath"


Coronavírus: Black Sabbath posta vídeo (talvez fake) com italianos cantando War PigsCoronavírus
Black Sabbath posta vídeo (talvez fake) com italianos cantando "War Pigs"

Black Sabbath: A música do Master of Reality que Bill Ward não conseguia tocarBlack Sabbath
A música do Master of Reality que Bill Ward não conseguia tocar

Black Sabbath: Tony Martin critica quem duvida do coronavírusBlack Sabbath
Tony Martin critica quem duvida do coronavírus

Adam Wakeman: O lançamento do álbum Jazz Sabbath em Curitiba

Black Sabbath: David Coverdale foi chamado para ser o vocalista, mas recusouBlack Sabbath
David Coverdale foi chamado para ser o vocalista, mas recusou

Black Sabbath: a diferença entre os vocais de Ozzy e Dio, segundo Tony IommiBlack Sabbath
A diferença entre os vocais de Ozzy e Dio, segundo Tony Iommi

Geezer Butler: promovendo relançamentos raros do Black SabbathGeezer Butler
Promovendo relançamentos raros do Black Sabbath

Black Sabbath: a reação de Ozzy após Steve Vai apontar desafinação no 1° álbumBlack Sabbath
A reação de Ozzy após Steve Vai apontar desafinação no 1° álbum

Quarentões: álbuns de rock e metal lançados em 1980Quarentões
álbuns de rock e metal lançados em 1980

Black Sabbath: as bandas de 1968 e 1969 tão pesadas quanto eles em 1970 (podcast)

Dio: paz com Sabbath o fez concluir círculo antes de morrer, diz WendyDio
Paz com Sabbath o fez "concluir círculo" antes de morrer, diz Wendy

Black Sabbath: Uma foto oficial da mão que definiu o Heavy MetalBlack Sabbath
Uma foto oficial da mão que definiu o Heavy Metal


Guitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os temposGuitar World
As 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Punk Rock: seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabeloPunk Rock
Seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabelo


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280