Ex-Deo: O retorno de Deus sobre o Império Romano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Michel Sales
Enviar Correções  

Em meio a Pandemia de Covid-19 que assola e desintegra famílias inteiras no mundo todo, os canadenses do Ex Deo, confinados na quarentena, lançaram no último mês de março o single ‘The Philosopher King’, já anunciando sinais do novo petardo que deve sair em breve e surtir grande efeito no mercado mundial da música extrema.

Cover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o original

Iron Maiden: como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A nova faixa teve a participação de Francesco Ferrini (Fleshgod Apocalypse) e segundo o líder e vocalista, Maurizio Iacono (Kataklysm), a obra refere um período sagaz do imperador Marco Aurélio.

"Dentre as figuras mais importantes nos dias infernais dos romanos, Marco Aurélio também foi um rei filósofo, além de instigar disciplina e triunfo em um período próspero ao liderar o maior exército do mundo, consolidar a política, a economia e promover a construção de uma sociedade com autoestima sólida, condicionando a vida, sobretudo, no respeito ao próximo. Com isso, diante da característica sonora do Ex Deo, o novo disco remontará mais um enredo dramático, configurando uma trila sonora orquestral e colossal. Tenho certeza que todos vão adorar a brutalidade deste disco", destacou Iacono".

Com uma turnê européia agendada para iniciar nos dias 8 e 9 de outubro nas cidades do Porto e em Lisboa (POR), o Ex Deo dividirá os palcos com os italianos do Fleshgod Apocalypse. O último e aclamado ‘longa-metragem’ do Ex Deo foi ‘The Immortal Wars’, que saiu há três anos. O projeto foi formado em 2008 como um hiato das atividades principais do Kataklysm. A parceria também conta com Stéphane Barbe e Jean-François Dagenais nas guitarras, além do baixista François Mongran e Max Duhamel na bateria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os discos do Ex Deo referem tribulações, conquistas, corrupção e campanhas militares sob o sentimento de aspereza e belicismo do exército romano. Em 2009, a banda lançou o debut ‘Romulus’ e na sequência, em 2012, foi a vez de ‘Calígula’, discos que demonstram grande evolução do conjunto.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o originalCover
15 bandas que são quase tão boas quanto o original

Iron Maiden: como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?Iron Maiden
Como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?


Sobre Michel Sales

Jornalista formado pela Universidade Federal de Roraima (UFRR), com pós-graduação em Teologia Pastoral pelo Instituto Padre Calleri/UFRR. Atualmente está concluindo a graduação de Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Roraima (Uerr). Começou a escrever sobre Cultura em 2004, iniciou em blogs, depois atuou na equipe de redação da revista Somos, da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Roraima), trabalhou na assessoria de Comunicação do Sesc-RR (Serviço Social do Comércio) e na redação do Jornal Folha de Boa Vista. Tem colaborado com o portal Whiplash.Net desde 2020, nutre gosto por fotografia e colecionismo de Discos, Quadrinhos, Figuras de Ação e Filmes. Nas redes sociais: michel.sales.33 ; @mythospoetico #hellfireclub #rrclubehq .

Mais matérias de Michel Sales no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280