Bruce Dickinson: "Martin Birch foi um mentor que transformou completamente o meu canto"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O produtor e engenheiro de som Martin Birch, que trabalhou com o IRON MAIDEN entre 1981 e 1992, faleceu no último domingo (9 de agosto), aos 71 anos. Nesta segunda-feira (10), o perfil oficial da banda no Instagram publicou uma foto de Martin, com os pronunciamentos de Steve Harris, Bruce Dickinson e Rod Smallwood.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fonte: Instagram Iron Maiden
Fonte: Instagram Iron Maiden

O baixista da banda ressaltou as qualidades profissionais e pessoais de Martin, que segundo está escrito no início da legenda da foto, era um homem com mil apelidos e uma das melhores pessoas com quem a banda já trabalhou. Steve escreveu: "Ele era absolutamente brilhante. Ele não era apenas um produtor, ele era um engenheiro prático também, então sabia como obter um ótimo som. Ele também era fantástico em motivar as pessoas; ele apenas tinha um jeito de tirar o melhor de você. Ele também era um homem muito bom, muito divertido com um ótimo senso de humor e isso o tornava fácil de trabalhar. Todos nos demos muito bem com ele e toda a banda está muito triste com as notícias de hoje."

O manager de longa data da banda, Rod Smallwood, também se pronunciou. "Ele era um cara fantástico que sempre compartilhou um respeito mútuo com a banda. Ele nunca, jamais, nos deixou no estúdio. Ele foi um verdadeiro cavalheiro e sua falta será imensamente sentida por todos na Família Maiden."

Bruce Dickinson revelou inclusive que Martin ajudou a transformar sua maneira de cantar. "Para mim, Martin foi um mentor que transformou completamente o meu canto: ele era um psicoterapeuta e, em suas próprias palavras, um malabarista que podia espelhar exatamente o que era uma banda. Esse era seu talento especial como produtor. Ele não era um titereiro (nota: pessoa que manipula bonecos), não manipulava o som da banda, apenas refletia da melhor forma possível. Além de tudo isso, ele era um ser humano maravilhoso, caloroso e engraçado. Martin e eu compartilhamos uma paixão pelas artes marciais - ele pelo caratê e eu pela esgrima, o que nos deu outro vínculo também. Estou muito triste por ouvir esta notícia, é incrível que ele tenha falecido tão jovem para um homem que era tão cheio de vida", finalizou o vocalista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336