Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs


Helloween: por que Michael Kiske não compôs nenhuma música para o novo álbum

Por Igor Miranda
Em 29/04/21

O próximo álbum do Helloween, homônimo, será o primeiro da banda desde as voltas do vocalista Michael Kiske e do guitarrista e também cantor Kai Hansen. Os dois se juntam à formação que conduzia a banda nos anos anteriores: o frontman Andi Deris, os guitarristas Michael Weikath e Sascha Gerstner, o baixista Markus Grosskopf e o baterista Dani Löble.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com 12 faixas ao todo, o disco traz composições de quase todos os integrantes. Andi Deris, por exemplo, é o autor de quatro músicas: "Fear of the Fallen", "Mass Pollution", "Rise Without Chains" e "Cyanide". Michael Weikath criou outras três: "Out for the Glory", "Robot King" e "Down in the Dumps". Sascha Gerstner assina "Angels", enquanto Markus Grosskopf é o responsável por "Indestructible". Por fim, Kai Hansen concebeu a épica "Skyfall", além da vinheta "Orbit".

Chama atenção que, em meio a todo o processo autoral, nenhuma música de Michael Kiske tenha sido incluída no álbum "Helloween".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao canal The Metal Voice, Michael Weikath explicou por que o vocalista não oferece esse tipo de contribuição ao disco. O guitarrista citou que as ideias de Kiske não tinham tanto a ver com a sonoridade power metal do grupo, então, ele próprio não se sentiu confortável para colaborar nesse ponto.

"Kiske falou para mim: 'acho que não vou colaborar dessa vez'. Ele falou que tinha muitas ideias, mas que não soavam muito como Helloween, soavam mais pop ou country. E estava tudo bem, pois tínhamos músicas o suficiente e ele tinha outro tipo de trabalho a fazer, por estar envolvido em uma produção do Helloween como essa", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Isso não significa que Kiske apenas apareceu no estúdio para cantar e ir embora. "Ele criou os arranjos das linhas vocais junto de Deris. Então, já existe uma infinidade de coisas a serem feitas sem uma de suas composições sendo produzida", explicou Weikath.

O guitarrista também antecipou como o álbum está soando, em sua opinião. "Tentamos colocar algumas partes tipo Queen. Kai Hansen tem uma ferramenta de áudio de Brian May (guitarrista do Queen) que ele usa sempre que pode e esse é o aspecto Queen do álbum que sempre esquecemos de mencionar", disse, primeiramente, citando a influência da banda de Freddie Mercury.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, outra referência de peso foi citada por ele: o Judas Priest. "Há um pouco de Judas Priest, pois tentei imitar os riffs do Priest ou coisas que eles faziam nos álbuns antigos, que são bem compatíveis com o Helloween. O álbum está mágico", comentou.

A entrevista completa pode ser conferida, em inglês e sem legendas, no player de vídeo a seguir.

imagemHelloween: por que músicas do novo álbum foram feitas só por um compositor cada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Helloween: Decifrando o disco "Master of The Rings" (podcast)


Helloween: Jack O. Lantern não foi o primeiro mascote da banda?


Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.