Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagem"Não há reunião do Pantera sem Vinnie e Dime", afirma espólio de Vinnie Paul

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemA bonita homenagem que Angra fará a Andre Matos em novo álbum, segundo Fabio Lione

imagemJohn Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

imagemEx-vocalista do Mötley Crüe não bota fé na aposentadoria de Mick Mars

imagemNovo clipe do Metallica ultrapassa 5 milhões de views em dois dias

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemIggor Cavalera diz que o metal às vezes é muito conservador


Samael Hypocrisy
Stamp

David Bowie: todo seu catálogo foi comprado pela Warner Music

Por André Garcia
Postado em 09 de janeiro de 2022

Os direitos autorais do catálogo de David Bowie foram vendidos em sua totalidade à Warner Music, em negócio estimado em pelo menos 250 milhões de dólares. O acordo engloba todos os seus 26 álbuns de estúdio, de "David Bowie" (1967) a "Blackstar" (2016), passando pelo póstumo "Toy" (2020).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dessa forma, os herdeiros dele seguem a tendência de Bruce Springsteen ($500 milhões), Neil Young ($150 milhões) e Bob Dylan ($400 milhões). Segundo rumores, Phil Collins e Genesis serão os próximos a entrarem nssa onda, que está diretamente relacionada aos prejuízos que as bandas tiveram ao longo de toda a pandemia.

A partir dos anos 2000, o compartilhamento de música na internet acabou com as vendas de CDs, o que obrigou os artistas a dependerem quase que exclusivamente das apresentações ao vivo — que cessaram durante a pandemia.

Mas e as gravadoras, o que ganham com isso? Ao adquirir direitos autorais, elas ordenham a grana que as músicas geram com royalties, licenciamentos, comerciais e outras fontes de renda que iriam para o próprio artista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

FONTE:
https://ultimateclassicrock.com/david-bowie-publishing-catalog-sale/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

Peter Frampton relembra sua derrocada com "I'm In You": "Um disco doloroso de gravar"

Para Peter Frampton, tocar com David Bowie lhe devolveu a "credibilidade" musical

Elton John comenta sua desavença com David Bowie: "Sempre me dava alfinetadas"

David Bowie e a obscura banda que foi mais influente que os Beatles

David Bowie: "Syd Barrett sempre será o Pink Floyd para nós, fãs das antigas"

O rockstar que rejeitou duas vezes a Rainha Elizabeth II

O dia em que Jimmy Page deu a David Bowie um de seus riffs

Guitarrista do Korn relembra falecida mãe e revela músicas que o impactaram

Noel Gallagher se diz mais influenciado por David Bowie hoje do que antes

David Bowie: Inteligência artificial ilustra as letras de "Starman" e "Space Oddity"

We Love Rock & Roll: famosos viram ídolos do rock

David Bowie: O cachorro dele também tinha olhos de duas cores

Vegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carne

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"

David Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.