Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemPink Floyd: Em entrevista de 1984, David Gilmour falou sobre "The Final Cut"

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure


Stamp

Ville Valo explica como HIM aprendeu a "roubar as melhores partes do Type O Negative"

Por Gustavo Maiato
Em 11/05/22

O compositor Ville Valo marcou seu nome na história do gothic metal dentro da banda finlandesa HIM. Agora, com o fim do grupo, o músico relembrou histórias daquela época e em entrevista para a Metal Hammer, com trechos reunidos pela Ultimate Guitar, falou um pouco mais sobre a relação de seu ex-grupo com o Type O Negative, outro gigante do gênero.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Um dos primeiros shows que fizemos com o HIM foi para um promotor local que era meu amigo. Ele colocou essa noite estranha de covers junto com todas essas outras bandas e eu acho que foi o primeiro show do Apocalyptica também, eles se chamavam Jailhouse Band naquela época. Já tínhamos algumas músicas nossas, mas decidimos tocar Type O Negative [músicas] em vez disso. O Apocalyptica tocou Metallica, obviamente! Outra banda tocou Rage Against The Machine e outra Danzig - foi uma noite de covers. Fizemos isso duas vezes. e soou bastante decente; na verdade, e nos ensinou a roubar as melhores partes do Type O Negative. Encontrei Peter Steele algumas vezes, mas nunca nos tornamos amigos. Ele é um cara tão grande em todos os sentidos da palavra, tão imponente. Foi em um dos primeiros shows do festival que tocamos na Alemanha, então eu era realmente novo em tudo e me lembro de estar sentado na área do bufê sem ter coragem de dizer nada", relembrou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, músico e fã. O heavy metal entrou na sua vida há 10 anos e nunca mais saiu. Gosta de estudar o tema e compreender o metal como manifestação cultural.

Mais matérias de Gustavo Maiato.