RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemSlash acha que os rockstars dos 60s e 70s eram mais inteligentes e educados que os dos 80s

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM


Def Leppard Motley Crue 2

Luis Mariutti diz que fim do Shaman teve a ver com preconceito e não com política

Por Mateus Ribeiro
Postado em 13 de janeiro de 2023

O músico brasileiro Luis Mariutti, baixista da banda brasileira de power metal Shaman, foi entrevistado pelo jornalista Gastão Moreira. O assunto central do bate-papo (que foi ao ar no dia 10 de janeiro) foi o repentino fim do Shaman, que foi causado por divergências entre os integrantes do grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Facebook Oficial - Thiago Kiss - Arte João Duarte
Foto: Facebook Oficial - Thiago Kiss - Arte João Duarte

Mariutti, que fez parte do Shaman desde quando a banda iniciou as atividades no ano 2000, já havia se pronunciado em suas redes sociais e na ocasião, citou um conflito de ideias com o baterista Ricardo Confessori. O baixista relatou para Gastão que as divergências estão ligadas ao preconceito e não aos posicionamentos políticos dos envolvidos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu tentei nessa volta, com o Ricardo [Confessori, baterista] especificamente ser o mais correto possível né? No sentido de não misturar [as coisas], porque eu já vi que ele estava com uma cabeça mais radical, com pensamentos completamente diferentes do meu e mesmo assim Gastão, porque… já agradecendo todas mensagens de apoio e tudo mais, mas também, a gente recebe mensagens de questionamento, de ‘não sei o que, porra por ser por você ser petista e o cara Bolsonaro, vocês fizeram isso, que não sei o que’. Não, não foi, não foi isso", afirmou o baixista, que na sequência, detalhou o seu ponto de vista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O Ricardo, de alguns anos pra cá, ele tem postado coisas mais radicais. Muitos fãs vieram pra gente ao longo desse tempo falando ‘Oh velho desculpa aí, mas eu não sigo mais a sua banda cara, porque eu discuti com o cara ali’ não sei o que, e aí isso tudo o Gastão a gente vinha relevando e até sendo criticado. ‘Pô, os caras são os puta passa pano’. Algumas mensagens, né? (...) Por política vocês fizeram isso? Não! Foi por preconceito, por coisas preconceituosas".

Turnê com clima pesado

Quando fala em preconceito, Mariutti se refere aos comentários que Confessori fez sobre o veterinário e músico Mateus Ferreira.

"Se ele [Ricardo] Gastão, não se deu o trabalho de pensar, porque ali tem uma uma frase, por exemplo, de preconceito ao feminismo, né? A minha esposa é uma mulher que vive com os conceitos feministas, que passa conceitos feministas pra nossa filha, conceitos de igualdade e muitas vezes, por ela estar comigo por ela opinar, [eu ouço] ‘ah que que essa mulher do cara está fazendo?’; ‘Pô essa Yoko Ono’, essa entendeu cara? Com esses papos, cara. ‘Ah a mina do cara quer dar palpite?’. Não, velho, é a mulher que produz eventos, é a mulher que contrata o Ricardo.

Mesmo com todas essas diferenças pra tocar, ele tocou agora em dezembro no nosso evento. Contratado pela feminista Fernanda. Macho de esquerda é piada pronta [comentário feito por Ricardo]. Você não acha que você pode estar ofendendo ali, pessoas que trabalham com você e tudo mais?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Acabando a gravação, eu senti uma sensação de dever cumprido ali, de final de ciclo, sabe? Tanto é cara, que pra mim a turnê foi muito pesada cara", complementou.

O vídeo completo, que tem mais de 20 minutos, pode ser visto a seguir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


O anúncio do fim da banda Shaman

Todas as matérias sobre "O anúncio do fim da banda Shaman"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Ricardo Confessori lança novo método de bateria e destrincha sucessos de Angra e Shaman

Andre Matos: Carina Fragozo explica a letra de "Carry On", do Angra


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.