Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemO clássico do Rock Brasileiro com erro gramatical que foi parar em curso pré-vestibular

imagemMetallica: e se "Lux Aeterna" estivesse no "... And Justice For All"?

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemO álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemKirk Hammett sobre o Metallica: "Masculinidade tóxica alimentou essa banda"


Samael Hypocrisy
Stamp

Sepultura: melhores trabalhos com membros após formação clássica

Por Gabriel Oliveira Machado
Postado em 21 de abril de 2014

O fim do SEPULTURA clássico, no fim de 1996 ainda é um dos mais marcantes e polêmicos acontecimentos do metal nacional e até mesmo mundial. Muitos dizem que a banda morreu, outros defendem que continuam bons e produtivos, e existem aqueles que admiram apenas as obras dos irmãos Cavalera ou de Andreas Kisser, sem ouvir o outro lado. É inegável que as três bandas que se surgiram após essa separação (incluindo o CAVALERA CONSPIRACY, anos mais tarde) lançaram bons trabalhos. Aqui estão alguns ótimos discos lançados pelos irmãos Cavalera e pelo próprio SEPULTURA sem Max, ou até sem Iggor.A lista não segue uma ordem, apenas lista os dez melhores trabalhos, sem dizer que um é melhor ou pior que o outro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nota: Não estão incluídos os trabalhos de Wagner Lamounier com o SARCÓFAGO ou os projetos posteriores de Jairo Guedes pois os dois membros não fizeram parte da formação considerada clássica da banda.

1-Enslaved-SOULFLY

O disco mais brutal da banda de Max Cavalera, Enslaved foi lançado em 2012 deixando de boca aberta muitos que criticavam o trabalho do SOULFLY. Com pegada rápida e extremamente agressiva, o disco incluía elementos de death e black metal ao moderno som característico da banda, sem perder características do grupo como os refrões grudentos e os riffs de Max. O excelente trabalho nas guitarras de Marc Rizzo e na bateria de David Kinkade merecem atenção.Destaque para World Scum, Legions e Plata O Plomo (com Max cantando em português)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2-The Mediator Between Hands And Head Must Be The Heart-SEPULTURA

O álbum de nome estranho e longo foi lançado no ano passado calando muitos que duvidavam da capacidade da formação atual do SEPULTURA. Com um trabalho incrível de todos os membros e a bateria monstruosa do mais novo integrante Eloy Casagrande o disco é rápido e brutal, com uma pegada entre o Thrash e o Death metal. Derrick urra como nunca provando ser um ótimo vocalista para o que se propõe a fazer. Destaques para as brutais Trauma Of War e The Vatican alem da primeira "balada" do grupo, Grief.

3-Inflikted-CAVALERA CONSPIRACY

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O primeiro disco com os irmãos Cavalera desde o fim do SEPULTURA clássico, Inflikted é rápido e ao mesmo tempo com groove. Embora Iggor não esteja em sua melhor forma, ainda faz um trabalho bastante competente. Ao ouvir o álbum é inevitavel pensar em como ele seria se fosse gravado com Andreas Kisser, embora Marc Rizzo seja tambem um ótimo guitarrista. Destaque para a faixa título, Sanctuary e Must Kill.

4-Kairos-SEPULTURA

O album que mais pode ser chamado de clássico do "novo" SEPULTURA, Kairos teve ótima aceitação do publico e crítica e conseguiu soar bem sem copiar o passado. Sua turnê de divulgação passou por vários grandes festivais ao redor do mundo, e até hoje muitas de suas músicas são tocadas ao vivo, ao contrário de outros discos recentes da banda. Destaque para a faixa título, Relentless e Just One Fix, cover do MINISTRY

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5-Prophecy-SOULFLY

Com "Prophecy" o SOULFLY largou a música mais experimental dos primeiros albuns e começou a investir no som mais agressivo que fez a fama de Max Cavalera. Embora o disco ainda tenha muito de experimentalismo, o que inclui até uma banda de Reggae, soa muito mais pesado e orgânico que os três anteriores. Sua turnê foi um sucesso, e suas músicas funcionam bem ao vivo até hoje, dez anos depois. Destaque para Prophecy, Living Sacrifice a curiosa Moses e Execution Style.

6-Blunt Force Trauma-CAVALERA CONSPIRACY

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O segundo álbum do novo projeto dos irmãos Cavalera não conseguiu soar tão bom quanto o primeiro, nem teve a mesma repercussão. Mesmo assim é um trabalho de respeito, que mostra Max em boa forma vocal e Iggor com ainda mais groove e agressividade na bateria. As músicas são mais rápidas que no disco anterior. Sua turnê levou a banda para o Brasil duas vezes, primeiro abrindo para o IRON MAIDEN depois vindo em apresentações solo. Destaque para Warlord, Killing Inside, Torture e Thrasher

7-Dante XXI-SEPULTURA

Lançado em 2006, "Dante XXI" é o ultimo álbum do SEPULTURA com Iggor Cavalera nas baquetas. É diferente de tudo que a banda havia feito antes por ser um disco conceitual, baseado na obra "A Divina Comédia". As músicas são mais rápidas, com uma pegada mais hardcore, e incluem elementos mais experimentais como violinos. Foi um disco extremamente elogiado na sua época de lançamento. Destaques para Ostia, Convicted In Life e Dark Wood Of Error.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8-Dark Ages-SOULFLY

Se com "Prophecy" o Soulfly começou a ficar mais agressivo, resgatando as raízes de Max Cavalera, foi com "Dark Ages" que esse caminho foi definitivamente trilhado. O segundo álbum com o fiel escudeiro de Max, Marc Rizzo, tem velocidade, peso e groove na medida certa. Os refrões e riffs são incrivelmente pegajosos, e funcionam muito bem ao vivo. Destaque para Frontlines, Arise Again, Babylon e Molotov.

9-Conquer-SOULFLY

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O sucessor de "Dark Ages" seguiu a mesma linha do album anterior, com Max mais "metal" e menos "tribal". Com a mesma formula de groove na bateria, riffs simples e grudentos, ótimos refrões e solos bem trabalhados, é um dos melhores trabalhos da banda. Destaques para Doom, The Beautiful People (cover de MARILYN MANSON) e Blood Fire War Hate.

10-Roorback-SEPULTURA

Um dos discos mais ignorados do SEPULTURA, tanto pelos fãs quanto pela propria banda que não toca mais nenhuma de suas canções ao vivo. Uma pena, pois é um ótimo álbum. Roorback tem ótimos riffs, uma boa produção e marca uma fase importante na banda. Se com "Roots", "Against" e "Nation" o SEPULTURA entrou em uma fase mais experimental, com muitas participações especiais, instrumentos estranhos ao mundo do metal como violões, baixos acústicos e violinos, Roorback aboliu tudo isso de novo e investiu numa sonoridade mais orgânica, com músicas mais simples e diretas. Foi o que pavimentou o caminho para "Kairos" e "The Mediator..." os dois mais elogiados discos da fase atual. Sem dúvidas um album que merece atenção. Destaques para Mind War, Come Back Alive e Bullet The Blue Sky, cover do U2.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bandas de heavy metal que lançaram discos em cinco décadas diferentes

Sepultura e Nightwish fizeram sucesso no Metal pelo mesmo motivo, afirma Regis Tadeu

Troops of Doom: Jairo Guedz conta como faz para transitar entre Sepultura e irmãos Cavalera

Trintões: 10 discos de heavy metal que completarão 30 anos em 2023

The Troops of Doom: Jairo Guedz escolhe seus três álbuns favoritos do Iron Maiden.

Jovens, mas nem tanto: 10 discos de heavy metal que completarão 20 anos em 2023

Alex Meister: "Brasil ouvia Barão Vermelho e pulava para Sepultura, sem ouvir hard rock"

A importância da gravadora do Sepultura ter acolhido Pato Fu para impulsionar a banda

Jean Dolabella é o novo baterista de banda da cantora Pitty

Cinco separações entre bandas e músicos que foram muito marcantes

Gloria Cavalera afirma que pediu para Max continuar no Sepultura em 1996

Max Cavalera explica porque o Sepultura nunca seria como o Metallica

Produtor que vive nos EUA explica como Angra e Sepultura são percebidos por americanos

Jairo Guedz ensina Rafael Bittencourt a tocar riffs de death metal

"A banda predileta do Max e do Iggor era Van Halen", diz Jairo Guedz

Sepultura: Derrick fala sobre drogas e veganismo no metal; "estão levando a sério"

Andreas Kisser: as bandas nacionais que ele gostaria de ver no Rock in Rio

Derrick Green: "Você é o que come!"

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos