Megadeth: as 10 melhores faixas segundo o Loudwire

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Os membros do Loudwire, um conhecido site de listas musicais, elegeram desta vez as 10 melhores canções do MEGADETH. É necessário enfatizar que este top 10 abaixo é apenas uma tradução.

24 acessosEm 18/02/1958: Nasce Gar Samuelson (Megadeth)5000 acessosMega-hits Manjados: 10 clássicos que se tornaram clichês

Com 13 álbuns lançados, 32 vídeos, perto de 30 anos de existência e mais de 38 de discos vendidos em todo o mundo, há poucas bandas que podem chegar perto do MEGADETH. Para celebrar este lendário ato do metal nós do Loudwire oferecemos as 10 melhores músicas do MEGADETH.

10: Sweating Bullets (Countdown to Exctinction, 1992)

Dave Mustaine batalha com seu eu interior na essência de Sweating Bullets. Seu estilo de cantar “conversando” é muito bem usado nesta música enquanto ele sussura: 'Well, me… it's nice talking to myself / A credit to dementia / Someday you too will know my pain / And smile it's blacktooth grin.'

09: Wake Up Dead (Peace Sells... But Who’s Buying? 1986)

Por mais que “Peace Sells” seja o Segundo álbum do MEGADETH, esta faixa de abertura foi o primeiro single liberado pela banda. Após o forte começo instrumental, Wake Up Dead conta a história de um cara que ao trair sua namorada, teme que ela o mate enquanto dorme.

08: Ashes in Your Mouth (Countdown to Extinction, 1992)

Batendo mais de 6 minutos de duração, esta é a faixa de mais longa do Countdown to Extinction. Ela é conhecida por sua agressividade e por mostrar algumas das maiores virtudes do Thrash Metal

07: In My Darkest Hour (So Far, So Good... So What! 1998)

É de saber comum que Dave Mustaine era um dos membros originais do METALLICA, na mesma formação que o ex-baixista Cliff Burton. Após o falecimento de Cliff em 1986, Mustaine escreveu “In My Darkest Hour” de uma vez, após saber do trágico acidente.

06: A Tout Le Monde ( Youthanasia, 1994)

Para os fãs menos letrados, A Tout Le Monde, lançada no sexto álbum do Megadeth, significa “Para todos”. Esta faixa ímpar por conter um refrão em francês: “To everyone, to all my friends, I love you, I must leave”. A cantora do LACUNA COIL, Cristina Scabbia, emprestou sua voz para uma versão mais recente da música, gravada em 2007.

05: Tornado of Souls (Rust in peace, 1990)

Para os fãs do MEGADETH, que adoram um maravilhoso trabalho com a guitarra e a atitude Thrash de “não façam prisioneiros”, Tornado of Souls com certeza é uma das favoritas. Com um misto de acordes poderosos e várias harmonias, juntamente com as letras: 'No more living trapped inside / In her way I'll surely die / In the eye of the tornado, blow me away,”, esta faixa rapidamente captura a atenção dos metaleiros.

04: Peace Sells (Peace Sells... But Who’s Buying? 1986)

Talvez seja uma das músicas mais famosas do MEGADETH. Esta faixa também fala dos clássicos estereótipos dos metaleiros. O vídeo contém um pai raivoso que grita: “O que é este lixo que você está vendo? Quero ver as notícias!” após ver o filho ver um vídeo de metal. O filho, por sua vez, responde: “Estas são as notícias”.

03: Hangar 18 (Rust in Peace 1990)

Hangar 18 é mais uma obra prima do MEGADETH. A história da música sustenta-se na teoria de que algum OVNI caiu em Roswell, e Foi levado até o Hangar 18, na base da força aérea Wright-Patterson, em Ohio.

02: Symphony of Destruction (Countdown to Extinction, 1992)

Este também é um dos hinos do MEGADETH. Sua letra fala sobre o cidadão comum que está à frente de um regime de marionete, enquanto o país é comandado por um governo fantasma.

01: Holy Wars... The Punishment is Due (Rust in Peace, 1990)

Por mais que Mustaine seja um devoto convertido ao Cristianismo, a letra de “Holy Wars... The Punishment is Due”, critica o fundamentalismo religioso que leva à violência. O vocalista escreveu esta música inspirado nos conflitos da Irlanda do Norte para escrever esta faixa, mas sua mensagem pode ser encaixada em várias guerras em nome da fé.

Nota do tradutor: A música preferida de Fernando Portelada, Dread and the Fugitive Mind, do The World Needs a Hero, não está na lista.

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AC/DCAC/DC
Dave Mustaine presta homenagem a Malcolm Young

24 acessosEm 18/02/1958: Nasce Gar Samuelson (Megadeth)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Dimebag Darrell quase foi guitarrista da banda

MegadethMegadeth
Ex-membros disponibilizam cover de faixa do Metallica

Dave MustaineDave Mustaine
Preocupado com a morte depois de Jeff Hanneman

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"


Mega-hits ManjadosMega-hits Manjados
10 clássicos que se tornaram clichês

NirvanaNirvana
"Kurt Cobain era meio pau no cu", diz produtor

Top 5Top 5
Os roqueiros mais chatos da história

5000 acessosAlguns dos maiores mitos do Rock n' Roll5000 acessosRock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Ioná Magalhães4788 acessosGhost: Kerry King não gosta porque nosso som não é para todos5000 acessosRock e Metal: os álbuns mais vendidos em 20155000 acessosKiss: Tocar no Maracanã é como estar no fundo de um barril

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 14 de setembro de 2012
Post de 16 de setembro de 2012
Post de 27 de abril de 2017


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online