Thin Lizzy: UCR elege as 10 melhores músicas da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar Correções  

Escolher as 10 melhores músicas do THIN LIZZY é uma tarefa difícil. Eles tinham uma personalidade própria, caracterizados como grandes músicos ao longo da suas carreiras, além de bem potentes ao vivo. O mais importante, Phil Lynott, eles tinham um compositor de primeira classe. Embora seja uma tarefa quase impossível escolher apenas dez músicas em um vasto catálogo de determinado artista, particularmente foi assim com o Thin Lizzy! "Suicide", "Waiting For An Alibi" e "Killer Without A Cause" são apenas algumas canções que poderiam facilmente ter sido escolhidas para fazer parte da festa, mas infelizmente, são apenas 10. Então, mantendo isso em mente, o Ultimate Classic Rock criou uma lista com as 10 melhores canções do Thin Lizzy.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

10. "Dancing In The Moonlight" do álbum 'Bad Reputation' (1977)

"Dancing in the Moonlight" não é uma música típica do Lizzy. Esta faixa bem variada, com grooves quentes, tem como centro das atenções as partes de guitarra com saxofone. Esta beleza realmente está muito longe da área do hard rock que esses caras fazem. É uma música pop que praticamente desafia classificações. Um hit que ficou no top 20 no Reino Unido, a canção infelizmente não entrou na paradas em alguns estados.

09. "The Rocker" do álbum 'Vagabonds of the Western World' (1973)

"The Rocker" é facilmente uma das melhores músicas do arsenal do Thin Lizzy. Lançada como um single, e também aparecendo no álbum de 1973 'Vagabonds of the Western World', "The Rocker" é... como podemos dizer... rock 'n' roll! Creditando à formação da banda inteira (Lynott, Downey e o guitarrista Eric Bell), eles são uma rocha dos primórdios do rock. Sem pretensões, sem frescura, sem desculpas... nas palavras de Chuck Berry, eles simplesmente "arregaçam". Um single da música foi lançado novamente, mas desta vez fora da Irlanda, não conseguindo ter o mesmo sucesso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

08. "Emerald" do álbum 'Jailbreak' (1976)

"Emerald" fecha o álbum 'Jailbreak' em perfeita ordem. É uma das músicas mais pesadas e mais ameaçadoras da banda, com as guitarras dominando as mentes dos ouvintes. Uma verdadeira proeza ao vivo, um dos melhores exemplos de pura habilidade musical do Thin Lizzy, já que a banda parece ter reinado livremente em boa parte na última música. As guitarras sobem aos céus, e você caro ouvinte, também está neste passeio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

07. "Little Darling" Single (1974)

"Little Darling" é uma faixa meio pop, mas que também consegue ser rock. É assim que o rock 'n' roll foi, é, e com algumas exceções, sempre será - uma canção cativante com pouco menos de três minutos mas que soa como um soco nas viceras. A guitarra bem trabalhada de Gary Moore acrescenta rock 'n' roll de qualidade em tudo isso. Apenas uma palavra, perfeita!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

06. "Do Anything You Want To" do álbum 'Black Rose' (1979)

Não confunda com a música do EDDIE & THE HOT RODS de 1977, que possui o mesmo título, "Do Anything You Want To" é certamente uma das melhores músicas do Thin Lizzy. Um clássico do rock, vindo do álbum de 1979, 'Black Rose', com bateria rápida e guitarras duplas - marca registrada do Thin Lizzy. Ainda assim, por algum motivo, ela não conseguiu decolar. Gary Moore voltou à banda para fazer alguns de seus melhores trabalhos com o grupo. Quando a música vai sumindo, Phil Lynott nos lembra que "Elvis está morto... o rei do rock and roll está morto". Talvez sim, mas Lynott ainda deixou uma pouco de sua vida nela, e em todo o álbum, 'Black Rose' é a prova disso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

05. "Don't Believe a Word" do álbum 'Johnny the Fox' (1976)

"Don't Believe a Word" é facilmente o destaque do álbum 'Johnny the Fox'. Já que o lançamento de 'Jailbreak' não foi suficiente para um ano, a banda encontrou tempo para lançar este seu sucessor em 1976. Comparado com o mega sucesso de 'jailbreak', 'Johnny the Fox' foi por água a baixo nas vendas e na aclamação da crítica. Mesmo assim, apesar de não ter sido coerente igual a seu antecessor, continua sendo um álbum muito bom, e "Don't Believe a Word" definitivamente mostrou o caminho.

04. "Cowboy Song" do álbum 'Jailbreak' (1976)

O álbum 'Jailbreak' tem outra jóia rara. Composta também pelo baterista Brian Downey, "Cowboy Song" leva o oeste selvagem ao estilo da banda. Mais um exemplo perfeito da lendária dobradinha de guitarra, a canção foi exigência em shows por muitos anos. Phil Lynott sempre teve jeito com riffs e melodias, e aqui temos um exemplo. O dinamismo da banda move a todo vapor a canção para frente. A recompensa de uma música!

03. "Whiskey in the Jar" do álbum 'Whiskey in the Jar' (1972)

"Whiskey in the Jar" era uma canção tradicional irlandesa adaptada por Lynott e sua equipe. Datada de algum lugar na primeira parte do século 17, "Whiskey In The Jar" foi regravada por muitos ao longo dos anos como Seekers and Peter, Paul & Mary, Jerry Garcia, e mais recentemente, o METALLICA. A versão do Thin Lizzy é, talvez, a mais famosa e foi um enorme sucesso na Irlanda, terra natal de Lynott, onde ele ficou no topo das paradas há mais de três meses em 1972.

02. "Jailbreak" do álbum 'Jailbreak' (1976)

A faixa título do primeiro álbum de sucesso da banda, 'Jailbreak', tem um riff do paraíso do rock, ficando fácil de escolher para as 10 melhores músicas do Thin Lizzy. É também uma das preciosidades do Thin Lizzy, adotada por várias rádios dos EUA durante os anos. Com um verso um tanto quanto sinistro dando lugar a um coro triunfal antes do clímax final das seções de 'Breakout'. As guitarras duplas de Scott Gorham e Brian Robertson se misturam perfeitamente enquanto a seção rítmica de Lynott e do baterista Brian Downey fazer desta música 100% rock 'n' roll. Embora possa parecer óbvio, o álbum 'Jailbreak' é um clássico - se você nunca ouviu falar, por favor, pare e ouça pelo menos uma vez.

01. "The Boys Are Back in Town" do álbum 'Jailbreak' (1976)

Qual outra poderia ter sido a música número um do Thin Lizzy?! A faixa mais facilmente de se identificar com a banda, e ainda ouvir qualquer dia em qualquer estação de rádio de rock, "The Boys Are Back in Town" foi o cartão de visitas do seu clássico álbum, 'Jailbreak'. Guitarras em dose dupla continuam em destaque, ajudando a impulsionar o single mas ficando fora do Top 10 EUA (# 12) e para sempre consolidando o seu legado. A canção ganhou vida própria ao longo das décadas que se seguiram, mas infelizmente, é a única canção que a maior parte da América conhece da banda, que claro, é uma vergonha.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Thin Lizzy: Unboxing da excelente box-set Rock Legends

Thin Lizzy: Inédita de 1980 do futuro box da banda é publicada em audio streamThin Lizzy
Inédita de 1980 do futuro box da banda é publicada em "audio stream"

Thin Lizzy: box-set traz 74 faixas inéditas da bandaThin Lizzy
Box-set traz 74 faixas inéditas da banda

Em 20/08/1949: nascia o genial e inesquecível Phil Lynott

Thin Lizzy: lançado o trailer de documentário que fala sobre Phil LynottThin Lizzy
Lançado o trailer de documentário que fala sobre Phil Lynott


Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do MetalGuitar World
10 Álbuns clássicos essenciais do Metal

Thin Lizzy: dez fatos desconhecidos sobre Phil LynottThin Lizzy
Dez fatos desconhecidos sobre Phil Lynott


Os Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 1985Os Trapalhões
Uma homenagem ao Heavy Metal em 1985

Cinco contra um?: Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcouCinco contra um?
Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcou


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 GooInArt Goo336