Enterro: tocando o Sino do Niilismo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marcos Garcia, Fonte: Metal Samsara
Enviar correções  |  Comentários  | 


Para quem conhece a banda, pouco precisa ser dito, já que 'Nunc Scio Tenebris Lux' e 'The Bell of Leprous' falam por si, fora a participação em festivais e como opening act de bandas como MARDUK, entre outros.
5000 acessosSeparados no nascimento: Phil Lynott e Tiririca5000 acessosSaúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Aproveitando, fomos entrevistar Doneedah, guitarrista da banda (que também toca no MATANZA e HELLSAKURA) e saber um pouco da banda, bem como da expectativa para o show com VADER e MARDUK no RJ.

Metal Samsara: Bem, o ENTERRO tem já em sua bagagem dois discos, então, quais as diferenças que você vê entre 'Nunc Scio Tenebris Lux' e 'The Bell of Leprous'?

A indefectível evolução musical da banda. 'Nunc Scio Tenebris Lux' foi o registro de uma primeira fase, onde gravamos tudo o que tínhamos feito até aquele momento. O material do 'The Bell...' é significativamente mais coeso. A banda nunca mudou de formação então a afinidade e o entrosamento fizeram muita diferença.

Metal Samsara: Você ainda toca com o MATANZA e o HELLSAKURA. Como consegue associar a agenda dessas três bandas ao mesmo tempo?


Conciliar o trabalho intelectual das três bandas é, na verdade, uma alegria na minha vida. O que costuma ser um problema é a agenda de shows, quando há conflito de datas. No meu caso, com o MATANZA, eu só trabalho em estúdio, fazemos tudo com muita calma. O ENTERRO também, praticamente só existe em estúdio. Só toca ao vivo quando a oportunidade é muito boa... O HELLSAKURA é uma banda bem ativa, mas vive a realidade do underground, fazendo tudo na medida do possível.

Metal Samsara: Falando de 'The Bell of Leprous', poderia nos explicar qual o conceito por trás do nome, e em que ele se aplica ao ENTERRO?

O ENTERRO é uma banda niilista. Acreditamos no mal inerente ao ser humano. Não em deus, nem em diabo, mas na estupidez... O sino que os leprosos carregavam no sec. XIII representava estupidamente toda impureza do ser humano. Tratava-se de uma doença, mas não para a sociedade cheia de certezas da época. Temos uma sociedade igualmente cheia de certezas hoje em dia...

Metal Samsara: Em termos de sonoridade, o ENTERRO faz uma sonoridade bem diferenciada de outras bandas de Black Metal atualmente. A que você credita este fato?

O ENTERRO não tem a pretensão de ser uma Horda Black Metal, de seguir a ortodoxia do estilo... Tem um lance MAYHEM/DARKTHRONE que sobressai, mas não há uma "intenção", ou uma diretriz que determine um segmento para a banda.

Metal Samsara: Vocês já tocaram com o MARDUK antes, no RJ, em 2010. O que se lembra daquele show, e o que espera do que está chegando?

O MARDUK é uma das bandas mais importantes do Black Metal e é realmente uma honra participar do mesmo evento, por mais repetitivo que isso soe. Os poucos shows do ENTERRO foram muito intensos. Esse de 2010 foi um e tenho certeza que o próximo será também.

Metal Samsara: Por favor, deixe sua mensagem aos fãs da banda, e que o sino continue tocando por todos nós...

Eu gostaria de agradecer a todos que prestigiam o Metal extremo nacional e que se interessam pela música e pelas idéias, antes de qualquer coisa.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Enterro"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Enterro"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
A bizarra semelhança de Phil Lynott e Tiririca

SaúdeSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

CensuraCensura
53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

5000 acessosIron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda5000 acessosDia do Rock: dez tentativas brasileiras de assassinar o gênero5000 acessosHeavy Metal: as piores capas dos grandes artistas do gênero5000 acessosMegadeth: as 10 melhores músicas com Nick Menza5000 acessosAC/DC: Axl diz que namorada obrigava Slash a ouvir a banda5000 acessosDream Theater: quando um tecladista autografa uma guitarra

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online