Ozzy: Gus G já está compondo para o novo álbum do Madman

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site Ultimate-Guitar, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O site Ultimate Guitar entrevistou o atual guitarrista da banda de OZZY OSBOURNE, o grego GUS G, que foi bem detalhista e não se esquivou de nenhuma pergunta do entrevistador. Um trecho traduzido diretamente do site segue abaixo.

Metallica: Quanto vale a banda? Quanto cada um deles tem de dinheiro?Religião: Top 10 citações sobre Deus e o Diabo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar: Qual foi sua abordagem ao fornecer trechos de guitarra a [o último disco de OZZY e primeiro com Gus] "SCREAM"? Afinal, a banda de Ozzy Osbourne tem estado na ativa por muitos anos e tem tido muitos outros guitarristas em seu quadro.

Gus: Eu queria manter o elemento clássico, o som OZZY, obviamente, e eu queria ter um pouco do jeito de tocar guitarra do passado ali. Eu queria ter um pouco daquela vibe em "Scream", mas eu também queria minha própria marca no disco, e faze-lo soar como um novo capítulo do Ozzy, a nova era de Ozzy - porque é. Essa foi minha abordagem; ser respeitoso a quem já esteve lá antes de mim e com o passado dele, mas também imprimindo minha própria marca. Eu não queria compor nada, mas eu não acho que isso foi necessariamente ruim porque eu acho que foi uma situação altamente desafiadora pra mim, tocar em um disco e imprimir minha marca em músicas que eu não compus. No fim das contas, eu acho que o resultado final foi muito bom. Há muitas canções ótimas em "Scream".

Ultimate-guitar.com: Quando chegar a hora do Ozzy gravar outro disco, você consegue vislumbrar oportunidades de compor?

Gus: Ah sim, cara. Eu já comecei a escrever coisas pra ele, e já discutimos a possibilidade de fazer outro [disco]. Temos feito jams em cima de alguns riffs, e ele está realmente animado com eles. Esperançosamente, vamos fazer isso depois que essa turnê mundial acabar. Com sorte, tiraremos uma folga, e daí voltaremos e faremos um novo disco. Ozzy tem falado sobre fazer um disco como eles eram feitos antigamente, como os dois primeiros discos ("Blizzard of Ozz" de setembro de 1980 e "Diary of a Madman" de novembro de 1981) foram feitos; pondo a banda de verdade pra tocar, e fazê-lo juntos. Eu acho que se tivéssemos a chance de fazer isso, podemos criar um disco realmente matador.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-guitar.com: Como você compararia estas ideias com as de "Scream", apesar de ser um disco pro qual você não escreveu?

Gus: É difícil dizer; Elas são basicamente eu fazendo riffs até agora, e batidas e cadências, coisas do tipo. Elas são definitivamente mais tradicionais, e não tão modernas como "Scream" foi. Elas são um pouco mais uma volta ao básico, de volta às raízes. Você já me ouviu tocar com o FIREWIND e um monte de outras bandas, então você conhece meu estilo. Elas definitivamente não são como speed metal melódico ou algo assim. Elas são mais na veia do Ozzy antigo.

Leia a entrevista completa [em inglês] no site Ultimate-guitar.com.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"


Astros do rock: o patrimônio líquido de cada umAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Randy Rhoads: Ozzy não era exatamente o que ele queria, diz produtorRandy Rhoads
Ozzy "não era exatamente o que ele queria", diz produtor


Metallica: Quanto vale a banda? Quanto cada um deles tem de dinheiro?Metallica
Quanto vale a banda? Quanto cada um deles tem de dinheiro?

Religião: Top 10 citações sobre Deus e o DiaboReligião
Top 10 citações sobre Deus e o Diabo


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280